Resenha - A Guardiã da Minha Irmã


Autor: Jodi Picoult

Editora: Verus
Categoria: Literatura Estrangeira

Sinopse : A guardiã da minha irmã - Jodi PicoultConcebida por meio de uma fertilização in vitro, Anna foi trazida ao mundo para ser uma combinação genética para a sua irmã mais velha, Kate, que sofre de leucemia promielocítica aguda. Aos 15 anos, Kate passa a sofrer de insuficiência renal. Anna sabe que se doar seu rim, ela terá uma vida limitada. Ciente de que terá de doar um de seus rins para sua irmã, Anna processa os pais para obter emancipação médica e direito sobre seu próprio corpo.

Olá Tudo bem com vocês ? 


Esse é aqueles livros que são emocionantes e surpreendentes  , você sai chorando quando termina a ultima página do livro.

Gosto muito dos livros da Jodi Picoult pois ela sempre nos  mostra situações onde ficamos na dúvida do que fazer, até que ponto o certo é certo e o errado é errado.

Confesso que a maneira como começa o livro não é muito atraente, as vezes da vontade de abandonar o livro, mas aos poucos você vai entendendo melhor e se apega de uma maneira pois história é muito emocionante.

A história é narrada na versão de cada personagem no livro por isso as vezes confunde no começo.

O livro conta a história de Kate que sofre de câncer, tem leucemia desde que nasceu, os pais de Kate decidem ter outro filho para ajudar a Kate no transplante então nasce Anna que se sente usada desde que nasceu, ela se vê somente como uma ajuda para sua irmã.
Os pais de Anna desde que ela nasceu faz com que sempre viva no hospital doando medula óssea, sangue, plaquetas tudo que a Kate precisar.

No decorrer em que a Anna se torna adolescente, ela se pergunta se em algum momento ela é escutada e questionada sobre tal ação, até que toma a difícil decisão de contratar um advogado para ela, ela se sente mal de entrar com uma ação contra os pais morando na mesma casa e não comenta nada sobre isso, até que a intimação chega para os pais e eles a questiona sobre tal atitude, pois eles pensam que ela faz também por amor a irmã e acaba deixando os pais confusos.

No dia do tribunal é uma emoção que só, a mãe fala tantas coisas emocionantes que você já começa a chorar nos depoimentos e olha que sou difícil de chorar lendo livros.

O final é emocionante e triste ao mesmo tempo, mas fica para vocês lerem senão tira toda a emoção do livro.

O filme "Uma prova de amor" é baseado na mesma história mas não é igual muda-se muitas coisas na história inclusive o final.

E você já leu ou viu o filme ? 

Beijos 



video

Nenhum comentário :

Postar um comentário