Resenha - De flores e amores

De flores e amores
Autora: Ana Maria Patrone
Editora: Matrix
Gênero: Literatura Nacional / Contos
Páginas: 144
Sinopse: Skoob

Avaliação:



Olá, tudo bem com você?

Recebi esse livro em parceria com "Tudo em Pauta" e foi uma surpresa ter recebido um livro de contos, normalmente não costumo gostar de contos pois fico sem entender muitas coisas e com esse infelizmente também não foi diferente.

O livro traz 17 contos que falam sobre relações amorosas, começa desde o amor platônico e vai passando pelo amor a primeira vista, amor doentio, amor a distância e também relata algumas coisas em relação as flores, a sentir o cheiro delas e se encantar com sua beleza.

O que me deixou mais insatisfeita com a leitura era o final de cada conto, alguns não tinha sentindo para mim e fiquei sem entender a lógica do conto, outros eram história de amor bonitas porém que acabavam mal ou tristes.

Tinha conto que era de amor doentio, onde a mulher queria ficar junto com a pessoa mesmo sofrendo e não tinha coragem de largar e tentar uma nova vida,  relatatou mais da dependência do amor do que o amor a si próprio.

A leitura flui rápido, dá para ler o livro em uma tarde, para quem gosta de contos com certeza deve agradar, mas para mim infelizmente a leitura não fluiu. 

A autora é estrangeira mas mora no Brasil a muito tempo, então alguns contos são passados em algumas cidades do Brasil como Búzios, São Paulo e também passa por outros países. 

A edição do livro está muito boa, letras em ótimo tamanho, páginas amareladas, capítulos separados, todos os contos são narrados em terceira pessoa. 

E para quem gosta de contos com certeza vai se encantar com a escrita da autora, recomendo para quem já tem familiaridade com contos. 


Esse foi o sexto livro lido na maratona de férias!

Beijos 

Até mais... 


16 comentários :

  1. Também não gosto muito de contos, pois realmente ficamos decepcionados muitas vezes com o final ou querendo mais. Eu evito leituras assim, prefiro saber várias opiniões pra querer ler.
    Boa resenha! Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Bom, os únicos contos que eu estou familiarizada, são os contos de fadas, que diferente desses, os finais são felizes, confesso que não me interessei muito por esse livro, acho que não faz bem o meu tipo de leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Andressa.

    Nunca me aventurei a ler contos e fiquei com um pouquinho de medo em me arriscar. Pelo que você disse acontece bastante de você ficar sem entender e eu não gosto disso. Então acho que esse livro eu passo.

    Paradise Books BR

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Que pena que não é acostumada com contos. Tem alguns que eu não entendo mesmo e fica chato :\. Fiquei curiosa com os contos de amor doentio. A leitura com certeza é rápida mesmo.
    Beijos Andressa,
    ThayQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiii
    Eu também não costumo ler contos por causa disso, acabo sempre não entendendo nada quando acaba rs
    Apesar que o último que eu li eu gostei muito. Esse livro eu ainda não conhecia, quem sabe!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Também não sou muito fã de contos, eles não passam os detalhes suficientes pra minha curiosidade/ansiedade rs.

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro contos!
    Não conhecia esse livro, mas gostei muito da resenha.
    Acho que eu iria adorar lê-lo.
    Além disso, pode parecer estranho, mas, eu gosto de finais tristes.
    Gosto de ler, chorar e ficar me sentindo mal. kkk'
    O mesmo vale para filmes. Filmes com finais felizes não me conquistam.
    Só não gosto de narração em terceira pessoa.. DETESTO!
    Sinto-me perdida. Gosto de saber exatamente o que o personagem está sentindo e não consigo ter essa certeza em narrações em terceira pessoa.
    Estudo Psicologia e falamos muito sobre amor doentio e/ou dependente. É uma questão bastante complexa, onde envolvem-se muitas variáveis. Acho que o conto sobre isso pode ser interessante.
    Enfim, adorei a resenha.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Andressa, eu amo contos, mas concordo com você que alguns ficam sem sentido mesmo e cada leitor imagina e interpreta do seu jeito, o que pode incomodar a muitos leitores. Como eu gosto do gênero, acredito que iria gostar do livro. E achei a capa muito bonita; a edição parece estar caprichada!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oie, Dressa, tudo bom?
    Não tenho o costume de ler livros de contos, mas são leituras leves. Achei interessante o fato desse livro falar sobre o amor, pois é um tema universal. Apesar do que você disse, creio que tenha sido uma leitura rápida e seria uma leitura despretensiosa pra mim.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Amo contos, porém já conhecia esse livro e não me interessei muito nele, mais a capa dele é muito bela.

    ResponderExcluir
  11. Que pena Andressa, eu ao contrário de você gosto de livros de contos, mas este eu ainda não li.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  12. Oi Dessa,
    Não sou fã de contos, prefiro livros mais longos rsrs. Como os finais são confusos e não é meu gênero favorito, não pretendo ler esse livro =(
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  13. Eu adoro contos, acho que são leituras rápidas e validas, gostei bastante deste, não conhecia ;)

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  14. Oi Andressa!
    Achei a capa do livro linda! Pena que o conteudo tbm não era assim... Não me empolguei muito com ele não... Ainda mais pelo que você disse sobre os finais...
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Hey, Andressa!
    Uma pena você não ter conseguido entender o final de cada conto, mas pelo que você disse, a leitura parece ser meio confusa :/ Não é um livro que eu compraria para ler.

    Abs

    ResponderExcluir
  16. Oi, eu não gosto muito de ler contos também não e confesso que a resenha não me animou muito a ler este livro.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir