Resenha - Corações Feridos


Corações Feridos 
Autora: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Gênero: Literatura Estrangeira / Drama 
Páginas: 256
Sinopse: Skoob

Avaliação:

Olá, tudo bem com você? 

Agora sim esse é o primeiro livro lido em 2015 e era um livro que queria ler a muito tempo, desde o ano passado. 

Rebecca e Hephzibah são irmãs gêmeas porém Rebecca nasceu com uma doença chamada "Síndrome de Treacher Collins" o que faz com que a aparência dela seja bem estranha pois o rosto tem um formato muito diferente. 

Já Hephzibah nasce normal, é muito bonita, consegue enfrentar seus pais que são evangélicos muitos nervosos e que sempre batem nas duas irmãs. 

As duas meninas nunca frequentaram a escola, saíam apenas quando eram crianças com a avó porém o pai vendo que as duas meninas se divertiam com a avó, acabou cortando os laços e deixou as meninas presas em casa novamente. 

O pai é bispo da igreja, prega ser uma pessoa do bem mas dentro de casa faz muitas maldades com as meninas. 

Página 55
Eram o tipo de pessoa que bania Mickey Mouse, que jogava no lixo convites para festas, que via algo satânico em esculpir um abóbora no Halloween. Eram pais como Hephzi e eu tínhamos. Loucos que se vestiam com roupas normais, que sorriam e angariavam dinheiro para a caridade, malucos que ficavam de joelhos para rezar, mas que, tão logo estivessem seguros atrás de portas fechadas, tiravam as máscaras e deixavam o veneno irromper. 

Logo no começo do livro já sabemos que a irmã mais bonita a Hephzi morreu, o livro é narrado em primeira pessoa depois da morte de Hephzi na versão de Rebecca e também conseguimos conhecer Hephzi pois o livro alterna com o passado e é narrado pela irmã morta antes da morte obviamente. 

Pensei que esse fato fosse ser um spoiler mas já está escrito na sinopse do livro que uma das irmãs já está morta, então não se preocupem com essa notícia pois somos apresentados logo no começo da história. 

Para manter as aparências o pai das gêmeas aceita colocar a meninas na escola mas logo já começa a falar que as meninas são burras e papel de mulher é cuidar da casa e do marido, caso elas não se saiam bem na escola ele vai tira-las de lá. 

O que me irritou de certa forma foi as passagens que eram narrada pela irmã Haphzi pois ela era a mais bonita, logo fez amizades na escola e não aceitava ser vista com sua irmã, Rebecca sempre sofria dentro de casa com o tratamento do seu pai muito violento e também na escola ela sofria os maus tratos dos colegas de classe. 

Quando Haphzi chegava em casa o pai queria bater nela e ela se escondia atrás da  irmã  Rebecca e era Rebecca que sempre levava a surra no seu lugar.

O livro é um drama bem forte que fala do trauma que as meninas tinham dentro de casa, e como ninguém percebia o que acontecia. 

O livro mostra a força de vontade de Rebecca continuar a viver depois da perda de sua irmã, a conseguir se libertar dos pais malvados, a mãe das meninas era muito passiva nunca fazia nada para ajuda-las e sempre foi conivente com tudo que aconteceu a elas. 

A leitura flui rapidamente, as páginas são amareladas, a edição está simples e gostei muito da leitura, eu achei que fosse uma leitura que iria mudar minha forma de pensar mas não chegou a tanto.

Foi uma boa leitura mas não entrou para as melhores do ano, se você gosta de drama e finais felizes este livro é uma ótima pedida. 

A mensagem que fica é que todas as pessoas tem segredos e por pior que seja sua vida você precisa ir em busca da sua felicidade, ninguém nasceu para sofrer. 

Haphzi consegue contar tudo o que ouve na escola com ela e que acabou mudando sua vida, ela se relaciona com Craig e os dois começam a namorar escondido dos pais dela, porém o namorado deseja saber o motivo pelo qual ela nunca quer ser vista com ele na frente de seus pais. 

O primeiro amor narrado por eles e suas perdas também é interessante e a trama começa a se desenrolar a partir da morte de Haphzi o que causou a morte dela, quem teve culpa ? 

Segredos serão revelados e corações serão feridos mas será que depois de tudo isso ainda haverá uma esperança para Rebecca?

Beijos 

Até mais..





56 comentários :

  1. Nossa!! Que livro impactante!
    Gosto muito de drama. Por outro lado, finais felizes não me agradam muito. o_O
    Mesmo assim, você me convenceu ao dizer que os capítulos se alternam entre passado e presente. Eu amo isso!
    Enfim, com certeza, tentarei ler esse ano.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, fiquei morrendo de vontade de ler esse livro agora.
    Com certeza vou tentar ler esse livro esse ano... Parece ser uma história e tanto.

    Beijos

    http://julianamoreire.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Como gosto de drama e finais felizes esse livro é pra mim! ;D
    Antes mesmo de ler o livro também fiquei irritada com as coisas que Hephzibah fazia.
    Amei a resenha! Bjs <3

    ResponderExcluir
  4. Oii Andressa!

    Parece ser um livro emocionante, daqueles que mexem com as pessoas por causa do drama. Agora fiquei curioso. Deve ser um bom livro!!

    http://blogcorujaporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Andressa, como vai?

    Eu sou louco para ler Corações Feridos, pois o livro me chama muito a atenção. Como sempre sua resenha ficou sensacional e me chamou ainda mais atenção para o livro. E essa capa em? Beijo!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Andressa!
    Eu ainda não conhecia a história mas agora fiquei com muita vontade de lê-la. Parece ser muito boa e impactante. Adicionei na minha listinha de desejados ja! Parabéns pela resenha <3
    Beijos
    littledreeamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. O livro, por início me lembrou extraordinário. Os pais dessas meninas são cruéis e isso já me deu anseio. Ainda mais por ele pregar ser alguém bom em uma igreja. Muito exagerado em religião dá realmente nisso, já vi gente assim. Fiquei triste por a irmã dela ter morrido. Mas vi que ela tinha vergonha de Rebecca. A própria irmã era ruim também. O livro parece muito intenso com o tema abordado. Apesar de não ter sido seu favorito, eu queria conhecer. Quero torcer por Rebecca.
    Abraços Andressa,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  8. Oi Dressa, tudo bom?
    Eu sempre tive curiosidade em ler esse drama porque a premissa é bem misteriosa. Nossa, acredito que durante a leitura eu ficaria com raiva desse pai...credo! Mesmo que a leitura não tenha te impactado tanto, eu ainda pretendo ler um dia para conhecer essa história.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Já tinha visto esse livro e tenho curiosidade de ler. Drama é um dos meus gêneros favoritos, principalmente os fortes. Uma pena que o livro não tenha te conquistado totalmente, parece ser muito bom.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oii..
    Gostei do enredo da história, e me interesso pelo livro.
    Já não gostei dessa Haphzi..rs
    Adorei a resenha, o livro com certeza deve ser ótimo. Quatro xícaras é uma ótima nota.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Andressa,
    Nossa esse livro parece ser muito forte, nem consigo imaginar o que faria se fosse a Rebecca. :/
    Com certeza não deve ser fácil ter uma família dessa, sinceramente não apanhava pela minha irmã nem a pau. Prefiro aceitar outras consequência do que isso.
    Fiquei curiosa pra saber como foi a morte da Haphzi.
    Tá na minha lista de desejados.
    bj

    ResponderExcluir
  12. Este livro é bem sofrido e aborda temas complicados, eu senti muita raiva daqueles pais, como eram cruéis com as meninas e o resultado disso não foi nada bom.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  13. Sempre leio resenhas positivas, confesso que só não li esse livro ainda pois uma colega me contou quase tudo do livro RSRSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. parece ser um livro bem triste, mas acho que vou ler para ter uma opinião concreta.
    a sua resenha ficou bem feita!
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Já vi essa capa e nunca tinha parado para ler a sinopse.
    Pela sua resenha parece ser bem impactante, drama não é meu estilo favorito mas este livro chamou minha atenção.

    Bjinhos
    Jéssica Rodrigues
    Blog Coração Leitor

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bem?
    Ai menina, não estou podendo ler dramas no momento, hehe. Mas, esse livro parece ser um daqueles que tem algo a mais a passar além da história a ser contada, sabe? Adoro livros assim, mas estou sensível, hehe. A capa é fofa e o enredo também parece ser, tomara que um dia eu leia!
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Nossa que livro impactante e muito forte. Gostei do enredo da história, me interessei pelo livro. Com certeza ele vai entrar para a minha lista de livros que eu quero muito ler.
    Bjss!!

    http://stylishsgirls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Dessa!
    To morrendo de vontade de ler esse livro. Mesmo que não seja daqueles que mudem nossa visão, ele parece ser bom e antes mesmo de ler eu já estou com muita dó da Rebecca por ela ter que passar por tudo isso.

    ResponderExcluir
  20. Oie.

    Nossa minha vontade de ler este livro cresce a cada resenha que leio. Sabe tenho muita vontade mesmo de lê-lo, pois me parece incrivel

    Beijos
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  21. Ola Andressa terei que ler esse livro , e dar uns tapas em alguns personagens já sei rsss. Temas fortes são tratados nesse livro,e devem mexer com nosso emocional. E já ler a força de vontade da outra irmã já nos comove. Já está em minha lista de leitura. beijos



    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bom?
    Eu tenho o livro, mas ainda não li ele, porém irei ler ele em breve, coloquei na maratona que ire fazer com meus primos rsrsrs adorei a resenha e espero achar o livro bom também, mas não tenho muitas expectativas.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  23. Oi Dessa! Flor! Adorei a resenha, conhecia esse livro só de vista mesmo, a capa é linda e eu curto muito um bom drama! Parabéns pela resenha!! Beijos

    ResponderExcluir
  24. Confesso que não sou muito fã de dramas, mesmo sabendo que tem um final feliz. Mas digo uma coisa, não conheço a fundo esses pais das meninas, mas já os odeio com todas as forças. Um se faz de homem de Deus perante a sociedade, mas não passa de um capeta dentro de casa, e a mãe se torana a "secretária" do capeta. Enfim, personagens odiosos.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  25. Tenho vontade de ler esse livro, quando? não sei!
    De primeiro não tinha me interessado pelo livro, mas as resenhas vem me ganhando, a sua me alertou de ir com menos sede ao pote
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi, Andressa.

    Gosto muito de dramas e pela sua nota ao livro ele deve ser bom. Achei legal a narrativa ser no presente e no passado enquanto uma das irmãs ainda está viva. Depois que você me disse que temos um final feliz fiquei mais empolgada.Quem sabe mais para a frente não faço essa leitura.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio Fim de ano

    ResponderExcluir
  27. Oi, flor!
    Eu adoro ler resenhas assim, tão sensíveis quanto o livro parece ser. Acho que dramas desse tipo não podem ser apreciados por qualquer pessoa. É preciso alta dose de empatia para entender os sentimentos dos personagens e expressá-los em uma resenha. E você foi capaz disso, com certeza. Quero muito conhecer esse livro também, flor!

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo certo?
    Comecei a ler e não consegui parar até chegar ao ponto final. Para mim, apesar do final ter sido realmente meio corrido, eu dou cinco estrelas.
    ótima resenha.

    ResponderExcluir
  29. Lembro que quando li este livro, fiquei com o coração apertado. cada página virada eu pensava que este horror poderia está acontecendo em qualquer casa. Muito bom este livro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Gente que livro é esse!
    Só de ler a sua resenha eu fiquei com raiva do pai e da irmã Haphzi.
    Coitada da Rebecca. Espero que o pai dela seja punido e que Rebecca tenha um vida melhor. Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Muito interessante, nunca tinha ouvido falar sobre esse livro! Parece ser bem diferente por lidar com violência domestica e morte misteriosa... Com certeza fará parte do meu plano de leitura para 2015!! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  32. Hey, Andressa!
    Não gostei muito do livro em si, mesmo tendo um pouco de suspense. Não sei o porquê de eu não ter gostado...

    Abs

    ResponderExcluir
  33. Oi flor, diferente de você eu amei o livro e o coloquei no meu top dez do ano passado :3 .

    Achei que a autora construiu muito bem a história, e o emaranhado da história, e seu drama me pegou de jeito,gosto muito de livros assim.

    Sua resenha ficou ótima, se expressou bem.

    bjs

    ResponderExcluir
  34. Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas me chamou bastante a atenção. Só de ler a sua resenha já fica uma coisa ruim no peito a respeito dos pais delas. Acho um tremendo absurdo pessoas que sofrem abusos dentro de suas próprias casas e que não tem voz para denunciarem. Aparentemente é um livro bastante forte, que provavelmente me dará ressaca literária se eu ler.

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Nossa Andressa, que tema e que resenha mais impactante. Meus parabéns.
    Não conhecia a obra, já tinha visto esta capa, mas desde então nunca havia me chamado atenção. Mas depois da sua resenha e saber sobre o que se tratava, estou morrendo de vontade de ler. Com certeza teve ser um livro para refletir e se revoltar com alguns personagens haha.
    Mas gostei bastante mesmo, espero ter a oportunidade de ler o mais rápido possível.
    Beijos e sucesso querida.
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  36. Oi Andressa, tudo bem?

    Eu li Corações Feridos no final do ano passado para uma maratona literário. Tinha um bom tempo que eu queria ler, mas enrolava. Pra mim esse livro foi um ótima leitura, também não entrou para o time dos favoritos, mas entrou na lista dos livros que me fizeram refletir sobre a vida. Rebecca passou por tanta coisa e em certos momentos pensei que ela não tivesse uma saída e que viveria assim até morrer, mas é triste e bonito ver o que acontece neste livro. Chorei demais, mas eu sou uma chorona rs.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Oi amiga.... que profundo isso ein.... fiquei chocada....e consternada pelas meninas... a sua frase foi bem forte e me deu aquele baque... "ninguém nasce para sofrer" não mesmo!!!! Eu detesto violência doméstica... onde o homem por ser homem se acha no direito de maltratar as filhas e esposa... por se dizerem mais frágeis... as mulheres precisam se impor mais.... não sei se leio esse livro... por mais que você tenha dito que não foi o melhor do ano para você... ele parece ser um pouco devastador... não gosto nem de imaginar os maus tratos... tenho uma filha... e jamais judiaria dela... dessa forma... adorei amiga a resenha... bem escrita e com os detalhes necessários... Xero!!

    ResponderExcluir
  38. Eu já tinha curiosidade sobre essa obra, agora fiquei mais ainda, incluindo na lista já! hahaha
    Adorei a resenha flor bjokas!

    ResponderExcluir
  39. Por ser um drama forte, já me deixou interessada, ainda não li, mesmo ele estando na minha estante esperando. É a segunda pessoa que vejo que gostou do livro e isso me anima, pois mesmo tendo vontade de ler, ainda fico com receio sabe, mas saber que Corações Ferido é um bom livro me deixou contente!

    Beijo.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  40. Oi Dressa, esse livro parece ser bem profundo, já sei que odiaria o pai das meninas, dou revoltada com coisas desse tipo, alguém que usa a força para mostrar que é ele quem manda, fico indignada.
    O livro tem uma premissa bem interessante, um drama na dose certa. Eu já conhecia o livro, mas nunca tive vontade de ler, até agora.

    Bjks

    Patty Santos
    Blog Coração de Tinta

    ResponderExcluir
  41. Oi Dre, tudo bem?

    Você sabe que eu adoro um livro drama, né? Só o titulo do livro já me diz que deve ser um super drama. Gostei da sua resenha e fiquei curiosa para a leitura. Não é minha prioridade agora, mas com certeza é um livro que eu leria

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  42. Olá!!
    Esse não é o tipo de livro que eu gosto de ler... Eu tento evitar dramas, mas sempre acabo lendo um rsrs... Mas essa história de maus tratos e traumas... Não sei não rsrs
    Abraços!!
    http://enjoythelittllethingss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  43. oi Andressa,
    Corações Feridos é um drama, mas a sua história poderia ser a de qualquer um, pois todos nós temos alguma dificuldade na vida. o fato em si é como nós reagimos a cada situação que nos é apresentada. e as personagens do livro fazem isso: reagem, o que é muito importante. Ótima resenha. e o livro parece ser muito bom.
    bjs

    Antonio Henrique Fernandes
    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  44. Oi Dessa,
    Não imaginei que fosse tão triste/cruel, não curti muito =(
    Como não é meu gênero favorito, não pretendo lê-lo, principalmente pela covardia cometida com as meninas, em especial, com a Rebecca.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  45. Olá tudo bem ?
    Bom, vou confessar que o livro não me chamou muita atenção, não gostei muito da premissa e esse não é um livro que eu daria uma chance no momento. O gênero não é o meu preferido e estou atolado de coisas para ler.
    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  46. Eu sempre desejei esse livro, mas admito que era por causa da capa, acho que a combinação de cores me atraiu bastante hehehe.
    Eu não imaginava que ele teria uma história tão triste, mas isso para mim é algo positivo, gosto de livros assim, mesmo se ele tiver um final bobo feliz, ainda assim valeria a pena :D

    bjs

    ResponderExcluir
  47. Dressa flor, como você está?!
    Mulher desculpa o sumiço mas estou numa correria danada e o Diego me pressionando para ajudar no blog, to sofrendo. Mulher quando vi a capa e a sinopse do livro me encantei, ainda não tinha lido resenha dele a sua foi a primeira, me parece o tipo que livro que eu adoro. Já está na meta de leitura desse ano, vamos ver se consigo hehehe.

    Beijocas da Deebs!

    ResponderExcluir
  48. Terminou e começou o ano bem, né? Que bom. Eu adorei esse livro. De verdade. Gostei da fluidez, gostei dos personagens e da narrativa.
    É uma leitura difícil mesmo, sua irritação naquela narração é comum :P
    hehe

    Beijos,

    Amy - Macchiato



    ResponderExcluir
  49. Oi Dessa!!!
    Não conhecia esse livro, mas me deu vontade ler não só pela capa (me julgue hahah), mas também por causa da síndrome que a personagem tem, já que nunca ouvi falar.
    Geralmente costumo gostar desse tipo de livro bem fácil, com dificuldades com a família e traumas de doenças e tals...
    Mais um livro na lista ;)
    Beijo.

    ResponderExcluir
  50. Olá Andressa, tudo bem?

    Já havia visto o livro dentre os lançamentos da época em que ele saiu pela NC, mas infelizmente, como tantas outras que a editora publica, não faz meu estilo de leitura. Sinto muita falta da literatura fantástica :/

    ResponderExcluir
  51. Nossa que livro complexo, não por ser difícil, mas por tratar de temas autoritarismo dos pais, submissão, bullying, enganação.. nem tudo é o que parece. Gostei do livro, parece ser daqueles que te prende do início ao fim.
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  52. Esse livro parece ser bem forte,daqueles que choca mesmo,por conta de tanto sofrimento dos personagens,imagino que seja marcante tambem por causa diss,mas eu me revolto em ler essas covardias,um pai que deveria se empenhar em deixar as filhas bem e felizes fazendo exatamente o contrário,não,muito pesado para mim.

    Mas gostei muito da resenha.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  53. Oie, tudo bem?
    Eu adorei a resenha. Não conhecia o livro e achei fantástico o enredo dele. Acho que o final feliz é algo clichê, porém nessa história é algo bom. A leituras parece ser bem envolvente e me deu muito curiosidade em lê-lo.

    ResponderExcluir
  54. Oi!
    Gostei muito da resenha esse e um daqueles livro que sempre fazem a gente refletir quando acaba achei ele bem dramático e quando esta lendo e soube o que aconteceu com a irmã fiquei muito curiosa pra saber como a outra irmã ira lidar com sua família agora!!

    ResponderExcluir
  55. Já havia pesquisado sobre a Síndrome de Treacher Collins, mas nunca tinha visto um livro com um personagem que a tivesse.
    Me pareceu um livro interessante, mas eu também esperaria que mudasse algo na minha vida e, como isso não ocorre, eu provavelmente iria me decepcionar, logo, por enquanto, prefiro não ler.
    A mensagem é a melhor parte... Conhecemos aqueles que estão ao nosso redor?

    ResponderExcluir
  56. Olá! Sou apaixonada por este livro, foi uma das melhores histórias que li em 2014! Achei a temática super diferente, pois eu nunca tinha lido nada sobre fanatismo religioso, não conhecia a síndrome de Rebecca, e nunca havia lido um livro com desfecho tão impactante; Fiquei indignada com o que aconteceu com Hephz, bem como com as coisas que eles faziam para as duas... É triste saber que isso realmente acontece em muitas famílias que parecem normais...

    http://resenhanasnuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir