Resenha - A Lista do Nunca


Autor: Khoeti Zan
Editora: Paralela 
Categoria: Literatura Estrangeira / Romance
Sinopse: Skoob
Páginas: 272

Classificação:
Muito Bom!

Olá, tudo bem com você?

A Lista do Nunca foi o primeiro livro no genêro de suspense que eu li e foi uma experiência única na minha vida.

Depois de ler várias resenhas positivas desse livro nos blogs literários resolvi ler esse livro, primeira resenha em parceria com a editora Paralela selo da Companhia das Letras.

A capa do livro é um material "emborrachado" muito gostoso de segurar o livro enquanto se lê, e ele conta uma história muito envolvente que não dá vontade de parar.

Sarah e Jennifer são amigas desde a infância, depois de um acidente de carro quando elas tinham dez anos, passaram anos escrevendo A Lista do Nunca uma lista de ações e atitudes que deveriam ser evitadas, a qualquer custo, para que se mantivessem sâs e salvas.

Entre essas atitudes estava não beber, não circular a noite pelo estacionamento da faculdade, voltar no táxi somente do qual elas conheciam e não pegar carona com estranhos.

Elas já estavam na faculdade e como não cair na tentação de frequentar as festas e curtir um pouco a vida? até que elas vão para uma festa e ao voltar de táxi são sequestradas por um maníaco professor da faculdade, longe de qualquer suspeita.

Elas passam cerca de 3 anos presa em um porão com outras garotas entre elas Tracy e Christine e viveram os piores anos de sua vida.

O professor de psicologia especiliazado em torturas humanas Jack Derber fazia uma pressão psicólogica e todos os tipos de torturas nas meninas para saber até onde elas aguentariam sofrer.

Tem cenas descritas bem fortes que dava até um certo medo ao ler, mas isso só deixava a leitura ainda mais dinâmica e sentia muita vontade de descobrir tudo.

Acontece que já se passaram dez anos desse ocorrido e Sarah ainda vive o trauma dessa vida, ela vive trancada em seu apartamento, trabalha de casa, não aceita nenhum tipo de contato humano e descobre pelo seu advogado que Jack Derber esta para sair da prisão.

Jack Derber vai se casar com uma fiel da igreja que o aceita do jeito que é e trocam cartas na prisão a um bom tempo.

Sarah ainda recebe cartas do professor maníaco pelo menos uma vez por mês e morre de medo de ser alvo dele novamente, não acredita quando fica sabendo que ele pode ser solto e como alguém aceita se casar com um maníaco.

Por achar isso muito estranho, ela resolve enfrentar seus traumas de frente e ir atrás dessa mulher que quer casar com o professor, a pessoa que estragou a vida delas e também de outras mulheres, ela também que ir em busca de provas de que o professor matou várias meninas na frente dela e começa então a reunir provas para que o professor não seja solto.

É aquele tipo de livro que te faz imaginar em um filme de suspense que qualquer atitude em falso pode ser fatal, as vezes dá raiva da protagonista Sarah que já sofreu tanto e ainda continua cometendo erros que podem colocar sua vida em risco novamente.

O livro é uma ficção mas com cara de realidade, aborda temas bem complexos como sadomasoquismo e uma seita religiosa que faz lavagem cerebral nos fiéis, que viram iscas para os assassinos de plantão.


Página 161
Quantas vezes as pessoas não são levadas pela paixão? Fazem coisas que nunca pensaram que pudessem fazer e sua vida muda completamente da noite para o dia? Às vezes as pessoas são simplesmente doentes - mentalmente perturbadas - e não é culpa delas. Mas de vez em quando, apenas de vez em quando, parece algo diabólico atuando. Realmente diabólico. Como Jack Derber

O livro é narrado em primeira pessoa por Sarah, os capítulos são curtos e alternados com o momento da investigação que ela faz em busca de mais provas para incriminar o asssassino e suas lembranças no porão.

Os acontecimentos são bem rápidos o que deixa o coração acelerado em muitas situações, para quem gosta de um bom suspense leitura mais que recomendada.

Beijos

Ate mais...

Participe do Top Comentarista e ganhe Livros





17 comentários :

  1. Eu não conhecia este livros, mas parece ser um livro interessante. Gostei da resenha.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia este livro e ameeeei a resenha ! Eu não também nunca li nada nesse gênero, mas é um dos gêneros que mais tenho curiosidade para conhecer !

    Beijos
    meupequenomundodeblablabla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Dressa, tudo bom?
    Assim como você eu vi/li várias opiniões positivas a respeito do livro.
    Eu fiquei bastante interessado na história, mas não é aquele livro que eu vou dar prioridade para adquirir.

    Ótima resenha =)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro! Mas lendo sua resenha (e eu que sou super fã de suspense) fiquei com muita vontade de comprar e ler!

    http://letstalkaboutamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Drê, vc nunca tinha lido nada de suspense? Poxa, eu adoro livros assim. Nada muito pesado pq sou meio medrosa, confesso huahuahuahua. Mas um suspense bem escrito é fantástico. Esse livro parece ser bem interessante mesmo.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Dressa, tudo bom?
    Acredita que eu já tinha lido resenha desse livro? Tem um mistério bem bacana nesse livro e com certeza deve deixar a leitura muito instigante. Fiquei super curiosa para ler e vai entrar na lista de desejados.
    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, esse livro parece ser muito interessante, nunca tinha ouvido falar dele, mas me interessei bastante, pela historia, gosto de mistérios e acho que o livro iria me agradar muito.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi, nunca li livros do gênero suspense, mas me interesso muuuuuito.
    Pelo que li da sua resenha, parece ser aqueles suspenses psicológicos que você ouve barulhos estragos na madrugada, depois de lê-lo.

    Beijos, http://lendocomabianca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Caraca, parece ser muito bom!! Amei... vai pra lista dos Desejados rs
    Já leu Grau 26? Senti muito medo ao ler... Eu costumava ler no ponto de ônibus ou dentro dele... Porém eu ficava sozinha, e a rua era meio escura... Nossa, passei por perrengues rsrs

    Beijos

    www.cometaseestrelas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ah! Marquei seu blog numa TAG lá no meu cantinho ;)

    www.cometaseestrelas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meninas, passando só pra avisar que mudei meu endereço rs
      http://www.bibliotecarialeitora.blogspot.com
      Espero que gostem e continuem me visitando ;)

      Beijos!

      Excluir
  11. Pelo que vejo você gostou bastante da leitura desse livro, eu geralmente não leio livros assim e fiquei surpresa e bem curiosa pela leitura. Outra coisa, devo dizer que a capa do livro não parece fazer jus a história do livro.

    ResponderExcluir
  12. Só de ler a resenha eu imaginei mesmo um filme. Este tipo de lista não deveria ser esquecida nunca, diga-se de passagem. Curiosa para saber como tudo terminou.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  13. Esse é o tipo de livro de suspense que eu não pararia de ler até acabar e saber o desfecho da história. Amo livros assim que te prendem e fiquei até com vontade de ler vendo sua resenha *-*
    O titulo é bem interessante também e me chamou bastante atenção!
    Beeijo

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Que livro! Deve ser horrivel ser sequestrada e torturada e imagino que ao ler nos colocamos na pele das petsonagens.

    ResponderExcluir
  15. Este é um dos que eu mais quero =)
    Li comentários mega positivos e que esse livro da um medo, suspende, enfim, surpreende. Quero muito ler =)

    ResponderExcluir
  16. Oiii!
    Já tinha visto esse livro, mas não sabia que era um suspense assim - parece ser um livro bom forte! Amo suspense e, com certeza, quero ler esse livro! Parabéns pela resenha - me deixou super ansiosa para lê-lo!
    Beijos.

    ResponderExcluir