[Resenha] O segundo suspiro

Autor: Philippe Pozzo di Borgo
Editora: Intrínseca
Categoria:

Sinopse
Philippe Pozzo di Borgo era um executivo de sucesso e herdeiro de duas tradicionais famílias francesas. Porém em 1993 sua vida sofre uma reviravolta dramática quando, após um acidente de parapente, ele fica tetraplégico. Na mesma época, sua mulher, Béatrice, enfrenta uma doença terminal. Em meio à dor, Pozzo di Borgo isola-se em sua luxuosa casa em Paris e passa a ter como acompanhante o argelino Abdel, genioso e desinibido com as mulheres - mas que, por trás de sua fachada temperamental, também sofre da solidão e da sensação de deslocamento.
Entre o aristocrata e seu "diabo guardião", surge uma inesperada camaradagem que transforma suas vidas. Abdel introduz em seu cotidiano a aventura e o imprevisível, e Pozzo di Borgo descobre que, mesmo nas mais adversas das condições, é possível cultivar um intenso apetite pela vida, voltar a amar e ser amado.
Irônico e brutalmente honesto, o depoimento de Pozzo di Borgo inspirou o filme Intocáveis, de Olivier Nakache e Éric Toledano. Lançada em novembro de 2011, a comédia dramática já levou mais de 20 milhões de franceses ao cinema e se transformou na produção francesa mais vista da história.


Esse livro acaba de virar filme, "Os intocáveis" creio que pela primeira vez o filme deve ser melhor que o livro.
Achei que a história é relatada de maneira confusa talvez seja porque é escrita pelo próprio personagem principal.
Philippe Pozzo vive com sua mulher e dois filhos adotados, a mulher luta contra um câncer e nesse momento bem delicado Philippe acaba sofrendo um acidente e perdendo os movimentos do corpo.
Nessa mesma época difícil se depara com a morte da mulher e fica desolado.Nesse meio tempo escolhe Abdel para ser seu cuidador, Abdel é argentino, negro e ex presidiário os dois começam a construir uma amizade e aos poucos Philippe consegue dar andamento em sua vida.
È uma vida com muito sofrimentos, apesar da leitura me deixar confusa eu gostei do contexto e a história de vida dele realmente merecia um livro e um filme.
E você  leu o livro ou viu o filme? deixe um comentário para sabermos sua opinião .

Até mais

Andressa 

Nenhum comentário :

Postar um comentário