Resenha - O Semeador de Idéias

 Autor: Augusto Cury
 Editora: Planeta
 Categoria: Nacional / Romance
Sinopse:
Um poderoso homem sofre perdas irreparáveis e torna-se um
colecionador de lágrimas. Despedaçado, sai em busca dos porões da sua mente e da sociedade dos seus sonhos. “Não é
possível”, pensei. Em vez de se prostrar diante de Deus,ele O chamou para um debate. E ninguém previa o que seria discutido. Depois desse episódio, ele deixou de ser um vendedor de sonhos e passou a ser um ousado semeador de ideias. E nós, após presenciar seu “debate”, nunca mais seríamos os mesmos. Não apenas os que o seguíamos ficamos perplexos, como também uma multidão que se aglomerou ao redor dele emudecida.
Os outros livros da série são: O vendedor de sonhos – o chamado e O vendedor de sonhos e a revolução dos anônimos.
Avaliação
Ótimo livro!!!

Sou suspeita para falar dos livros do Augusto Cury porque já li muitos livros dele e adoro mas esse devo confessar que me surpreendeu e me trouxe um aprendizado imenso,  Augusto Cury está na lista dos maiores escritores de livros de auto ajuda  no Brasil, mas esse livro em especial sai do padrão comum de auto ajuda e conta uma história que faz a gente se envolver de uma maneira muito peculiar e atrai o público que não gosta muito de livros de auto ajuda tanto que alcançou a marca de 12 milhões de cópias vendidas.

Semeador de Idéias é Mellon Lincoln ele perdeu toda sua família em um acidente de avião e se vê totalmente perdido e sem rumo após essa trágica notícia, então começa a fazer muitos questionamentos para Deus sobre sua atual situação em que se encontra e nos faz pensar em muitas coisas que normalmente nunca paramos para pensar.
Então ele começa a andar pelas ruas questionando a todos sua fé, sua existência, sua psique e deixa-nos todos estagnados com tantos questionamentos inteligentes.
O fato de Augusto Cury ser psiquiatra torna o entendimento de muitas questões básicas como uma filosofia de vida  a ser seguida.
Mellon Lincoln segue pelas ruas da cidade as vezes sendo odiado outras vezes admirado, algumas pessoas resolvem seguir Mellon Lincoln para saber o que de fato ele tem tanto a falar e a ensinar eles formam um pequeno grupo de andarilhos e começa a jornada de todos os integrantes do grupo ao verdadeiro valor da vida e auto conhecimento.
Selecionei alguns trechos que ele fala no livro que faz a gente parar e pensar em muitas coisas para sentirem de fato como o livro é especial porque não tenho palavras para descrever o quanto gostei do livro :

Página 12
- Todo herói um dia vê sua força se esfacelar. Todo gigante por maior que seja, em algum momento se apequena. Todo pensador depara-se, cedo ou tarde, com suas loucuras. E todo mestre , em sua caminhada, se torna um menino diante do inexplorado.

Página 15
- O dinheiro pode transformar mansões em prisões, empresas em masmorras e terras em ilhas. Eu tinha belíssimos jardins, mas quem desfrutava das flores eram meus jardineiros. Quem era rico? Eu ou eles?

Página 50
Que gênio era esse que não sabia ser confrontado nem proteger sua psique contra pensamentos pessimistas e mórbidos? Sim, que gênio era eu que não sabia o que fazer com a dor psíquica, que em vez de pensar mil soluções, pensou em se matar para se aliviar?

Página 101
Sessenta por cento das pessoas mentem pelo menos dez vezes por dia.
- Quantas pessoas nos perguntam se estamos bem e dizemos que sim, embora estejamos tensos ou angustiados? Quantas vezes elogiamos por fora e criticamos por dentro, falamos bem na frente e metemos a boca por trás? Quem, ás vezes, não usa o sorriso para disfarçar a ansiedade?
- Quem não aprende a ser transparente pode levar para o túmulo suas mazelas e seus conflitos.

Página 193
Os acidentes que sofremos são eventos da vida ou, então, consequência dos nossos atos. 
Nem eu, nem você, nem ninguém é injusto. Todos somos traidores.
Traidores? Perguntou indignado - Eu não sou traidor
Pois eu sou. Trái meus filhos pelo excesso de trabalho, a mulher que amei pelas minhas preocupações, traí meu sono por atividades noturnas. Sou traidor que tenta se reencontrar e se refazer.

Para quem não conhece o Augusto Cury é um ótimo livro para sentir vontade de ler todos os outros, segue abaixo uma foto que consegui tirar com ele no ano passado em uma palestra que ele deu aqui em São Paulo no teatro Gazeta e confesso que realizei meu sonho ao conhece-lo pessoalmente.




O livro tem mais dois com o mesmo personagem mas não precisam ser lidos na sequência que são: 
O Vendedor de Sonhos e O Vendedor de Sonhos e a Evolução dos Anônimos que ainda não li mas assim que ler venho deixar a resenha para vocês.

Beijos



5 comentários :

  1. Sempre tive vontade de ler livros esse autor mas sempre acabo deixando pra depois!
    Ótima resenha!
    Beijos



    http://paginasnaestante.blogspot.com.br/
    @pginasnaestante

    ResponderExcluir
  2. o livro nao me chamou muito a atenção sabe xp

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelos comentários meninas ... o livro na minha opinião é ótimo mas para quem não gosta de auto ajuda as vezes se sinta atraído pelo tema mesmo sendo uma história.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muito boa resenha, o livro e fascinante, espero que percebam, a sociedade retratada na trilogia e semelhante a nossa, a medida que aqueles personagens sao pedaços enigmaticos de nosso ser diante dos dilemas loucura e dor no paradoxo amor, odio, vida e morte. Tem mais nesses livros de nos,
    do que podemos imaginar. Rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Ótimo texto de resenha. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=78725243

    ResponderExcluir