Resenha - Voos e Sinos e Misteriosos Destinos




Voos e Sinos e Misteriosos Destinos
Autora: Emma Trevayne
Editora: Seguinte 
Páginas:312
Gênero: Literatura Estrangeira / Steampunk
Sinopse: Skoob 
Avaliação: 
Olá, tudo bem com você?

Hoje trago o livro que mais demorei para ler e o gênero literário mais diferente que li até agora, Voos e Sinos e Misteriosos Destinos se trata do gênero "Steampunk", que para você que ainda não conhece trata-se de um de subgênero da Ficção Científica, são livros ambientados no passado que possui uma tecnologia que era avançada para a época.

Neste livro em questão, a tecnologia que é usada são motores de relógio, pessoas feitas de lata e por este motivo eu acho que acabei demorando mais tempo para entender toda a história, até que resolvi ler de uma vez só sem interrupções e prosseguir com a leitura, e por incrível que pareça o livro me surpreendeu muito.

Jack é um garoto de apenas 10 anos de idade e se sente muito sozinho ele mora em um internato e quando chega sua férias volta para sua casa, ele não consegue receber a atenção de seus pais: O pai vive ocupado com compromissos de trabalho, a mãe vive fazendo jantares que ele não pode participar.

Até que, aparece na casa Sir Lorcan um homem misterioso que tem poderes de magia e faz a cabeça de Jack para fugir, já que Jack se encontra nas ruas de Londres com sua mãe e sua governanta Sra. Pond.

Jack encontra uma porta mágica e misteriosa que ao entrar se depara com uma outra cidade chamada: "Londinium" e que a porta para voltar para Londres real logo desaparece.

Página 85
Uma terra de latão, aço, mecanismos, vapor e dirigíveis, engrenagens que se transformavam, rodas que giravam. Jack se perguntou se estava sonhando de tão perfeito que era aquele lugar, e se acordaria em sua cama ao som da Sra. Pond prepararando ruidosamente o café da manhã na cozinha lá embaixo.
Sentiu-se um pouco enjoado. A sra Pond ia sentir falta dele. Mas sua mãe provavelmente ficaria feliz se Jack ficasse ali para sempre, e ele achava que poderia muito bem fazer isso.

Jack entra nesta cidade feita de mecanismos de relógio e se depara com Beth uma menina feita de peças de metal porém muito parecida com uma humana, que se alimenta de óleo e funciona  quando dá corda.

Em Londinium tudo é possível acontecer, coisas super estranhas acontecem nessa cidade que existe uma senhora ao qual seu maior sonho sempre foi ter um filho humano a qualquer custo e vê em Jack essa oportunidade.

Pagina 95
Olha ao seu redor, rapaz. Você quer acabar como um de nós? Ele ergueu a mão de metal. - Vidas perdidas, doenças, pelo privilégio da indústria. Tenho que colocar pulmões novos em crianças antes que ela tenham respirado pela primeira vez. Dar-lhes olhos para que possam ver.

Jack enfrenta seus medos, percebe que nem tudo no mundo mágico é gostoso e legal de se viver, e precisa tomar sérias decisões além de,  precisar decidir se fica na cidade mágica ou ir atrás da porta mágica e voltar para sua mãe e sua vida sem graça de antes.

O livro apesar de ser um pouco confuso no começo e ser narrado em terceira pessoa tem uma leitura ágil e rápida, e por ser no meio de engrenagens, motores fica um pouco difícil de imaginar tais situações, mas os personagens Jack, Beth e Doutor Cataplasma são tão envolventes que é impossível não se apegar a eles.

A edição do livro está ótima, a capa é em material especial, os capítulos curtos e separados, alguns contém imagens para facilitar nossa imaginação e as páginas amareladas estão de parabéns.



Se você quer uma leitura diferente e que ao mesmo tempo agrade, com toda certeza irá gostar desse livro.

Esse foi o segundo livro lido na maratona Tô de Férias :)

Beijos

Até mais...




 

27 comentários :

  1. Olá :)
    Eu não curto muito esse gênero, mas esse livro me chama bastante atenção. Adorei a sua resenha, que bom que conseguiu gostar da leitura :)

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing
    http://thisadorablething.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse gênero parece ser super interessante e ainda por cima é um livro ambientado em Londres. Perfeição <3

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha ouvido falar desse gênero antes, me chamou a atenção, mas não ao ponto de querer lê-lo.. A história parece interessante o fato de misturar maquinas com magica e tbm a senhora que deseja um filho humano me intrigou...
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Nunca li algo desse gênero, mas confesso que não me chamou atenção. A pesar que quando eu estava lendo a resenha, lembrei daquele filme que tem robôs, esqueci o nome agora rs. Mas me veio as cenas desse filme, porém nada mais. Triste, porque eu gostei da capa rs

    Blog

    ResponderExcluir
  5. Nunca li um steampunk, mas parecem ser um ótimo gênero!
    Achei legal isso de outra Londres chamada Londinium.
    A capa está muito bonita, e como deve estar lindo por dentro, só pelo que vi nessa foto...
    Boa resenha! Abraços Andressa!

    ResponderExcluir
  6. Oi Andressa,
    Pelo que li em sua resenha,este livro e bem leve e diferente(me pareceu meio infantojuvenil ). Não me recordo de ler nada do gênero "steampunk".
    Gosto muito de livros sobre passagens secretas e mundos diferentes!
    E essa capa aumenta a vontade de ler *--*
    Com certeza o leria.
    Beijos
    Bruna do blog: Cantinho da Bruna -
    @blogcantinhoBL



    ResponderExcluir
  7. Que estranho, pessoas feitas de lata. Eu não sabia o que era Steampunk, valeu rsrs.
    A família de Jack, parece a minha... quase nem vejo, de tanto que trabalham.
    Bem interessante essa Londinium, na fantasia e ficção.
    É meio confuso mesmo, mas quando vai passando fica mais fácil de se entender. Linda a ilustração.
    Abraços Andressa,
    ThayQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Acho a capa desse livro tão linda <3
    Até hoje tive a oportunidade de ler poucos livros do gênero Steampunk, mas os que li gostei bastante.
    Espero ter a oportunidade de fazer essa leitura um dia e o fato do começo ser um pouco confuso não me desaminar.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olha quando eu vi o trailer do filme eu não me interessei não.
    E nem tive interesse de ler o livro, porque eu achei meio sem graça, seilá.
    Eu fui diversas vezes na livraria só para folhear, porque todos falavam bem do livro, mas não era aquela coisa para se ter para amanhã sabe?
    E uma coisa eu digo, ODEIO livro que me deixa confusa.
    Passei por isso com SONHOS DESPEDAÇADOS da Novo Conceito
    e me decepcionei bastante com a história. E olha que estava com muita expectativa em cima do livro =//

    lovereadmybooks.blogspot.com.br
    Só pra avisar tá? A minha colunista nova fez sua postagem de estreia hoje. Venha dar uma olhadinha pra dar uma força pra ela =] Ficaria feliz com sua presença viu? Eu nunca peço porque eu acho chato ficar pedindo, mas dessa vez por motivo especial mesmo.

    ResponderExcluir
  10. Oi Andressa, tudo bem?

    "Steampunk" é um sub-gênero que está cada vez mais se popularizando, né? Apesar de achar o livro super interessante (essa capa, é maravilhosa) eu não tenho tanta vontade assim de ler. Consegui ver que você realmente curtiu o livro por tudo o que disse na resenha. Mas, creio que não seria uma leitura tão boa pra mim.

    PS: Não sabia que o livro tinha ilustrações, achei top (hehehe).

    Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Até hoje só li um livro desse gênero que foi Anjo
    Mecânico da Cassandra Clare, mas mesmo assim é um livro mais "normal", creio que Voos e sinos e mistérios seja mais a cara desse gênero. Parece ser interessante, a premissa é legal pelo menos, bem juvenil. A capa é linda.

    ResponderExcluir
  12. Que estranho uma, cidade mecânica , seria provavelmente.
    Beth uma garota de lata que se alimenta de óleo, e só funciona dando corda nela?!
    Muito massa!

    ResponderExcluir
  13. Oi Andressa..
    Eu ainda não conhecia este subgênero. Quando vi o lançamento deste livro eu me interessei, depois até esqueci. Mas ainda pretendo ler ele.
    Gostei da sua resenha, e continuo com vontade de ler.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Qdo vi o livro pela primeira vez eu me interessei, a sua resenha é a primeira que vejo e agora fiquei na duvida se vou ler ou não, sei lá achei meio confuso, mas pra saber só lendo mesmo, quem sabe a oportunidade aparece ^^
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Nossa, nunca tinha ouvido falar desse gênero, mas parece ser bem interessante! Adorei a resenha, fiquei bem curiosa a respeito do livro!
    Gabi, xx.

    ResponderExcluir
  16. Steampunk? não conhecia esse gênero, nossa esse livro me lembra muito Coraline, um livro que eu amo, amo, amo que até virou filme, por incrível que pareça, os pais de Coraline também não davam muito atenção a ela, um dia ela acaba encontrando uma porta para outro mundo, onde tudo era perfeito pra ela, até os pais, depois ela acaba percebendo que nem tudo era um mar de rosas, e decide voltar pra casa, só que era tarde demais, a história é bem parecida com esse livro, então eu acho que vou adorar ler ele.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi Andressa, eu já fiquei encantada por conta da capa, conforme fui lendo a resenha, a vontade de também ler o livro foi batendo. Acho que vou gostar e muito dele.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  18. Hey Andressa!

    O mais próximo que já cheguei do gênero Steampunk foi na trilogia "As Peças Infernais", porém, nesse caso, era mais como um sub-gênero. Mas isso foi o suficiente para ver que esse tipo de obra me interessa, faz um bom tempo que estou de olho em "A Sociedade dos Meninos Gênios" que também é dessa temática.
    O trecho que você citou, dizendo "Uma terra de latão, aço, mecanismos, vapor e dirigíveis, engrenagens que se transformavam, rodas que giravam..." é basicamente um introdução ao que se encontra em um obra Steampunk. Com certeza vou adicionar o livro à minha lista de desejados.
    Além do mais, preciso dizer que me apaixonei pela capa??? Bom, eu já disse, elaé linda!
    Ótima resenha como sempre!

    ResponderExcluir
  19. Oi, Andressa.

    Já li um livro Steampunk, foi O Circo Mecânico Tresaulti. No início foi um pouco confuso, mas depois a leitura fluiu bem. Essa é a segunda resenha que leio desse livro e fiquei mais animada ainda com a leitura. Uma pena que no momento não posso comprar nada. Mas quem sabe depois não consiga saber das aventuras de Jack.

    Paradise Books BR

    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Eu acho essa capa linda, mas ainda não tive coragem de começar a ler este livro. Só vou enrolando, mas vou colocar na minha lista de leitura do próximo mês e espero gostar :)

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Acho que vou encarar um gênero diferente nunca li nada assim e fiquei curiosa pra descobrir este livro tem uma capa muito bonita e mi chama muita atenção
    *-*

    ResponderExcluir
  22. Faz tempo que quero ler esse livro, adoro steampunk e ele parece muito bom - como tudo que a Seguinte publica!
    www.blogsemserifa.com

    ResponderExcluir
  23. A única resenha de livro desse gênero que já tinha lido foi o Alma?. Sempre fiquei muito curiosa para conhecer, pois pra mim também é um gênero bem diferente.
    Gostei ainda mais da resenha desse livro do que de Alma?. Acho que vou preferir começar por ele. rs Pelo que percebi é um livro que merece ser lido com calma, pois há elementos bem diferentes que podem mesmo dificultar o entendimento da leitura.
    O mundo mágico criado pela autora parece ser surpreendente! Quero embarcar nessa história o quanto antes. :D

    ResponderExcluir
  24. Primeiramente a capa é linda demais, e a história parece ser fantástica, adorei a indicação Dressa e assim que puder quero dar uma oportunidade a história!


    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  25. Nossa!! Adorei!! Fiquei, realmente, com vontade de ler.
    Não conhecia esse gênero: Steampunk. Me pareceu muito interessante.
    Adoro livros e/ou filmes que fogem à realidade. Acho-os fascinantes. É difícil para nós, as vezes, imaginar algo tão fora do "normal".
    Me pareceu um daqueles livros que passa aquela velha mensagem: "Dê valor à sua vida". Mesmo assim, esse livro trás essa mensagem de uma forma inovadora, o que me agradou muito.
    Infelizmente, narrativas em terceira pessoa não me agradam nem um pouco.
    Ainda assim, achei muito interessante.
    Entrou para minha lista de 2015. =)

    ResponderExcluir
  26. Oi Dessa,
    Engrenagens <333 já amei, desde que li meu primeiro Steampunk me vi fascinada pelo gênero, e ainda tem os personagens que são envolventes, que 2015 me traga tempo rsrs.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  27. Primeira resenha que vejo desse livro. comprei ele no escuro uns meses atrás (por causa dessa capa maravilhosaa) e fiquei animada pra lê-lo agora hihi
    beijos,
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir