Resenha - Paris Apaixonada


Autor: Eloisa James 
Editora: Leya
Categoria: Literatura Estrageira / Livro de Memórias
Sinopse: Skoob
Páginas: 112

Classificação:
Regular

Olá, tudo bem com você?

Esse foi o segundo livro em e-book que li em parceria com a editora Leya e apesar da capa ser linda, a história não me atraiu e achei bem dificil prosseguir com a leitura até o final.

 O livro se trata de memórias que ela foi anotando no decorrer de um ano em que ela se mudou para Paris ao descobrir que assim como sua mãe ela também estava com câncer.

Ela se muda para Paris com seu marido Alessandro e seus dois filhos Anna e Luca, a impressão que eu tive é que ela ia escrevendo no decorrer do dia vários post-it pela casa e depois fez dessas anotações o livro.

Não é um livro que possui dialogos, nem paragrafos ou até mesmo uma continuação nos próximos capítulos, é apenas pequenos assuntos que ela comenta do que acontece no seu dia a dia, por isso talvez a leitura não fluia muito fácil.

Página 11
*
Eu nunca aprendi como viver o momento, mas aprendi que momentos podem ser desperdiçados e o mundo continuará a girar em seu eixo.

Gostei muito da filha da protagonista, a Anna ela tem cerca de 11 anos é fã de Harry Potter :) , já seu filho Luca tem 16 anos e começa a ter muita dificuldade ao mudar de escola e aprender a falar Francês, na verdade toda a família tem essa dificuldade.

Ela comenta muito sobre comida dando inclusive algumas receitas que ela mesmo fez, e descreve vários restaurantes em que foi na companhia de seu marido que apesar de não falar muito dele me pareceu bem compreensivo com sua esposa, já que ela passava a maior parte do tempo escrevendo, tanto esse livro, como outros de romances.

Página 36
*
Completamente exaustos por conta das atividades culturais e turísticas, nos recolhemos na livraria Waterstones. Passamos uma ou duas deliciosas horas lá, sem discussões, sem gritos, sem choro, apenas rostos felizes inclinados sobre livros. Saímos de lá cambaleando com três sacolas de livros.
É um livro que fala bastante sobre Paris, acho que quem pretende conhecer lá um dia, ou está pensando em morar por um tempo tem bastante dicas na última página de lugares para visitar e dicas do que fazer e não fazer na cidade.

Uma pena o livro não ter me conquistado, mas consegui ler até o final mesmo demorando um bom tempo para concluir.
Página 55
*
Um dia na cama chorando por histórias de estranhos perdidos nos dá permissão para chorar por coisas que não temos o direito de lamentar.

Beijos

Até mais...


23 comentários :

  1. Olá, pela sua descrição não parece um livro gostoso de ler e não despertou em mim nenhuma vontade de comprá-lo. Mas acehi a sua resenha ótima, muitíssimo bem escrita!

    Beijinhos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Andressa
    Pelo título, esperava outro tipo de livro, um romance. esse estilo não faz o meu gênero de leitura.
    A capa é muito bonita.

    ResponderExcluir
  3. Oi! Otima resenha! A história tbm não me atraio muito mas quem sabe eu não ê uma chance?
    xx, Julie
    feitasdepapel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eita, o livro não tem uma continuidade? Não sei se eu iria curtir tb. Quando leio um livro busco uma história, algo que me prenda. Pelo que vc falou, acho que eu não iria encontrar isso no livro.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. É uma narração diferente, sem dúvidas. Mas acho que não iria gostar. Amo diálogos. Não sei se conseguiria gostar do livro..
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  6. Oi Dressa que desafio foi ler esse livro hein, vou te contar, a história autobigrafica seria legal usando um pouco mais de interação com o leitor! But...
    Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  7. Oi Andressa.
    Esse livro parece não ter uma narrativa envolvente e fluída. Sem diálogos e parágrafos fica difícil a leitura. Não é um livro que me agradaria =/

    ResponderExcluir
  8. Oi Andressa, acho que eu não iria gostar desse livro, pelo formato dele, sem parágrafos, diálogos, e etc. Parece ser diferente dos que eu já li, mas mesmo assim, não me animei com essa ideia.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Oi Andressa, o livro não me atraiu, a capa até que é bonitinha, mas gosto de diálogos, pois já li um livro assim e abandonei!
    Mas não posso julgar sem pelo menos ler um pedacinho, né!
    Porém não é um livro que eu compraria.

    ResponderExcluir
  10. oi Dressa,
    é ruim quando um livro não consegue prender a gente, né? Uma pena mesmo. Acho que eu também não gostaria muito, pela forma como parece ter sido escrito, com os acontecimentos meio jogados, sem sequenciamento ou diálogos.
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Uma pena você não ter gostado do livro, mas pela resenha eu também não me interessei muito não.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Andressa, curiosamente acabei de ler uma resenha deste livro que ao contrário de você, a pessoa gostou bastante. Acho muito legal quando isso acontece, podemos ver os dois lados de uma mesma leitura.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  13. Oi Dressa, tudo bom?
    Uma pena que esse livro não tenha uma leitura agradável, mas acho que isso se deve ao fato de que foram escritos da autora unidos no livro. Parece ser uma boa indicação para quem quer conhecer Paris porque ela dá muitas dicas e sugestões.
    Beijos.
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Desde que vi esse livro entre os lançamentos da editora não tive vontade de lê-lo e a sua resenha só me deixou com a certeza de que não estou perdendo nada.

    ResponderExcluir
  15. A estória não me atrai muito. Não sou muito fã de livros de memórias ou biográficos por não ter paciência pra eles. Então este eu passo, haha.
    Não faz o meu estilo nem um pouco, apesar de ter achado legal a história da Eloisa e a forma como ela retrata isso em uma cidade nova.

    ResponderExcluir
  16. Achei a história muito parecida com aquelas 1000 dias em veneza , 1000 dias na Toscana , Um Certo Verão em sicília da Marlena Di Blasi... Porque são livros que se resumem basicamente na vida que elas passaram a levar após a mudança de País. Sobre comida, dia-a-dia, marido e tudo mais.

    Acho fofinha essas histórias assim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Não sou grande fã de livros biográficos ou de memorias, por este motivo, não leria este.
    Já tinha lido a sinopse e ouvido falar da obra, mas não me interessei por ela.

    ResponderExcluir
  18. Parece que tinha tudo para ser uma drama com Paris como pano de fundo mas como a história não fluiu... é complicado!
    Realmente, li a sinopse no skoob e é interessante mas não me deu muita vontade de ler. =/

    ResponderExcluir
  19. realmente acho q nao parece ter uma leitura agradavel. Pela capa e pelo nome eu tinha certeza q era uma historia linda e romantica, que se passasse em paris :/ decepçao kkkkk

    ResponderExcluir
  20. A capa é realmente muito bonita, mas pela descrição e pela sua resenha, o livro não me atraiu. Imaginei que fosse um romance bem construido, mas enfim... rs

    Dessa vez, passo a leitura.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Abril

    ResponderExcluir
  21. Oi, Andressa!
    Realmente a capa do livro é muito bonita! Pena ele não ter te prendido!:( Pela sua resenha, acho que também teria um pouco de dificuldade em concluir a leitura dele...

    ResponderExcluir
  22. Fiquei mais atraído apenas por o livro trazer várias dicas de lugares e o que fazer na cidade, pela história não a achei forte o suficiente para sustentar um livro.

    ResponderExcluir
  23. O título me atraiu, mas a resenha fez com que eu voltasse atrás. Não leria o livro. Mas, a arte da capa está bonita.

    ResponderExcluir