Resenha - Revista Vida Simples

Editora: Abril
Revista: Vida Simples
Edição: 05/2013

Sinopse:
Uma revista para quem quer viver mais e melhor! Mas pouca gente consegue de maneira saudável e inteligente.
VIDA SIMPLES é para quem quer descomplicar o seu dia a dia, transformar sua casa num lugar ainda mais tranquilo e gostoso, trabalhar com mais alegria, cuidar da aparência sem descuidar da essência.










Olá , tudo bem com você?

Resolvi fazer uma resenha da matéria de capa da revista Vida Simples de Maio que já está nas bancas, não sei se todos conhecem essa revista mas todo mês ela lança reportagens interessantes que fazem a gente parar e pensar um pouco em nossas atitudes por isso resolvi dedicar um espaço a ela aqui no blog.


A matéria de capa fala sobre : " Não adianta chorar:  Aprender com o que deu errado nos ajuda a fazer escolhas melhores e torna nossa vida muito mais leve e feliz."


Ao abrir a revista na matéria de capa : Não chore pelo leite derramado : As escolhas que temos de aprender a fazer para não nos arrependermos depois. E, assim, aproveitar a vida com plenitude.

A matéria é escrita pela Liane Alves onde ela relata ser muito comum todo mundo passar por uma situação em que se arrependeu depois.

Na minha opinião isso faz parte da vida e de nós seres humanos afinal temos o livre arbítrio e o poder de escolha, portanto somos responsáveis por tudo que acontece em nossa vida. 

Mas até quando "se arrepender" pode nos fazer bem o mal ?

A psicóloga Ineide Soares diz: 

"Muitos são falsos arrependimentos, pois toda escolha inclui uma perda. Perde-se de um lado, mas ganha-se de outro,"

Independente de que qual seja a nossa escolha, o caminho a seguir sempre vai ter os dois lados, o bom e o ruim, mas claro nós queremos sempre o caminho bom, e nunca se arrepender do que estamos fazendo.


Um monge de uma comunidade cristã Laurence Freeman diz: " A culpa e o perfeccionismo são as duas piores doenças da alma."  

Eu concordo com ele, porque muitas pessoas levam a culpa de terem escolhido caminhos errados e não consegue ter  o discernimento para contornar a situação e acabam levando isso durante a vida toda e  somente na beira da morte tentam tirar o peso que levaram durante anos.

O ser humano é muito perfeccionista, como diz o monge: "Nós nos cobramos por uma perfeição que não existe na espécie humana."

Queremos ser melhores em tudo e nos cobramos eternamente, pois em nenhuma espécie humana vai se encontrar a perfeição.

O monge ainda diz : " É um longo aprendizado aprender a lidar com o erro de maneira firme, mas sem peso." 

Creio que hoje esse seja o nosso grande desafio:  lidar com erro de maneira firme!

Ao meu ver é assumir o que escolhemos para nossa vida e o mais importante se chegar onde estou e não foi o que eu queria ou pensava poder partir de onde parei e tentar continuar de outra forma a seguir o meu caminho e o que me traz felicidade.

A matéria conta um caso de uma médica do hospital Albert Einstein em São Paulo que relata que já viu muitos casos em que a culpa e o arrependimento paralisaram processos de aceitação e pacificação diante da morte.

Dona Josefa de 92 anos andava inquieta com seu passado e tinha medo de enfrentar:
 "o julgamento de Deus". Após muita reflexão pensou: 

"Sabe, doutora, existem duas coisas na vida que mostram a justiça de Deus. Uma é a chuva. Chove para todos, em qualquer lugar, a qualquer hora. A outra é a morte". 

E se o Criador era tão justo com as principais coisas da vida, porque não seria também na distribuição do seu perdão? 

Dona Josefa morreu após alguns dias com o coração aliviado e em um dia de chuva.

Tem um livro que ainda não foi lançado no Brasil que o nome seria algo como:

"Os cinco maiores arrependimentos dos pacientes terminais"  da enfermeira Bronnie Ware  (The Five Tops Regrets of Dying)  que fez uma pesquisa com seus pacientes terminais e chegou nos 5 maiores arrependimentos de quem está a beira da morte: 


  1. Eu gostaria de ter trabalhado menos; 
  2. Eu queria ter tido a coragem de viver a vida que eu desejava, e não a que os outros esperavam de mim;
  3. Eu queria ter expressado mais meus sentimentos;
  4. Eu queria ter mantido contado com os meus amigos;
  5. Eu queria ter sido mais feliz;
Importante não julgar a vida apenas pelo viés do prazer, porque sempre vamos ter a sensação de que não nos divertimos o suficiente e não a aproveitamos totalmente. 

Creio que por mais que nos libertamos das culpas e dos arrependimentos está no ser humano  sempre achar que podia mais e já que todos vamos passar pela morte não custa tentar passar a vida tentando consertar os nossos erros antes de morrer do que se arrepender e já não ter mais tempo de fazer nada.

A medica ainda  afirma : "Acho que as pessoas que mais se arrependem são as que tiveram a chance de mudar e não mudaram."

Esse com certeza deve ser o peso maior,eu acredito que o fato de  estarmos vivos  é a chance que temos para continuar a lutar e mudar o caminho, viver é a chance que temos de ser feliz e conseguir lutar pelo que queremos, portanto se escolhemos errado hoje temos o amanhã para refazer a escolha ou mudar algo.

Dias atrás passei em uma livraria e me encantei com o livro de Michel Montaigne Como Viver  e por coincidência na revista fala do livro pois Montaigne nos mostra que temos que: 
" Refletir sobre tudo mas não se arrepender de nada." 


Outro livro que se recomenda ao ler a matéria é de Vinicius de Moraes "Para viver um grande amor" onde diz :

"A maior solidão é a do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.. A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo, que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro. "


Achei a matéria sensacional e por isso compartilho com você, desejo que quem esteja lendo consiga se livrar dos arrependimentos da vida pois ainda temos tempo de ser feliz.

Beijos 

Até mais .

10 comentários :

  1. Não conhecia a revista, parece ter ótimas dicas. Bacana sua ideia de falar de revistas no blog.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Olá, Cida

    Que bom que gostou da revista, fico feliz quando agrado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oieeee!!!!

    Tenho que comentar que essa revista é maravilhosa!!! =)

    Muitooo obrigada por ter compartilhado as informações dela!! E por me emprestar também!!! ^^

    Obrigadaaa!!! >.<

    ResponderExcluir
  4. Henne ...

    Que bom que gostou, obrigada por comentar aqui e que bom que gostou :D

    Bjos !!

    ResponderExcluir
  5. Adoro as resenhas daqui, sempre leio.
    Tenho um blog agora também: http://sea-of-books.blogspot.com
    segue de volta? Beijos :)

    ResponderExcluir
  6. Oi Aluska !!!

    Já estou seguindo se blog, sucesso com ele.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oie linda, tudo bem com você ?
    Espero que sim, pois eu estou ótima e feliz =]

    Mas olha, comentando a sua postagem, eu me identifiquei bastante, porque eu já tive
    vários problemas desse tipo. E todos me falam que isso só serviu para que eu pudesse amadurecer.
    Mas tem coisas que passamos que são muito dolorosas também.
    Sinceramente eu não desejo nem para o meu pior inimigo.
    Enfim...Mas eu achei uma ótima matéria dessa revista.
    Foi bom você ter colocado, porque gostei bastante =]

    Olha linda, daqui a pouco vai ter postagem nova em meu blog.
    Depois passa lá para dar uma olhadinha tá ?
    beijinhos e se cuida querida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. adorei a resenha e me identifiquei muito. Essa questão do arrependimento é muito séria, porque muitas vezes nos focamos tanto nele que deixamos muitas passar.
    eu realmente adoro esse blog, e suas resenhas são sempre ótimas
    bjus
    Queria te indicar para o Selinho Incentivo a Leitura, espero que não se importe!
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Silvana

    Que bom que você gostou do post, adoro ler os seus também você é super guerreira e merece todo o sucesso que seu blog esta fazendo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Bru!

    Que bom que gostou, e adorei receber a tag responderemos em breve !!

    Beijos

    ResponderExcluir