Resenha - Grande Irmão


Autora: Lionel Shriver 
Editora: Intrínseca
Categoria: Literatura Estrangeira / Drama 
Sinopse: Skoob
Páginas: 334

Classificação:
Ótimo!!

Olá, tudo bem com você?

Hoje trago para vocês o primeiro livro da Lionel Shriver que eu leio e dou nota máxima:) 

Todos os livros dela são bem descritivos ela narra todos os detalhes possíveis e imagináveis e tem costume de demorar muito para chegar ao tema central do livro, mas nesse ela foi bem direta ao assunto e por isso li em pouquissimos dias.

Nele conhecemos Pandora uma mulher casada, bem sucedida em sua carreira profissional e fica sabendo que seu irmão Edison está passando por uma situação bem complicada, ele está sem trabalho e passando necessidades não tem nem onde morar, então ela comenta com seu marido a possibilidade de ele morar por um tempo com eles.

Fletcher o marido de Pandora não aceita muito bem a idéia de seu cunhado morar com eles, Fletcher é viciado em exercicios físicos e só se alimenta com comidas saudáveis, não come doces nem sob tortura.

Pandora quando vai buscar seu irmão no aeroporto encontra uma pessoa totalmente diferente da qual ela conhecia e não via a mais de quatro anos, Edison está com mais de 170 kg e é trazido por uma cadeira de rodas.

Pandora logo pensa no que seu marido irá achar, pois além do mesmo não ter ficado nenhum pouco feliz com a vinda dele para a casa dos dois, ele vai encher o saco de Edison por estar tão gordo, já que o mesmo é viciado em manter a boa forma.

Passado alguns meses que Edison está na casa deles, a rotina de todos mudou pois todos passaram a comer mais já que Edison adora cozinhar, mas ao sentar em uma cadeira de Fletcher que é marceneiro ele quebra a cadeira sem querer e isso vira vários motivos de briga entre toda família.

Página 113
- Sabe - comentei, baixinho - teria sido menos perturbador interromper você cheirando cocaína.
O preconceito que Edison passa não só dentro de casa mas também com todos que já o conheceram é de cortar o coração, até que Edison acaba discutindo com Fletcher pois já está bem cansado de só ser xingado de gordo e todos o olharem com aquele desprezo.

Página 124
- Escute, cara, sei que sou gordo - Falou Edison, enfim dirigindo-se diretamente a Flitcher. - Mas do jeito que você fala, é como se eu fosse um lixo. Não é uma descrição, mas um veredicto. Como se eu fosse uma abominação, a fonte de todo o mal e toda a podridão do universo. Eu como demais, mas não matei ninguém. Não sou pedófilo. Nem roubei e sua carteira.

 Pandora deseja ajudar seu irmão a sair dessa situação tão humilhante e propõe alugar um apartamento para  eles ficarem morando juntos por um ano e os dois resolvem emagrecer.

No começo é tudo bem difícil e Pandora acaba encontrando seu irmão escondendo uma embalagem de pizza no meio do regime que ela também tem se esforçado a fazer.

O regime que eles começam a fazer é bem radical pois ficam três meses em uma dieta só liquída, é um livro que trata sobre os problemas com comida, sobre o apoio familiar ou a falta de, sobre como a obesidade morbida pode matar e os todos riscos que ela traz, não só o vicio em comida mas também o vício em fazer exercicios físicos e comer de forma totalmente saudável sendo bem radical.

O livro foi inspirado no próprio irmão da autora porém na vida real teve um outro final e ela resolveu escrever um livro para mudar a vida real.

Não é um livro feliz, mas também não é um livro que te deixa com depressão, mas faz pensar em muitas coisas principalmente como levamos a vida, e como é nossa situação com a comida em todos os sentidos.

Página 280
- Você acha que estes seis meses foram a parte a mais díficil? Pode tirar o cavalinho da chuva. Não comer nada é fácil. Comer alguma coisa, mas não muito, é uma aporrinhação permanente. Você tem razão, ainda não acabou, não chegou ao seu peso-alvo. Mas adivinhe só: não vai acabar nunca. Você pensa que é uma questão de chegar nos 74kg, e ai vai poder relaxar. Grande surpresa, maninho. Você não poderá relaxar nunca. Terá de reapreender a comer. E sabe qual é a má notícia? Depois de ter metido os pés pelas mãos do jeito que fez e de ter transformado a comida numa armadilha pessoal, e em seguida numa fonte gigantesca de angústia, e de passar por toda essa comoção obsessiva dos envelopinhos, bem... Comer nunca mais será a mesma coisa. Sempre o deixará nervoso e jamais será uma grande diversão.

Adorei ter lido esse livro, ele traz uma questão muito forte para se pensar, recomendo muito a leitura e acabo de ler esse livro com saudades do Edison irmão de Pandora.



Beijos

Até mais...

Participe do Top Comentarista e Concorra a Livros !




19 comentários :

  1. Oi, tudo bem?
    Esse livro deve ser muito bom, pois trata de um assunto atual e polêmico. Fiquei com muita vontade de ler. Vou acrescentar na minha lista.

    ResponderExcluir
  2. Oi Dressa, tudo bom?
    Já tinha visto esse livro por aí, mas não sabia do que ele se tratava. Achei bacana, pois ele trata dos problemas alimentares que estão cada vez mais comum nos dias atuais. Vou anotar a dica, pois temos gostos parecidos e acredito que vou gostar desse livro.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Dressa! Tudo bom?
    Adorei a resenh.
    Vi muitas pessoas comentando esse livro e fiquei bastante curioso, a autora é bem conhecida por seus livros de drama.

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?

    Minha nossa esse livro parece ser muito emocionante. Parece passar uma boa lição de amor e perseverança.

    Eu gostei muito da sua resenha e vou procurar ler este livro.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu acredito que eu não conseguiria ler esse livro pois só de ler sua resenha já estou com vontade de matar o marido da Pandora, ele deve ser um mega chato! Mas mesmo assim gostei do tema do livro.

    Beijão :*

    http://justonemomentt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa Dressa adorei o enredo desse livro, bem diferente de tudo que já li, e com certeza deve ser muito difícil conviver com uma pessoa que tem que gostar de si mesmo para aceitar ajuda, sabia que nunca tinha visto esse livro!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  7. Apesar de não ter achado a capa grande coisa, como nunca li nada desse estilo, acho que seria interessante conhecer um pouco dessa história. Não conheço o autor e gostaria de dar uma chance e ver se gosto ou não.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Achei bem interessante a história do livro, mas não quero o ler agora pelo motivos de: Estou em um regime, e não quero ser influenciada. kkkk
    Brincadeira, eu não seria influenciada por esse livro. Achei a história legal e IMPORTANTE. Falar sobre distúrbios alimentares é um desafio enorme hoje em dia. E acho que todo mundo deveria se dar ao luxo de ler essa forma de pensar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Não gosto quando se enrola muito para falar o que pensa, prefiro assim, quando o autor vai direto ao que quer. Não gostei muito da capa, mas o enredo parece ser bom mesmo.
    Bjs, ROse.

    ResponderExcluir
  10. O livro realmente parece ser muito bom, ainda mais que ele nos ensina sobre a vida, acho isso muito legal em um livro, mas por enquanto não sinto interesse em ler o livro, acho que é poque sempre leio conforme o meu humor hahaha.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Acho que eu não estou muito no clima desses tipos de leitura agora, mas o livro me parece ser muito bom, daqueles que te fazem refletir e te dão uma "lição de moral"
    Beeijo

    ResponderExcluir
  12. Gosto de livros que nos passa lição (e já citei isso em outro comentário), talvez esse livro me deixaria um pouco triste, pelo fato de ver um personagem que "sofre". Sou do tipo que sofre junto com os personagens. Mas aposto que me faria refletir sobre minha vida.
    Gostei!

    ResponderExcluir
  13. Intrínseca jamais decepciona, nunca comprei um livro da editora que seja ruim ou que tenha uma leitura cansativa. Eu já ouvi falar do livro, porém ainda não tive a oportunidade de lê-lo. A sinopse dele realmente me chamou atenção e espero poder lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  14. Realmente parece um livro com uma história pra se pensar. Estamos em uma época em que as pessoas julgam muito as outras pela aparencia, acredito que esse livro mostre bem o lado da pessoa que está sendo julgada.
    Só não gostei muito da capa, não achei ela bonita nem chamativa.

    ResponderExcluir
  15. Não sei porque mais fiquei com a sensação de que ele morre no final, espero estar errada. :-( E isso que ele passou é o que os obesos realmente passam no seu dia a dia, um pré conceito velado mais sempre lá, presente. Acho que esse seria um ótimo livro p/aqueles que se acham só porque são magrinhos e tal, pelo menos é o que penso.

    ResponderExcluir
  16. Não sabia do livro ainda...
    Mas de qualquer maneira, parece uma leitura intensa... um livro diferente. Gostei.
    Só esperar uma oportunidade para lê-lo =)

    ResponderExcluir
  17. não conhecia o livro e , quando falastes que era descritivo, me desanimei um pouco. Prefiro diálogos ! kk Mas continuei a ler e achei a história bacana. Leria, mas não por agora..
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro! Gostei da sua resenha, me deixou curiosa com relação a ele! Realmente esse é um assunto sério e complicado! Somos todos tão julgados!!!
    E o engraçado é que, pelo menos comigo, em relação aos livros eu os julgo muito pela capa. E, se fosse por isso, esse não seria um livro que escolheria para ler, pois ela não me atraiu...

    ResponderExcluir
  19. Nunca li nenhum livro desse autor, mas pela sua descrição de que ele enrola muito, nem pretendo! (com exceção de Grande Irmão é claro)

    ResponderExcluir