Resenha - Fascínio Egípcio

Fascínio Egípcio

Autora: Luciane Vieira Z.
Editora:  Modo
Gênero: Literatura Nacional / Romance
Páginas: 448
Sinopse: Skoob

Avaliação: 

Olá, tudo bem com você? 

Conheço a autora Luciane em vários eventos literários que acontecem aqui em São Paulo, e estava bem curiosa para ler o livro dela, e finalmente chegou a oportunidade.

Fascínio Egípcio é um livro bem diferente do que tenho costume de ler, a Luciane escreveu muito bem toda a história, amei a escrita dela, porém preciso confessar que os protagonistas me irritaram muito, mas vamos a resenha e aos poucos vou contando mais sobre isso.

Naia é a protagonista dessa história que se passa no Egito antigo e é uma pessoa muito orgulhosa e marrenta, Naia não é uma pessoa comum para sua época. 

Naia está cuidando de sua mãe onde vivem precariamente, pois a situação de vida delas não é das melhores, e sua mãe sabendo que vai morrer lhe deixa uma carta contando que ela é filha de um sacerdote chamado Hatatef , que caso ela morra,ela deve ir em busca de seu pai e de melhores condições de vida.

Naia  vendo sua mãe morrer, sai correndo pelas ruas do Egito a procura de comida, sem dinheiro para pagar e em uma situação de desespero ela acaba roubando e sendo capturada pelos guardas do exército de Zeq, o guarda que a prende é Armais um soldado muito humano e diferente de muitos que trabalham para o príncipe, pois é muito honesto e por isso considerado melhor amigo de Zeq.

Naia acaba então se encontrando com Zeq o príncipe, os dois quando se encontram sentem uma atração quase que imediata, e Zeq tenta ajudar a mãe de Naia, mas quando chega ao local ela já está praticamente morrendo, e então Zeq promete em seu leito de morte cuidar e respeitar Naia para sempre.

Zeq acaba se encantando com Naia e a querendo a qualquer custo, ele resolve viajar para outra cidade e levar Naia para encontrar seu pai, no percurso começa a cair uma chuva muito forte e alguns soldados se encontram doentes. 

Zeq aproveitando da situação tenta agarrar Naia a força, ela no começo se assusta mas depois se entrega para Zeq, mas ele desiste de tentar fazer algo com Naia pois deseja se casar com ela em breve.

Zeq acaba manipulando seu pai o Faraó Hor e também o pai de Naia Hatatef para conseguir casar com Naia, ele finge até mesmo que abusou de Naia para seu pai aceita-la como esposa de Zeq, porém quando Zeq vai fazer o pedido para Naia ela de prontidão não aceita e inventa várias mentiras para que isso não ocorra.

Naia foi abusada quando pequena e tem um certo trauma de seu passado, esquecido através dos feitiços que sua mãe fez para apagar esse trágico acontecimento de sua vida.

O que me irritou de certa forma foi que até essa parte e algumas outras Naia me pareceu ser uma mulher decidida e firme em seu propósito porém quando ela acaba resolvendo se casar com Zeq os dois mais brigam do que ficam juntos e os dois são orgulhosos e nunca dão o braço a torcer. 

Até que Zeq começa a ignorar Naia e ela começa a ficar mais passiva e aceitar coisas que ele lhe propõe sem questionamentos. 

Os outros personagens do livro são bem legais, principalmente Armais o soldado do Zeq , e sua esposa Roant que acabam de tornando muito amigos de Naia, o pai de Zeq,  Hor também é um personagem encantador e muito dócil com Naia. 

O livro narra vários acontecimentos entre Naia e Zeq depois de casados, as guerras que era muito comum acontecer no Egito Antigo e também fala muito dos  deuses que eram adorados naquela época. 

Naia não acredita nos Deuses , mas as circunstâncias acabam fazendo com que ela repense sobre isso, essa parte de culto aos Deuses me incomodou um pouco pois teve algumas passagens sobre os sacrifícios com os animais que o povo fazia em adoração aos Deuses e isso me deixou mal, pois sou vegetariana e amo os animais.

Mas voltando ao casal briguento, os dois como mencionei vivem em pé de guerra, Zeq é um personagem muito bipolar, ele fazia algumas maldades mas logo se arrependia parecia que gostava de ver o sofrimento das pessoas. 

E Naia pareceu ser tão forte, mas  qualquer briga ou coisa mais séria ela acabava desmaiando ou aceitando as opiniões de seu marido. 

Gostei da história em si, mas o final eu fiquei me deixou com vontade de saber o que iria acontecer com alguns personagens, porém o livro acabou sem dar muitas explicações, então achei o final aberto e vou precisar ler o segundo volume que a autora informa que só estará disponível o ano que vem. 

Essa é a primeira vez que leio um livro da editora Modo e gostei muito da capa, só achei as letras muito pequenas, o que tornou a leitura um pouco mais lenta.

Mas gostaria muito de agradecer a Luciane pela oportunidade de ler o livro, e falar que gostei muito da sua escrita, você foi capaz de me fazer sentir raiva, dó, alegria e tristeza e me transportei para o Egito de maneira singular.

Desejo muito sucesso a autora e esse livro faz parte de um Booktour onde vou atualizar aqui as resenhas que forem sido feitas para você acompanhar as opiniões. 

 Beijos 

Até mais ... 



15 comentários :

  1. Oi Dressa!
    Ótima resenha!
    Pelo visto é bem diferente dos livros que já li, a história parece bem interessante. Não vejo a hora de chegar minha vez no Book Tour! =)
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Desde quando eu vi a capa e a sinopse desse livro, bateu aquela curiosidade... Ainda mais por ser nacional. E eu adoro essas coisas que falam sobre o Egito, haha
    Você falou bastante da história, não sabia desses detalhes e gostei. Personagens que me irritam costumam atrapalhar minha opinião geral, mas ainda assim quero conferir esta história ;)
    Vai ter sequência, que legal! *-*
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Andressa!
    Eu conheço duas autoras da Editora Modo: a Roxane Norris e a Adriana Vargas e as duas são divinas, lindas demais. Eu acho super legal a editora valorizar a literatura brasileira.
    Quanto ao livro, eu adorei a capa, os nomes e o local: Egito. Mas confesso que também fico um pouco estressada com esse tipo de personagem!
    Beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. O nome e a capa do livro de cara já chama a atenção.
    Não lembro de ter lido alguma história que se passa no Egito, fiquei curiosa quanto ao livro.
    Só não gosto quando o livro acaba e muita coisa fica no ar e você não sabe o que aconteceu com alguns personagens. Imagino que foi por isso que deu tres estrelas.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Achei a capa bem legal tbm, e gostei da sinopse e apesar de uns personagens serem bem chatinhos eu fiquei curioso e com vontade de ler o livro, ja li uma vez uma historia que passava no egito há muito tempo atras e adorei *-*

    ResponderExcluir
  6. Essa capa é tão bonita...Mas confesso que não me animei muito pra ler não. Mas da sua resenha foi muito bem escrita, parabéns!

    Beijos,
    http://garotaezine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Linda resenha Andressa, parabéns. Obrigada pelo Carinho e por todo Apoio.

    ResponderExcluir
  8. Tenho muita curiosidade em ler o livro. Parece ser diferente.
    Só o que me desanimou um pouco é de ficar sabendo que os personagens são bem instáveis. :/
    Mas de qualquer modo,gosto de conhecer os trabalhos de autores nacionais.
    Ah! Espero muito que a autora tenha escrito sobre o Egito,com riqueza de detalhes. :)

    ResponderExcluir
  9. Se eu não me engano, nunca li um livro cujo cenário fosse no Egito. É diferente e bem criativo. Acredito que esse tenha sido o aspecto principal para eu ficar interessada em lê-lo. Como essa é a primeira resenha que leio, vou dar mais uma procurada para saber mais pontos e opiniões a respeito do livro.

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito do livro. Não li nenhum romance que se passa nessa época.
    Quero ler.

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Já li um livro que se passa no Egito e esses sacrifícios de animais(e humanos) também me deixaram mal, mas esse livro parece ser legal.

    ResponderExcluir
  12. Oie amores!!
    Zeq tem cara de que vai me irritar kk. Mas achei a o conteúdo interessante, esta na minha lista.
    Otima resenha <3
    Um beijão
    https://livrosimaginarios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Oieee
    A capa do livro está maravilhosa e eu adorei a história,nunca li
    nada que se passasse no Egito Antigo,mas adoro filmes sobre faraós então vou amar o livro.
    Ainda não entendi qual é a da Naia,uma hora toda orgulhosa e outra passiva...
    É uma pena que tenha ficando tantas coisas sem esclarecimentos e que o próximo livro vai demorar sair.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia a autora e confesso que fiquei com bastante vontade de ler o livro. Ainda não li nenhum livro em que o enredo se desenvolvesse no Egito e por isso ele me chamou bastante a atenção, sem contar que gostei bastante da capa.

    ResponderExcluir
  15. ei Dressa,
    eu vou ler esse livro logo, logo no seu BT. Gostei da premissa e acho que vai ser uma leitura diferente para mim também
    Eu to sentindo que vou ter problemas com esse protagonista. Não dou muito certo com hominhos bipolar, que bate e depois assopra, rs. Vamos ver como vamos nos relacionar um com o outro, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir