Resenha - A arte de ser leve



Autor: Leila Ferreira
Editora: Globo
Categoria: Autoajuda / Mentalismo


Ótimo !

Olá, tudo bem com vocês ? 

Antes de começar a resenha, gostaria primeiro que escutassem essa música para entrar no ritmo mais leve que a vida deve ser .... :) 





Será que você parou um pouco e escutou essa música ? Fiquei curiosa para saber ... 

A gente anda com tanta pressa de fazer as coisas e as vezes não para um momento se quer para perceber se o que estamos fazendo está nos deixando felizes, ou satisfeitos, já perceberam isso ?

"Tem gente que vem pro mundo de caminhão e tem gente que vem de bicicleta."

Com essa frase que começo a ler o delicioso livro da Leila, uma mineira que não se considera feliz mas que tenta viver de maneira mais leve, e essa frase que citei acima tem tudo haver como vemos o mundo - como você veio ao mundo? De caminhão carregado de bagagem ou vem andando de bicicleta?

Leila nos mostra que estamos nos acostumando a conviver com as outras pessoas de forma tão automática que virou "moda" revidar na mesma moeda quando somos mal tratados, e isso se torna um vírus que se espalha rapidamente, quer ver um exemplo? 

Eu moro bem longe do meu trabalho, levo em torno de 2 horas e 30 minutos para chegar e ao vir trabalhar nesse período eu me estresso porque alguém me empurrou no transporte público e eu fico indignada com a falta de educação dessa pessoa, chego no meu trabalho nervosa com isso e acabo "descontando" em uma amiga que apenas me disse "Bom dia", ela fica chateada com a maneira que tratei o bom dia dela e acaba descontando no namorado, e quando vamos ver esse stress todo já está dando a volta ao mundo ... 

E ao ler o livro da Leila parei para pensar sobre isso e comecei a refletir como ela nos propõe: 

Página 26
"Quando alguém for grosseiro com você, diante da tentação de dar o troco na mesma moeda, o ideal é parar e se perguntar três coisas: quero mesmo agir assim?; vou ferir ou magoar essa pessoa com a minha atitude?; vou gostar de agir dessa maneira? É essencial termos certezas de que nossa reação irá nos satisfazer não só naquele momento de raiva, mas dali a duas horas, no dia seguinte ou na próxima semana".


Adorei essa linha de raciocínio, ainda mais eu que penso muito rápido e falo muito rápido, depois de parar e pensar nessas três perguntas comecei a me estressar menos e a ficar mais leve, percebi que não vale a pena eu ser grosseira com alguém porque isso pode se manifestar de outra forma para as pessoas e acabar voltando para mim.

O que temos que ter em mente é aproveitar os bons momentos e tentar distribuir alegrias, já parou para pensar que : 

Página 76
"As pessoas saem de casa mais preparadas para um assalto do que para um sorriso".

Isso é verdade quando vimos um sorriso ou uma pessoa mais animada que nos cumprimenta ficamos meio receosos não é?  Parece que virou proibido ser feliz, quer mais um exemplo ? 

Onde trabalho, atualmente temos a ginástica laboral que é um "alongamento/ginástica"  para os funcionários fazerem enquanto trabalham promovendo uma melhor qualidade de vida, depois que conheci essa pessoa super animada e sorridente confesso que minhas manhãs de segunda quarta e sexta ficaram mais animadas, independente se o meu dia foi ou vai ser bom já vale a pena ouvir o "Bom dia" super animado da Sheila  Dias:




Gente vocês precisam ver como o "Bom dia" da Sheila é animador e acolhedor ao mesmo tempo, no começo confesso que estranhei pois de fato não estamos mais acostumados ao "Bom dia" espontâneo e sim feito no automático e ai quando vemos um gesto leve desses já até estranhamos, mas ao poucos vamos vendo que pode ser natural e podemos viver com leveza durante o dia todo com um simples gesto de bom humor :) 

Voltando ao livro ... 

O livro abrange diversas informações, me senti lendo uma matéria de revista de tão agradável que é a leitura e os temas abordados.

No quesito felicidade existe uma análise de porcentagem que funciona assim:  50% de nosso  potencial de felicidade é determinado pela genética e apenas 10% do nível de felicidade é fruto das circunstâncias (se somos ricos ou pobres, solteiros ou casados e etc) e temos 40% sobrando para sermos felizes baseados em nossas escolhas, você então que reclama de algo que não te faz feliz que tal parar um pouco e pensar sobre esses 40% que você pode escolher onde investir sua  felicidade ? 

Quem foi que disse que eu tenho que trabalhar onde não gosto, que tenho que fazer o que não acho certo, que não posso sorrir para quem não conheço ? 

A mensagem principal desse livro é que Felicidade é feita por momentos, mas ser leve pode ser definitivo e para isso eu não preciso ser feliz, ou seja eu posso não ser feliz nesse momento, mas passar coisas boas para quem está ao meu redor, posso fazer igual a Sheila Dias que chega todas as manhãs com seu animado "Bom dia" e fazer o dia das pessoas serem mais leves e não perceber quando ela fica triste ou chateada com algo que como ela mesma diz:


"Problemas todos temos... isso é inevitável. Minha profissão exige que eu seja animada e bem humorada sempre... E isso de fato, é uma das partes que mais amo no que faço. Procuro não transparecer minhas mágoas, mal humor e rebeldia..."

Sheila Dias


 Depois que li esse livro eu percebi que sou muito feliz e graças a Deus poucas coisas me fazem muito feliz e não dependo de muitas coisas para isso e que vim ao mundo de Bicicleta 





E você vai esperar até quando para viver feliz ou ser leve? 


Página 250
"Sou Alegre, mas não sou feliz. Deus me deu esse privilégio de ser alegre, andar, sorrir, procurar meu destino e até minha felicidade. Só que ela eu ainda não achei. Procurei muito, mas infelizmente não encontrei".
Página 251
"Quando vejo um beija-flor parada no ar, esqueço de tudo: que tenho contas para pagar, de que sou triste, de que moro sozinho, de que preciso de um amor, de que tenho que ligar para os meus filhos".
Dadá jogador do Atletico Mineiro.


Onde Comprar: 




Beijos 

Até mais

16 comentários :

  1. Realmente é desanimador a nossa atitude. Estamos sempre com pressa e não damos a devida atenção ao que nos importa. Damos valor a tantas coisas sem valor e esquecemos as pequenas coisas que nos acontecem no dia a dia. O sol à nascer, o luar, os pássaros cantando e assim por diante. Temos que aprender a nos libertar desse estress,a nos policiar nas atitudes e no que dizemos também. Um simples BOM DIA muda tudo. E ande de bicicleta como o livro diz. Antes que me esqueça: BOM DIA, querida. Beijos de montão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. elizabethmsalles@hotmail.com

      Excluir
    2. Bom Dia, Beth

      Não podemos entrar no vicio do mal humor e dos comportamentos automáticos a vida é mais que isso e a gente merece ser feliz :)

      Beijos

      Excluir
  2. Hm , amei seu blog! Estou te seguindo pelo Grupo '' Com amor , por favor , sem flash '' *-* Beijão ! http://voltearealidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jeorgea

      Muito lindo esse projeto da Sarah né ?

      Obrigada por me seguir !

      Beijos

      Excluir
  3. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    Quem seguir no insta, sigo de volta http://instagram.com/theworldofmari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana

      Obrigada pela visita e por seguir o blog seja bem vinda:)

      Beijos

      Excluir
  4. Nossa eu nunca tinha ouvido falar deste livro!
    amei a sua resenah e fiquei com muita vontade de ler de verdade!
    Só pelos quotes já percebemos o quanto esse livro é maravilhoso e a leitura deve ser leve e agradável!

    Seguindo seu blog, é lindo :D

    Beijos.
    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ariádne

      Obrigada pela visita :)

      Que bom que gostou do livro, garanto que vai gostar ainda mais quando ler o livro.

      Beijos

      Excluir
  5. OIee, adorei a resenha! Seguindo

    (segue la)
    vampleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ah, você disse tudo, quando tratamos mal alguém e esse alguém desconta em outro cria-se uma cadeia de tratamentos inadequados.
    Assisti a um vídeo esses dias que um guarda de trânsito trava tão bem os pedestres de onde trabalha que não há como ninguém revidar com falta de educação, e ele faz um trabalho educativo para o transito da região.
    Nisso vi o tanto que nossas atitudes refletem para boas coisas ou más. Seu post veio falar do mesmo, e amei isso. Sempre queremos um mundo melhor, mas nós somos os responsáveis por torná-lo melhor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Oliveira

      Adorei o que disse e realmente cada um é responsável por fazer o seu mundo melhor vamos em busca disso né :)

      Beijos

      Excluir
  7. Oi, vim, vi e gostei. ("As pessoas saem de casa mais preparadas para um assalto do que para um sorriso".) Ps. Isso é muito real. ------- > Parabéns. Sucesso...

    ResponderExcluir