Resenha - Simplesmente Acontece

Simplesmente Acontece
Simplesmente Acontece
Autora: Cecelia Ahern 
Editora: Novo Conceito
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 448
Sinopse: Skoob



Avaliação:


Oi gente, tudo bem?

Eu sou apaixonada pelos livros da Cecelia Ahern. A minha estante tem um cantinho especial para ela, então imaginem a minha alegria quando Simplesmente Acontece chegou aqui em casa!

Eu acabei de ler o livro agora e já corri para fazer a resenha, não queria perder nenhum minuto. Sabe aquele sentimento que fica no ar quando a gente acaba de ler um livro que gostou muito? Então, queria aproveitar e contar para vocês sobre o livro antes de enfrentar a ressaca literária que eu tenho pela frente!

Alex e Rosie são melhores amigos desde bem pequenos. Entraram juntos no colégio e por doze anos dividiram a carteira. Eram inseparáveis e não se importavam com o que as outras pessoas falavam, e daí se o seu melhor amigo é um garoto? Alex sonhava em ser um grande médico e Rosie em gerenciar um belo hotel.

A amizade entre eles era invejável, passaram juntos em Dublin todos os momentos da infância e adolescência. Até que o pai de Alex é transferido para Boston e cai a bomba, ele terá que se mudar de país.

É possivel que uma amizade sobreviva à distância? Mesmo uma amizade tão forte quanto de Alex e Rosie? Os dois continuaram mantendo contato aquele ano, Alex entra para a faculdade de Medicina de Harvard e Rosie foi aceita na faculdade de Boston. Tudo parecia entrar nos eixos e Alex prometeu voltar a Dublin para acompanhá-la ao baile de formatura e depois esperar por ela em Boston, quando ambos iniciariam a faculdade.

É aí que percebemos que nem sempre a vida acontece como planejamos. Os voos para Dublin estavam lotados, Alex fica preso no aeroporto e Rosie acaba indo ao baile com Brian. A partir deste momento uma série de desencontros começa, Rosie não aceita a vaga na Universidade de Boston e permanece na Irlanda.

Eu detesto desencontros, eles me deixam agoniada (acontece com vocês?). A vida de Alex e Rosie passa a ser um grande e completo desencontro. Perdi a conta das vezes que parei a leitura para mandar mensagem para os meus amigos blogueiros (né Dre?) para falar que estava completamente irritada com o livro.

Mas como então eu posso falar que gostei tanto de um livro e, ao mesmo tempo, reclamar que a história estava me irritando? Foi exatamente aí que eu achei que Cecelia Ahern acertou, eu não conseguia parar de ler, queria ver algo acontecer, então foi impossível deixar o livro de lado. Cada vez que a história desenvolvia e eu torcia para algo acontecer e o enredo tomava um rumo diferente eu queria ler mais e mais para ver onde eles iam chegar.

A verdade é que todos os desencontros narrados são possíveis de acontecer. É impossível prever o rumo das nossas vidas, o que o outro pensa a nosso respeito e evitar que qualquer interação externa entre em ação. Percebi que Cecelia Ahern narrava a vida como ela é, com todas as curvas pelo caminho.

A história é contada de forma complemente diferente, apenas através de bilhetes, emails, cartas, mensagens e cartões. Nada de narrativa em terceira pessoa, não participávamos das cenas, só ficávamos sabendo depois, quando alguém mandava uma mensagem contando o ocorrido.

Eu me encantei pelos personagens, Alex é apaixonante, Rosie é batalhadora e os personagens secundários não ficam atrás, como a divertida amiga de Rosie, Ruby, que me rendeu ótimas risadas.

Não pude dar cinco xícaras porque, por mais que eu tenha achado interessante a forma como o livro foi escrito (através de mensagens, e-mails e etc), algumas vezes senti falta de estar na cena, saber exatamente como aconteceu e não escutando (no caso, lendo) alguém contar. Sabe aquele "poder" que o leitor tem de acompanhar os diálogos e viver as cenas, mesmo nos livros em primeira pessoa? Senti um pouco de falta, mas, por outro lado, achei legal a ideia das mensagens, foi uma forma nova de leitura para mim.

Além disso, foram muitos desencontros! Acreditem, muitos! Morri de vontade de entrar no livro e colocar ordem nas coisas, hahahaha!

De qualquer forma, Simplesmente Acontece entrou para a lista dos meus queridinhos e agora estou aqui doida para ver o filme! Espero que o filme seja fiel ao livro, nós leitores somos exigentes! rss!!

Indico a todos!!

Até a próxima!

Com carinho,


26 comentários :

  1. A Cecilia tem uma narrativa muito boa, tenho aqui "O livro do amanhã" e é claro que vou querer "Simplesmente acontece" rsrs. Gostei da sua resenha, bom saber que gostou do livro, espero também gostar.
    Abraço ♥ www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Já não ia querer ler, por causa que eu também ia sentir agonia de tantos desencontros. kkkkkkkkk Mas agora que sei que isso é o bom do livro fiquei com vontade de ler.
    Ótima resenha! Bjs, Mari <3

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito dos livros da Cecelia Ahern, estou doida pra ler esse parece ótimo e a resenha me deixou ainda mais ansiosa, depois com certeza vou conferi o filme.

    ResponderExcluir
  4. Também detesto desencontros, fico tão ansiosa e roendo unhas..e infelizmente não tenho amigas e nem pessoas conhecidas que leem, apenas algumas colegas mas que não gostam de livros.. e que pena que não pode "encorporar" na história, Alex e Rosie são um casal bem fofo no qual me simpatizei pelos 2, espero poder ler também e que o filme seja bom tanto quanto ouvi que ele é.
    Beijos Mari, ThaynáQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari ,tudo bem?

    A Cecelia tem uma maneira muito boa de escrever, né? Já li dois livros dela e gostei de ambos. Estou louco para pegar nesse livro. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olha eu gostei bastante da sua resenha, até porque esse é um dos livros que estão na minha fila para serem lidos, mas também tenho que concordar em uma coisa, vc disse que gostou da história, mas não se sentiu envolvida com os personagens na história. Enfim...Eu também tenho esse problema e tive isso com o Twittando o amor que não gostei por causa disso, mas mesmo assim irei ler para tirar minhas proprias conclusòes, porque quero conhecer a escrita da autora. Ainda não li nada dela e tenho certeza que o livro dela vai mexer comigo, pois gosto de romances =] E vc ainda me deixou mais curiosa. Parabéns =]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Hey, Mari.

    Tão bom quando acabamos de ler um livro e vamos direto pro PC fazer a resenha e se sentir desabafar. Eu as vezes faço muito isso.
    Eu ganhei esse livro de um Top Comentarista, mas todavia ainda não chegou. Eu fui a um evento da NC sobre ele e ganhei uma camisinha. Eu sei uma das coisas que acontece com a Rosie. Mas estou super curiosa com a leitura.
    Eu sei bem quando você fala estar presente na cena, eu me vejo como um observador e depois da resenha estou com medo de como irei me sentir lendo esse livro. Acho que irei gostar.
    Tenho 3 livros da Cecelia, mas ainda não li nenhum, acho que Simplesmente Acontece será o primeiro.

    Visite: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Eu não conhecia o livro, aliás eu conheci pela blogosfera nos posts de lançamento da Novo Conceito pelos últimos dias. Não sabia que já tinha sido lançado por aqui com outro nome, acho que Simplesmente Acontece também foge do título original mas tem um pouco mais a ver com a premissa. Não gostei da capa porque não gosto de gente em capa, mas gostei da premissa e pelo visto temos uma história bem bacana a ser contada. Ficarei só com o filme porque acho que não me daria bem lendo um livro com esse.

    ResponderExcluir
  9. Oi flor!

    Nossa que resenha gigante!! heheh
    Parabéns! Vou confessar que não me animei muito com o livro não, acho que estou mais ansiosa pelo filme. Vamos esperar e ver como vai ficar essa adaptação.

    Beijocas da Deebs!

    ResponderExcluir
  10. Olá querida
    Faz tempo que não passo por aqui :(
    Sua resenha está linda, a Cecilia Ahern é uma autora bem talentosa, já li alguns dos livros dela e gostei bastante deles, queria e quero muito ler este e espero gostar bastante, tanto do livro quanto do filme.
    Sua resenha está ótima e me deixou ainda mais curiosa.
    Parabéns e que bom que gostou da leitura.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/11/resenha-reiniciados-teri-terry.html

    ResponderExcluir
  11. Oi Mari...
    Eu ainda não li nada de Cecelia..mas tenho vontade.
    Nem sabia que a narrativa desse livro era assim, por meio de mensagens. Desanimei viu.
    Mas acho que como todo o livro deve ser bom. Mas por agora eu não leria.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari!
    Eu estou doida por esse livro! Cecelia Ahern sempre arrasa em suas histórias e tenho certeza que com essa não é diferente.
    É o tipo de história que gosto de ler.
    Ótima resenha! Conseguiu transmitir o quanto a leitura lhe agradou.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mari, tudo bem?
    Nossa, as pessoas estão realmente adorando esse livro, rs. Mas, juro que não consigo sentir AQUELA vontade de lê-lo, sabe? Não acho que tenha nada de muito diferente ou interessante demais.
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nossa eu também odeio desencontros Mari! Me deixa desesperada ler que deu tudo errado com o que os personagens tinham combinado rs nunca vi nada que seja escrito desse jeito, só através de cartas e mensagens, acho que sentiria falta da narrativa normal.

    ResponderExcluir
  15. Também gosto dos livros da autora, mas confesso que não estava dando muita coisa por este. Bom saber que estou enganada!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  16. Eu não sou muito fã dos livros da Cecilia, então não dei chance a ele ainda. Mas sua resenha me deixou com uma certa curiosidade. Por motivos de : adoro livros que são narrados em forma de cartas, bilhetes, emails.. É o meu tipo de linguagem favorita. Mesmo tendo MUITOS desencontros, acho que darei uma chance a obra.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li nada da autora mais quero muito, ainda mais que vai ter filme deste livro estou querendo muito ler esse livro *-*

    ResponderExcluir
  18. Eu tbm adoro a autora,fiquei louca com esse lançamento da Novo Conceito!
    Uma coisa eu não sabia sobre esse livro,que era narrado através de cartas e emails.Deve ser super diferente de acompanhar.Espero não me incomodar com isso.
    O filme com certeza não irá me decepcionar!Sam Clafin <3 Nem tem como kkk
    Bjus

    ResponderExcluir
  19. Oi Mari, quero muito ler esse livro e assistir ao filme, sei o que essa personagem passa viu, Simplesmente acontece me define passei por isso e tbm tive muitos desencontros é ruim mesmo, mas hoje agradeço cada momento! Amei sua resenha sempre fofa!
    Bjkas

    ResponderExcluir
  20. Oi Mari, tudo bem?

    Sabe como eu percebi que você gostou muito deste livro? Quanto mais eu lia sua resenha mais eu me sentia ansiosa e angustiada com sua escrita, mas de um jeito positivo, pois você estava demonstrando em sua escrita o que sentiu ao ler e isso passou pra mim. Adorei a resenha e confesso que nem estava ligando para este livro, mas agora eu sei que vou amar a leitura.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Sou apaixonada por histórias que nos deixam com vonatde de fazer parte do que acontece, gostei tanto da resenha que vou passar esse livro na frente de outros kkk
    Ah só não gostei muito da capa...

    ResponderExcluir
  22. Mari, adorei a resenha. Desde que vi o trailer da adaptação fiquei louca e até a pouco tempo atrás não sabia que era uma adaptação, desde que soube estou louca pra ler este livro! ♥ Só queria que eles tivessem publicado com uma capa diferente (sem ser a do filme).

    ResponderExcluir
  23. Mari querida, vi o trailer do filme ontem mesmo e fiquei encantada, além de amar aqueles dois atores fiquei totalmente envolvida da historia, já da pra entender o que mais ou menso acontece mas mesmo assim isso me instigou e muito para a leitura, espero ler em breve!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  24. Mari, não conhecia a autora, acredita? E esse seu favoritismo por ela eu achei fascinante. Não li o livro ainda e fiquei interessada. Acredito que não só uma boa amizade permanece mesmo à distância como um grande amor também.

    ResponderExcluir
  25. Não conhecia esse livro até saber do filme e agora quero muito ler o livro antes de poder assistir a adaptação. Parece ser bem interessante, ainda mais com tantos elogios para o livro hehe
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  26. Comecei a ler o livro quando vi o filme.. não sei se sabem, mas ele nos Estados Unidos já foi lançado e consegui baixar e assistir.. É maravilhoso, mas não é tão fiel assim.. Mas a adaptação teve que ser feita por causa do livro ser escrito dos em bilhetes e cartas.. No filme vemos realmente a cena reproduzida.. =D Só achei que a passagem do tempo no filme não foi muito boa não, fiquei meio confusa para diferenciar os personagens mais velhos.. =/

    ResponderExcluir