[Virando a Página] Revista Vida Simples


Editora: Abril
Revista: Vida Simples
Edição: 11/2013

Ótimo!

Olá, tudo bem com você?

Com algumas metas literárias que aconteceram no começo do ano eu acabei dando uma pausa longa nas revistas que sou assinante e só comecei a ler agora, por isso essa coluna voltou com um exemplar um pouco antigo mas muito reflexivo, que adoro trazer para o blog também, vamos conferir?

Essa edição da Revista Vida Simples tem como matéria de capa:

Tudo tem um lado bom 
Saiba quais as vantagens de ver "o copo meio cheio" e traga mais felicidade e harmonia para perto de você


A matéria de capa é escrita pelo  Diogo Antonio Rodriguez, mas também temos outros textos do  Gustavo Ranieri e Leandro Quintanilha.

A matéria tem fotos de Pollyanna uma personagem do livro que sempre vê o lado bom das coisas, eu nunca li esse livro e nem tinha ouvido falar nele, mas já baixei o e-book e pretendo ler em breve.



A personagem principal é uma menina de 11 anos que consegue achar o lado bom de todas as situações. Para as pessoas que odeiam as segundas-feiras, por exemplo, ela ensina:
a segunda-feira é o dia mais distante da próxima segunda-feira - por isso, há razões para ficar contente com ela.

A matéria começa falando sobre o pessimismo muito presente na vida de Diogo que escreve o texto, ele como muitas pessoas sempre teve o hábito de dizer "não vai dar certo" e "não vai dar tempo".

E ao ler esse livro da Poliana o autor da matéria se pergunta "É possível ser otimista num mundo tão errado, impreciso e imprevisível?

O livro Poliana foi lançando em 1913 por Eleanor H. Poter por uma personagem que vê sempre o lado bom de todas as situações e virou um símbolo de otimismo.

Mas ninguém consegue ser otimista o tempo todo e nem pessimista o tempo inteiro, mas ser otimista é mais questão de aprendizado do que de natureza própria.

A matéria nos propõe conhecer nossas limitações e mesmo sabendo que é díficil se manter alegre em situações ruins é importante ter resiliência que é se adaptar as mais diversas situações, e foi comprovado que quem tem pouca resiliência tem dificuldade em se livrar de sentimentos de raiva, tristeza, ou qualquer emoção negativa após perdas, adversidades, reveses ou outros tipos de aborrecimentos.

Os otimistas tem capacidade de manter sensações positivas por períodos prolongados de tempo, e quem não quer ter boas sensações por mais tempo não é mesmo?

Homens pessimistas tem o dobro de chance de desenvolver alguma doença cardíaca em relação aos otimistas e três vezes mais de ter hipertensão.

Então que tal começarmos a pensar mais em coisas boas e esquecer um pouco os conflitos que existem no nosso dia a dia?

No texto ele diz que algumas pessoas já são mais positivas naturalmente:


Algumas pessoas são naturalmente positivas. Para elas, isso vem fácil, elas pensam no lado bom das coisas sem esforços, são meio Polianas. Mas outras, não. 

Estudiosos afirmam que dá para injetar otimismo de maneira gradual pois nem todos podemos ser Polianas ou associar canções felizes em momentos tensos.

"Todo mundo se levanta da cama porque o nosso cérebro tem a capacidade de formar esse conceito, de que o esforço vale a pena, de que coisas boas vão acontecer se você se esforçar", afirma Houzel.


Essa matéria me fez pensar que todo mundo tem seu lado otimista e também o seu lado pessimista mas as vezes nos cobramos demais para que tudo dê certo, e as vezes quando muitas coisas dá certo achamos que não merecemos tanto, da mesma forma quando algo triste acontece só vemos o lado ruim e esquecemos de parar para pensar que também pode haver o lado bom dessa situação.

Então essa matéria vem para tentar aliviar as dores da vida, mesmo que aconteça alguma situação triste, não se deixar levar pelo pessimismo por muito tempo, essa mudança pode trazer coisas boas para sua vida a longo prazo.

Um vez li em algum lugar que para mudar nossos pensamentos é bom lembrar de boas sensações que já sentimos pois assim fica mais fácil o pensamento mudar para coisas boas, quem sabe tentar fazer isso um pouco por dia torne nosso dia mais agradavél e leve.

E com certeza tudo tem um lado bom só precisamos estar atentos e querendo ver esse lado!

Beijos

Até mais...


Participe do Top Comentarista e ganhe Livros:

17 comentários :

  1. Meus primos assinavam essa revista, e eu adorava passar meu tempo folheando ela.
    Uma coisa que me chamou atenção, é o design da capa, pois o nome é "vida simples" e a capa é simples também. A fonte, as imagens, tudo. E essa criatividade me cativou. Além das ótimas matérias.

    beijos

    Livro de Capa Dura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vânia

      Obrigada pela sua visita, e o conteúdo da revista é bem mais interessante do que só a capa mas realmente o conjunto todo agrada muito.

      Beijos

      Excluir
  2. Olá.
    Adorei o post.
    Não conhecia a revista mas adorei conhecer.

    Att: Feh Almeida
    http://maniacompulsivaporlivros.blogspot.com
    PS: N DEIXE DE PARTICIPAR DA SUPER PROMO DE ANIVERSÁRIO QUE ESTÁ ROLANDO NO BLOG!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Feh

      Que bom que gostou de conhecer a revista, eu adoro muito a revista e sempre gosto de falar dela aqui no blog :)

      Beijos

      Excluir
  3. Eu não conheço essa revista, mas gostei das reportagens que você falou. Parece realmente ser uma boa revista para se ter assinatura. E eu tenho a maior vontade de ler Pollyanna.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana

      Também estou com muita vontade ler Polliana ainda nao li esse livro e olha que é bem antigo né.

      Beijos

      Excluir
  4. Oiiii =DD
    Minha mãe coleciona essa revista e eu adooro!!
    Umas matérias mto legais *-*
    Polliana minha irmã leu pra escola e ela falou que é muito bom mas eu não li ainda!
    Bjoos
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca tinha ouvido falar desse revista, mas parece que ela tem matérias muito interessantes se for julgar por essa que você escolheu, fiquei bem curiosa para conhecer essa revista.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  6. A primeira vez que vejo a revista, não me interessava muito, mas de uns tempos para cá foi despertando um certo interesse, também por revistas. Achei o assunto abordado bem interessante!

    Bjs,

    ResponderExcluir
  7. Não tinha ouvido falar dessa revista, mas me interessou muito essa matéria. As vezes dá aquele desanimo de viver e muitas vezes não paramos para pensar que existem pessoas 100% pior que nós e não reclamam.

    Achei muito interessante essa revista *--*

    lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bom?
    Realmente é bem difícil ser otimista nos dias em que vivemos. As pessoas parecem que deixaram de acreditar na bondade do próximo e isso é muito ruim.
    É um exercício permanecer forte em uma vida tão atribulada como a que vivemos, mas temos que ser fortes.
    Texto muito interessante. Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Dessa tudo bem ?

    Gostei bastante da revista e o design da capa principalmente. Tenho a impressão que já a vi em algum lugar !

    Beijos
    meupequenomundodeblablabla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ola Andressa!

    Que legal, não conhecia essa revista mas gostei dos temas tratados e também da capa!! Realmente as vezes ficamos tão focados nos problemas que esquecemos de ser mais otimistas!
    Adorei! Beijos

    http://girlfreakbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Nunca tinha ouvido falar sobre essa revista e até achei legal essa matéria. Ser otimista esta cada vez mais difícil nos dias de hoje, é uma coisa tão boa mais as pessoas não ligam muito pra ser.

    ResponderExcluir
  12. Oi!!!
    Realmente é meio difícil ser tão otimista no mundo em que vivemos, com tanta coisa ruim acontecendo... Mas é bom darmos uma de Pollyanna de vez em quando, tentar ser como ela, ver as coisas como ela vê!
    Li Pollyanna e Pollyanna Moça quando era criança, mas mesmo sendo tão nova quando li, ainda deu para tirar algumas boas lições dos livros!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Essa revista é muito boa, sempre com ótimas matérias

    ResponderExcluir