Resenha - O Acerto Final

Autor: Sam Bourne
Editora: Redord
Categoria: Literatura Estrangeira-Ficçao Policial

Sinopse:

Tom Byrne trabalha para qualquer um que pague bem.

 Recebe da ONU a missão de minimizar as possíveis conseqüências da morte de um suposto homem-bomba, assassinado precipitadamente por seguranças da organização. Todos imaginavam que fosse um senhor inofensivo, mas Byrne percebe que ele não era assim tão inocente. Durante suas investigações, Tom descobre uma irmandade secreta unida em uma missão mundial que já provocou centenas de mortes. Sua descoberta trará à tona o último grande segredo da Segunda Guerra Mundial.

Meus Deus !! Essa foi a minha expressão do começo ao fim para ler esse livro.

Logo no inicio o autor diz:

“Perdão se o que lerem aqui é terrível, se as informações os deixarão incomodados como eu fico.  Mas não há aqui nenhum exagero ou mentira.  Posso não contar tudo, mas o que eu contar será a verdade.”

Tudo começa com um assassinato por engano de um senhor de idade confundido com um possível homem bomba dentro da sede da ONU em Nova York .
A ONU decide então contratar os serviços do advogado Tom Bryne para que ele tente contato com a filha do senhor morto por engano para abafar o caso na mídia e tentar fazer algum acordo.
Tom Bryne conhece então Rebecca que pede para o secretário geral da ONU peça desculpas pessoalmente pela morte de seu pai, a partir daí Tom Bryne acaba descobrindo que o pai dela era um sobrevivente do holocausto e a história passa por passagens e memórias do senhor morto por engano.
Essas passagens deixa a gente mais envolvido com a história e realmente é de tirar o folego as descobertas que se revelam no decorrer da história.
Mostra uma sociedade secreta dos judeus que se infiltravam no movimento nazista para matar os nazistas, inclusive uma ação secreta onde conseguiram envenenar os pães que os nazistas comiam e conseguiram matar vários soldados em massa.
Essa sociedade é uma organização mundial clandestina que possui a sigla DIN que significa "O sangue de Israel terá sua vingança" , cuja sua missão causou centenas de mortes inexplicadas dos criminosos nazista.
Tom Byrne leva para o hotel por engano um caderno parecido com o dele e percebe que o caderno pertence ao senhor morto pela ONU porém fica tentado a ler antes de entregar para Rebecca.
Esse caderno pertencia a Gerald Merton um judeu  que conta detalhes sobre a morte de seus pais durante a II Guerra Mundial e a prisão dele e de suas 3 irmãs pelos nazistas.
Algumas passagens são fortes e realmente nos deixam impressionados.
O que mais surpreende é que é uma história real baseada em fatos que existiram de verdade, pesquisando na internet achei a matéria que fala sobre o envenenamento dos pães e vale a pena dar uma conferida:

http://goo.gl/dMPBW

O livro lembra bastante as obras de Dan Brown para quem gosta desse tipo de leitura esse autor é muito bom na minha opinião conseguiu até bater o Dan Brown.

Comentários sobre o livro : 

"Uma leitura compulsiva." Daily Express


Alguém já leu esse livro ou ficou com vontade ?

Beijos 

Andressa 


Um comentário :

  1. Me emprestaram esse livro e achei q ia demorar um tempão pra ler..num primeiro momento não me chamou atenção! Me enganei, foi simplesmente incrível...surpreendente...tbm fui pesquisar e achei fatos reais! Essa semana comprei um pra presentear um amigo!

    ResponderExcluir