Resenha - Garota Interrompida


Autor: Susanna Kaysen
Editora: Única
Categoria: Biografia 
Sinopse: Skoob

Regular

Olá,  tudo bem com você?

Hoje trago a resenha do primeiro livro que recebi em parceria com a Editora Única.

Solicitei esse livro porque vi boas recomendações em alguns blogs e no Skoob tem uma boa avaliação. 

O livro conta a história de Susanna que relata um período de 1967 da vida dela quando tinha dezoito anos e ficou por dois anos internada em uma clínica psiquiátrica.

Ela é internada na clínica porque tenta se matar após uma consulta com o seu psicólogo, ele nem a informa apenas pede para ela seguir ele.


Página 45
"O suicídio é uma forma de assassinato - assassinato premeditado. Não é algo que se faz da primeira vez que se pensa em fazer. A gente precisa se acostumar com a ideia. E precisa dos meios, da oportunidade, do motivo. Um suicídio bem-sucedido exige boa organização e cabeça fria, coisas geralmente incompatíveis com o estado de espírito de quem quer se suicidar". 

Ao começar a leitura eu fiquei esperando algo ser relatado de que ela foi internada por engano, mas percebi que a Susanna realmente tinha problemas mentais.

O problema que ela tem é apenas em breves momentos, ela questiona muito sobre o comportamento humano e as opiniões dos especialistas que dão o parecer sobre o estado em que ela se encontra.

Página 143
"Não me perguntem o que a vida significa ou como vemos a realidade ou por que temos de sofrer tanto. Não falem do quanto tudo parece irreal, de como tudo parece revestido de uma gelatina que brilha feito óleo ao sol". 

A leitura se torna cansativa e as amizades que ela relata do decorrer da leitura não se tornam atrativos, o livro tem poucas páginas e não conseguiu prender minha atenção mesmo vendo algumas evoluções na forma de pensar da personagem principal.

Página 169
 "(I)notabilidade da auto imagem, das relações intercessores e do estado de espírito...incertezas diante...das metas de longo prazo ou da escolha da profissão...". Não é uma boa descrição da adolescência? Mal humorada, inconstante, ligada modismos, insegura. Em outras palavras, insuportável". 

Gostei da capa, do tamanho das letras mas infelizmente não me agradou a escrita da autora.

Esse livro deu origem ao filme do mesmo nome com  interpretação de Angelina Jolie, ainda não vi... mas pretendo ver em breve e espero gostar mais do que a leitura.

Beijos,

Ate mais!

15 comentários :

  1. Nossa, acho que nunca vi uma nota tão baixa para esse livro. Ainda não o li, mas admito que esse livro já me chamou um pouco a atenção, talvez pela capa e por muitas resenhas positivas. Enfim, ele não foi para minha lista de desejados, mas quem sabe um dia eu dou uma oportunidade a ele. Tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sarah

      Realmente também só vi notícias Boas desse livro por isso esperava gostar mas infelizmente achei um pouco monótono.

      Mas depende muito do gosto de cada um né!

      Beijos

      Excluir
  2. Nossa Andressa, que surpresa agora.
    Essa é a primeira resenha que vejo que não coloca esse livro lá no topo, mas gostei muito dos pontos que você ressaltou, e se algum dia eu for ler, já vou preparada e sem grandes expectativas.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty

      Talvez você possa gostar do livro apesar de não ter me despertado emoções .

      Se ler me conta o que achou depois.

      Beijos

      Excluir
  3. Oi Andressa,
    tudo bem?
    Eu já vi o filme e gostei muito. Que pena que o livro não agradou tanto assim e nem conseguiu lhe prender a atenção. Gostei muito de sua sinceridade e dos seus argumentos.
    beijinhos.
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee

      Vou assistir o filme essa semana pretendo gostar mais; )

      Beijos

      Excluir
  4. A capa é realmente bem legal...vejo várias resenhas do livro, mas não sei...depois da sua eu não leria. De livro chato e cansativo estou correndo.
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  5. Ahhhh eu li a resenha outras vezes e me pareceu legal, mas como já vi o filme acho que estragaria toda a realidade da coisa. Além de que os livros a gente vai tendo um atrás do outro né?


    Greice Negrini

    Amigas & Mulheres com Livros

    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha visto este livro, e assim que vi aqui falei "ah pela capa o livro deve ser maravilhoso" e mais uma vez eu tenho que aprender a não julgar o livro pela capa. Nem vontade de ler eu tinha, e nem vontade de ler eu tenho agora.

    www.meupequenomundodeblablabla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu sabia do filme,mas não do livro rs

    http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Sério que vc não gostou? Acho esse livro demais. Mas será que a Suzanna era realmente doida? O livro nos propõe essa discussão sobre sanidade e acho isso sensacional. Claro, é um relato pessoal, o que já deixa o livro um pouco mais "parcial", mas a forma como as pessoas eram internadas e como elas eram cuidadas... fico imaginando como é isso hoje em dia.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Andressa, eu terminei o livro também como tinha te dito no Facebook e não curti tanto a narrativa.
    O que gostei mais foram as páginas em que ela descrevia o dia a dia das internas do hospício. Acho que ali víamos todos os tipos de loucura e isso foi interessante.
    Mas o livro se tornava confuso em determinados momentos.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li esse livro, mas sempre tive vontade! Quando tiver oportunidade, vou fazê-lo e, assim que terminar, digo o que achei...
    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Todos super recomendaram =( , mas agora lendo essa resenha não sei se ainda desperta em mim aquela vontade incontrolável de lê-lo, de qualquer forma não é muito o meu gênero favorito.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  12. Eu já vi o filme e fiquei com bastante vontade de ler o livro, mas quando você fala da narrativa cansativa da autora meio que desanimo... vamos ver se em 2014 eu dou uma chance pra ele.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir