Resenha - Por Toda a Eternidade


Por toda a Eternidade

Autor: Kristin Hannah
Editora: Novo Conceito
Gênero: Literatura Estrangeira / Drama
Páginas: 400
Sinopse: Skoob

Classificação:

Olá, tudo bem com você? 

Esse livro é a continuação do livro "Amigas Para Sempre"  lançado no mesmo mês pela editora Arqueiro, se ainda não viu a resenha Clique Aqui para conferir.

A única ressalva que preciso fazer antes de começar a resenha é que se você não leu ainda o primeiro livro, não leia nem a sinopse desse que estou resenhando, pois logo na sinopse já conta spoiler do livro "Amigas Para Sempre" e se você pretende ler em breve esse livro acho melhor ficar no suspense.

Portanto essa resenha não terá spoiler do primeiro livro ! :)

Esse livro pode ser lido sem ter lido o outro sem problemas nenhum mas acho que as emoções vão ser mais fortes se forem lidos na sequência. 

No primeiro livro é narrado a vida das duas amigas Tully e Kate, para relembrar um pouco Tully sempre deu prioridade a sua carreira de jornalista e nunca se aventurou em um romance. Teve uma carreira bem sucedida e um programa de entrevistas é reconhecida onde quer que vá.

Kate sempre gostava de ler e sonhava com o princípe encantado que encontrava nos livros, até ter encontrado Johnny com quem teve três filhos, a problemática adolescente Marah e dois meninos gêmeos, ela abandonou sua carreira de jornalista para se dedicar a família.

Depois dos tristes acontecimentos que tiveram no primeiro livro, esse segundo volume aborda agora a vida que Tully leva pois agora está viciada em remédio, sozinha, um pouco acima do peso e para ajudar se descobre com síndrome do pânico e depressão.

Página 103
- A depressão não é vergonha nenhuma, Tully, e não pode ser ignorada. Ela pode piorar.

Ela acaba sofrendo um acidente de carro e agora se encontra na UTI entre a vida e a morte, e agora todos que um dia viveram juntos e felizes tiveram suas vidas mudadas e seus destinos afastados, agora se encontram novamente para quem sabe a vida dar uma segunda chance. 

Marah é filha de Kate a melhor amiga de Tully e afilhada de Tully, desde que se formou na escola e alcançou a maioridade ela saiu de casa para viver com um namorado bem estranho onde além de ser gótico, usar pircing e tatuagens ele também usa muitas drogas.

Marah para tentar aliviar as dores que teve em seu passado tem uma doença séria onde ela se corta para poder sentir outras dores que não a sua.

Depois de se perder em alguns caminhos e achar que é a culpada pelo acidente de Tully ela volta para a cidade em que sempre morou e tenta reaver o seu passado.

Dorothy é a mãe de Tully, desde quando Tully era pequena sempre esperava a presença da mãe em dia de aniverários e datas comemorativas, ela sempre quis morar com sua mãe, mas a mãe sempre vivia no mundo das drogas para dar a adevida atenção ao qual Tully merecia , e as duas nunca mais se falaram depois que Tully virou uma pessoa famosa.

Dorothy agora participa das reuniões dos alcoólicos anônimos e agora tenta seguir uma vida sem drogas e ser mais presente na vida de sua filha que agora se encontra em coma. 

Agora podemos conhecer de fato os motivos pelos quais a mãe de Tully a abandonou e porque se envolveu no mundo das drogas, nada justifica se entregar ao mundo das drogas mas nesse livro a autora esclarece alguns pontos chaves e faz a gente não julgar ninguém pois cada um sabe a dor que carrega e os estragos que o passado faz na vida de cada um.

Página 280
Maconha e álcool. Eles roubaram muito dela e ela nunca sentira tanta falta de suas lembranças como agora.
O livro reune as histórias dessas três mulheres Tully, Marah e Dorothy com um passado muito sofrido mas que estão afim de mudar o presente, as vezes a vida se encarrega de não dar tempo para consertar as coisas, será que terão uma segunda chance?

Página 362
Às vezes você simplesmente faz a escolha errada e tem de viver com isso. Você pode apenas mudar o futuro. 
O livro aborda temas pesados mas com uma leitura que flui devagar e que emociona aos poucos, é um livro que faz pensar em muitas atitudes que temos na vida e principalmente o perdão, o que uma simples palavra como "Desculpe" não dita no momento pode fazer a diferença na vida das pessoas.

Página 365
- Acho que você se surpreenderia com a facilidade com que uma mãe perdoa.

O livro é maravilhoso , recomendo a leitura de todos os livros da Kristin Hanaah, a edição do livro está ótima, letras de bom tamanho, páginas amarelas e grossas e capítulos separados.só não gostei da sinopse pois conta tudo o que houve no outro volume.

Uma historia que reúne três gerações, três sofrimentos distintos, três formas de se perdoar e infinitas possibilidades de se amar.

Recomendo a leitura e prepare os corações pois é impossível não se emocionar com essa história que fala de amizade, amor e perdão.

Beijos

Até mais....







19 comentários :

  1. Tenho esse livro, mas ainda não li, pois quero ler Amigas Para Sempre primeiro. Ainda não li nenhum livro da autora, mas já vi muitos elogios. Estou ansiosa para ler.

    ResponderExcluir
  2. Oi Andressa!

    Li Amigas para Sempre e não curti muito. Então desanimei em ler a continuação. Mas como tenho o livro, acabarei lendo-o...
    Acho que, por enquanto, darei um tempo para "esfriar a cabeça" e quando voltar a me dar saudade da autora pegarei Por toda a eternidade para ler. :)
    Bela resenha!!
    Beijos!

    Pensamento Tangencial - http://pensamentotangencial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li nenhum dos livros, mas já tinha ouvido falar de que era bom.
    Não li nada ainda da autora, então não sei nem o que esperar (mais ou menos).
    Talvez eu resolva ler agora, depois que li a resenha.
    =)

    ResponderExcluir
  4. Oiii..
    Não li o primeiro livro e nem sabia que na própria sinopse estava em spoiler. Que perigo ein..rs
    Gostei da resenha, gosto de livros que emocionam e até com partes fortes.
    Quando tiver oportunidade irei ler.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não sabia que era continuação de "Amigas para Sempre" ,mesmo por que esse primeiro livro nunca me interessou,então sinceramente o segundo eu também não lerei.É muito drama pra uma pessoa só,então estou fora desse gênero por algum tempo,mas o livro por si próprio parece ser bom para quem curte esse tipo de leitura.

    ResponderExcluir
  6. Oi Andressa :)

    Eu curto muito o gênero drama e da autora já li Jardim de Inverno e me apaixonei. Esse livro está na lista e não vejo a hora de ler. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda estou um pouco dividida com os livros da Kristin Hannah. Apesar de super gostar da premissa de todos os livros dela, parece que falta alguma coisa para eu falar ''meu Deus, preciso desse livro''. Quando envolve perdão, amizade e amor, é impossível não se emocionar mesmo, mas não sei se esse livro funcionaria para mim.

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de histórias como essa.Carregada de fortes emoções.
    Não tive à oportunidade de ler o primeiro livro,mas sempre desejei.
    Gostei da resenha e vou ler os dois com toda certeza.

    ResponderExcluir
  9. Oi Dressa, tudo bom?
    Eu não li nada da autora, mas sei bem que ela tem uma escrita emocionante. Pelas suas resenhas eu a comparo muito com a Emily Giffin. Quero começar a ler logo os livros da Kristin e essa série já está na minha lista de desejados.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Andressa.
    Nossa, esse livro parece ser muito intenso e um tanto deprimente. Mas considerando quem é a autora, deve ser um ótimo livro, espero que sim pelo menos. Sei que a sinopse tem spoiler, mas estou curiosíssima para sabe hehehe
    Ótima resenha.
    Beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Dre, tudo bem?

    Vc fala tanto da Kristin que eu to doida pra ler um livro dela. Tenho Jardim de Inverno e comprei esse tb, espero ler em breve

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  12. Confesso que nunca me interessei muito em ler esse livro, mas pela sua resenha, você gostou bastante, e parece que emociona bem o leitor, quem sabe até dê uma chance!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. oi Dressa,
    preciso ler algo da Kristen, de tanto que você elogia.
    Eu to numa fase mais light, mas logo volto para as leituras mais densas, e essa com certeza é uma. Parecer ser um livro bem emocionante mesmo.
    Vou procurar ler Amigas para sempre antes, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Impossível não se emocionar mesmo, assino embaixo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  15. Comprei esse livro a um tempo mas ainda nao li. Lendo a resenha me deu vontade de passa-lo na frente dos outros! Mto bem feita! Bjinho

    ResponderExcluir
  16. Achei a capa muito bonita,mas o livro não me chamou a atenção ,então não estará na minha lista de desejados .

    ResponderExcluir
  17. A capa é muito bonita, mas pela resenha parece muito dramático e triste!! Não me chamou muito a atenção

    ResponderExcluir
  18. Oi,
    Eu nunca tinha ouvido falar nele, mas a sua resenha o deixou interessante para mim, então irei ler a resenha do primeiro livro.

    ResponderExcluir
  19. Ainda nao li nada da Kristin Hanaah, acredita que ganhei 4 livros desse Por toda a eternidade *-*
    dei 1 de presente e troquei os outros no skoob
    ainda nao li o livro, ta dificil encaixar o livro esse ano, mas acho que ano que vem eu consiga lê-lo..

    ResponderExcluir