Resenha - Amy & Matthew


Amy & Matthew
Autora: Cammie McGovern
Editora: Galera Record
Gênero: Literatura Estrangeira / Drama
Páginas: 336
Sinopse: Skoob

Avaliação:

Olá, tudo bem com você? 

Em um primeiro momento Amy & Matthew pode parecer aqueles livros tristes que vão fazer a gente chorar rios de lágrimas e torcer para que o casal fique junto, e realmente no começo com a narrativa em terceira pessoa, capítulos curtos eu amei o começo do livro e achei que de fato isso tudo fosse acontecer comigo.

Amy é uma adolescente de 17 anos, está no último ano escolar e sofre de uma doença chamada “Hemiplegia” o que faz com que um lado de seu corpo seja mais afetado do que o outro e não tenha nenhum movimento, ela não fala, não anda e consegue se comunicar  apenas usando um computador portátil chamado Pathway que reproduz em voz o que ela digita. 

Amy sempre teve pessoas adultas acompanhando ela na escola pois sempre precisou de ajuda, até que em uma aula ela faz uma redação sobre sua condição e desperta o interesse de vários outros alunos da escola.


Página 22/23
Quando as pessoas me veem pela primeira vez, podem não acreditar, mas na maioria dos dias eu não me sinto particularmente incapacitada. Nos aspectos que mais importam, acredito que eu seja mais abençoada do que sobrecarregada pelo infortúnio. Meus olhos são bons, assim como meus ouvidos. Fui criada por pais que me amam como eu sou, o que significa que, embora eu não consiga andar ou falar bem, sou razoavelmente bem adaptada.
Sei que para uma adolescente em nosso país, isso significa muito. Não quero ser mais magra do que sou, nem mais alta. Não olho para partes do meu corpo e desejo que fossem maiores ou menores. Na verdade – e isso vai surpreender muita gente -, eu não queria ser “normal”. Eu não anseio por pernas funcionais ou uma língua cooperativa. Seria bom não babar nem amassar as melhores páginas dos meus livros favoritos, mas tenho idade suficiente para saber que um pouco de baba não vai arruinar a vida de ninguém. Não sei como é ser bonita mas posso imaginar que exija grandes parcelas do seu tempo.

Depois dessa redação que vários alunos parabenizam a atitude de Amy devido ao olhar positivo que ela leva de sua vida diferente, ela acaba conhecendo um menino chamado Matthew que incomodado com sua redação diz que ela não deve ser feliz e agradecida como ela escreveu pois não tem amigos pelo que ele saiba, pois ela sempre anda com adultos fazendo sua escolta.

E não ter amigos é justamente o ponto fraco de Amy que deseja muito mudar essa situação agora no último ano escolar, então ela propõe para sua mãe fazer uma seleção para os próprios alunos da escola serem seu monitor e ajudar ela a andar pelos corredores em sua cadeira e dar comida no intervalo.Amy manda um e-mail para Matthew pedindo para ele se candidatar na vaga.


Página 34
Quero que você se candidate porque preciso de alguém que fale sinceramente comigo sobre tudo. Você é a única pessoa que já fez isso. Talvez tenha essa noção, mas, quando se tem uma deficiência, quase ninguém fala a verdade para você. As pessoas ficam constrangidas porque a verdade parece triste demais, eu acho.Você foi muito corajoso em ir até a garota aleijada e dizer basicamente: apague esta expressão feliz do rosto e enxergue a realidade. É isso que quero que você faça ano que vem. Que me diga a verdade. Só isso.

Porém Matthew também tem seus defeitos e manias, ao contrário de Amy que chega a ser visível o de Matthew é interno, é psicológico, e vamos descobrindo apenas no decorrer da leitura.

Página 59
-A verdade é que tenho problemas como você, só que os meus não são visíveis –

O problema que Matthew tem é aquela famosa doença chamada  “TOC” lava as mãos constantemente, confere fechaduras, e tem nojo e medo de um monte de coisa e aos poucos ele vai revelando esses medos para Amy que é uma garota muito inteligente e muito curiosa. 

Além de Matthew, Amy também faz amizade com um garoto latino chamado Sanjay e uma menina chamada Sarah os dois também são bem diferentes da realidade de Amy mas acabam construindo uma amizade mais superficial.

Ela se sente mais a vontade com Matthew e tenta ajuda-lo ao máximo , e então depois disso achei que a história perdeu um pouco a mensagem que poderia ter passado.

Eles são adolescentes e mesmo com a deficiência de Amy nada impede ela de fazer perguntas sobre sexo e coisas do tipo.

Matthew  é aquele amigo tímido que sempre está disposto a perdoar as mancadas que Amy comete e sempre vai ajudar ela nos momentos em que precisa.

É um livro bom mas que deixou a desejar pois não consegui entender os desencontros que eles tiveram e as burradas que cometeram, o final não me agradou e não foi um livro que me emocionou.

A edição do livro está simples, páginas amareladas, letras em bom tamanho e não encontrei erros de revisão, os capítulos alternam entre a histórias e também a troca de e-mails e redação escolar.

A única mensagem legal que o livro passa e poderia ser melhor desenvolvida é que você sempre  deve falar o quanto gosta de uma pessoa, o fato de você não falar o que sente a pessoa que você ama pode mudar a vida de ambas as partes e com erros irreversíveis.

Beijos

Até mais...



34 comentários :

  1. Esse livro não é nada do que eu pensei, já vi várias resenhas que dizem o mesmo que você, o livro é bom, mas...... Falta algo. Acho que pelo fato dos personagens principais terem deficiências sempre vamos esperar algo triste, mas algo bom, que nos faça ver o mundo como eles veem, enfim... O melhor é mesmo não espera demais do livro, pra não se decepcionar. Beijos! :D

    ResponderExcluir
  2. Estou louca para ler esse livro e com as expectativas lá em cima. Vou ver se dou uma baixada na ansiedade pra não me decepcionar muito então.
    O livro me parece ser bem fofo, e a história tem tudo pra me ganhar. Espero não me decepcionar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Andressa! Quero muito ler esse livro, mas ainda não tenho tantas expectativas, pois não li tantas resenhas, então acho que não vou me decepcionar tanto. Geralmente, tenho esse problema com livros dos quais os outros falam muito bem e que acho que vou gostar, hahaha Livros que os outros gostam, tipo, que acham lindos por ter uma história triste ou por exemplo, livros de suspense. Ainda assim, acho que vou ler Amy e Matthew, pois a história me interessa. Beijos!

    litteraturamundi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Confesso que pela sua resenha não sei bem o que esperar em relação a este livro. O que me fez pensar foi que: a história tinha tudo pra ser mas não foi. Acho que essa questão dela ter uma deficiência e não ser realmente um problema é o ponto crucial da trama, acho que se a autora tivesse explorado isso melhor o livro teria passado essa emoção que aparentemente faltou...bem na verdade nem sei se essa falta ocorre no decorrer do livro, afinal, ainda não o li. Mais enfim, acho que apesar dos pesares pode ser uma boa leitura.

    Beijos!

    Vento Literário

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, algumas coisas na sua resenha me fizeram ter curiosidade de ler, o fato dela ter feito algo com a condição de deficiência dela achei muito interessante. Beijinhos

    http://www.angelimcosmeticos.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Dessa!!!
    Confesso que tô morrendo de vontade de ler esse livro, mesmo que falte algo como foi dito.
    A primeira coisa que me vem a cabeça vendo essa capa é Eleanor & Park haha
    Mas acho que pelo menos foi iteressante inovar na caracteristica dos personagens.
    O livro realmente poderia passar mais mensagens, por ter uma trama tão tensa :/
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Tenho vontade de ler esse livro e não é de hoje, e agora lendo a resenha mais completa, tenho mais vontade de ler.

    http://faalamesmo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Andressa!
    Confesso que eu estava com muita vontade de ler esse livro, mas assim que comecei a ver as resenhas a minha vontade foi diminuindo gradativamente. Acredito que após o sucesso de ACEDE as editoras estão investindo pesado em sick-lit, só que eles não veem que não adiante o livro ter todos os elementos para uma boa história se a mesma não for bem trabalhada. Acho que esse é o casa de Amy e Matthew, o mote é bom mas falta aquele algo a mais que completa a história com chave de ouro.

    Beijos!
    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu estou doida para ler esse livro, mas essa resenha abaixou um pouco minhas expectativas. Não gosto quando começo a gostar de um livro e o final me decepcionar, como aconteceu com você, então fiquei um pouco com o pé atrás com a leitura desse livro. A história de Amy e Matthew tinha tudo pra ser linda e se tornar uma bela amizade. Espero ler esse livro e pensar diferente de você, quero muito que a história me conquiste.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu estava com muita vontade de ler.. muita vontade mesmo.. mas ai eu comecei a ler as resenhas.. e digamos que eu meio que voltei a realidade.. o livro parece ser bom, mas pelo que dizem não é nada fora do comum.. e menina que final é esse que em todo lugar que eu leio o povo diz que é ruim, que não gostou..

    ResponderExcluir
  11. Dressa, sua resenha não a primeira que li que não da nota máxima, o livro parece ter alguns probleminhas principalmente quanto a conclusão da história. No momento eu não leria, pois na frente tenho outro livro "mais ou menos" do gênero, e acho que sera um pouco mais proveitosa, como o Extraordinário.

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  12. OI Dressa...
    Confesso que o livro nunca me chamou tanta atenção, mas até fico curiosa para ler, pois gosto de drama.
    Legal a mensagem que o livro passa. Um dia eu ainda leio.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não havia parado para ler sobre a sinopse, pois a capa me lembrou outro livro parecido, achei que o conteúdo também fosse parecido.
    O livro parece que poderia ser incrível, pena que perdeu o foco na metade do caminho, pois era algo que eu leria se as resenhas fossem positivas.
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi,Andressa.

    Essa é a segunda resenha de Amy e Matthew que a pessoa "reclama" de algumas coisas que aconteceram na história e dão uma nota baixa. As outras resenhas que li eram todas apenas elogios. Acho muito válido os pontos apontados e vamos ser sempre sinceros com nossos sentimentos e falar para os outros o que sentimos. Quero muito ler o livro.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Participe: Sorteio

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Não tinha lido nada a respeito do livro antes. Achei legal a parte dos dois protagonistas terem problemas e se ajudarem. No entanto, não me interessei tanto em ler o livro. A capa me lembra muito a capa do livro Eleanor e Park (livro que estou lendo atualmente), os dois tem a mesma tonalidade de rosa.

    ResponderExcluir
  16. Oi Andressa, tudo bem?
    Eu assim como muitas pessoas criei muitas expectativas sobre esse livro e infelizmente ele não foi tão bom quanto eu pensei que era.
    A Amy fez uma série de burradas no livro que eu simplesmente não consigo perdoar sabe!
    O livro estava indo super bem e isso meio que desandou toda a história, que tinha tudo para ser realmente muito boa...

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  17. Segunda resenha que leio e que também não é muito favorável ao livro...Coincidentemente a outra pessoa estava com altas expectativas com a história e do mesmo jeito que você, acabou por se decepcionar. Vejo que não é um livro ruim, mas talvez fraco. Percebo que merecia uma maior atenção por parte da autora...

    Beijo, Vanessa
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Eu nunca iria imaginar que esse é o enredo da história. Achei que era mais um romance fofo, onde os dois são super diferentes e tals. A história parece ser linda e tocante, uma pena que você não gostou. Beijos
    Gabi, www.reinodaloucura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Já li várias resenhas sobre esse livro e ninguém gostou do desenrolar da história então perdi totalmente o interesse nele pois tenho certeza que também não vou gostar.

    BJOS

    http://luadeneonblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi! ^^
    Tudo bem?
    Já tinha lido uma outra resenha desse livro e a reclamação era parecida com a sua, que ele se perde um pouco. Uma pena. Um tema tão sério, tratado de uma forma leve, mas que não "chegou lá". De qualquer forma pelo enredo e por minha curiosidade de saber como termina a história eu leria sim.

    Beijussss;
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Andressa,

    Segunda resenha q leio só hj um pouco decepcionada com o desenrolar da história, até agora n empolguei p ler este livro. Por mais que a premissa seja legal n m interessou muito, a capa é realmente liinda!!

    Bjos!

    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  22. Oi, :)

    Nossa, como estou curiosa para ler esse livro!

    Só tenho ouvido ótimas coisas a respeito dele, e fico cada vez mais tentada a ler. Espero te-lo em breve ^^

    Beijos! ;*

    ResponderExcluir
  23. Estou desejando esse livro desde o lançamento principalmente por causa dessa capa linda <3
    Não sabia que o principal tinha TOC. Por algum motivo achei que era outra doença. Confesso que agora estou com um pé atrás já que você comentou que não gostou tanto do final. Acho que não irei criar tantas expectativas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Gostei da historia mesmo se perdendo depois, a mensagem que o livro tenta passar é linda.

    A curiosidade que tinha pra ler não é a mesma, mas ainda sim parece ser um livro gostoso pra ler.

    ResponderExcluir
  25. Tenho muita vontade de ler Eleanor & Park. Está na minha lista de aquisições. desde seu lançamento.
    Amy & Matthew já parte para um segmento que não sou muito fã, mas também leria de boa

    ResponderExcluir
  26. Desde que eu vi a capa desse livro, fiquei com vontade de lê-lo, acho que pela semelhança com Eleanor & Park haha
    Essa foi a primeira resenha que eu li dele e fiquei triste pelo livro não ter sido tão bem desenvolvido :/

    Beijos
    Colecionando Primaveras
    Fanpage

    ResponderExcluir
  27. Oiee.

    Nossa tantas resenha diferentes a respeito deste livro. Uns amam e outros nem tanto. Espero ler e tirar minha próprias conclusões.
    Acho que será um livro intenso, mas depois de sua resenha esperarei menos

    Beijos
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  28. Que pena que você não gostou tanto assim do livro. Eu ainda não li o livro, mas tenho esperança de gostar.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Realmente, Andressa! O livro tem tudo para emocionar e agradar o público, mas é uma pena que ele não te tocou como deveria. às vezes os autores acabam perdendo o foco no meio da trama, e depois fica difícil voltar aos eixos.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  30. Oi Andressa!
    Achei que Matthew foi tão idiota... Mas Amy ainda quer que ele continue assim, pelo simples fato de ter falado a verdade. Pelo menos os medos e defeitos dele aos poucos também vão se tornando visíveis. E eles vão virando amigos. Fiquei decepcionada ao saber que o livro não te agradou. Sério, eu estava gostando, parece realmente que vamos chorar, se emocionar, mas aí... Pff, uma pena :/. Essa capa é muito parecida com "Eleanor & Park", você não acha?!
    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Oi Andressa!

    Olha sinceramente, não curti a pegada do livro. Tem um elementos legais e tal, mas fiquei com bastante receio de ler, os pontos fracos me deixeiram desanimada, talvez não seja o meu tipo de leitura, não costumo ler livros desse gênero.

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  32. Que pena que você não gostou tanto do livro! Ele tem uma ideia bem legal - nunca imaginaria que era sobre uma garota que tem essa doença e que procura ter novos amigos desse modo não usual.
    Realmente, às vezes eu também fico irritada quando não entendo o motivo pelo qual os personagens fizeram uma coisa ou outra - e se eles fazem diversas burradas sem sentido, sem dúvidas eu ficaria incomodada.
    Sem dúvidas vou pensar duas vezes antes de ler.
    Beijos,
    Deia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  33. Oi Dressa, tudo bom?
    Eu também achei que esse livro fosse mais emocionante, mas pela sua resenha ele não cativa tanto assim. Acho que a narrativa tinha uma boa proposta, mas não consegue atingir todo o seu potencial. Apesar dos defeitos, espero ler em breve.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Oi flor, tudo bem??
    Bom eu tinha certeza de que você não iria se prender tanto a essa narrativa.. de verdade depois que comecei ler as resenhas desse livro minha vontade foi ficando cada vez mais fria... e hoje eu não tenho mais vontade de ler... não sei acho que pelo o contexto a história não iria me prender e eu não quero abandonar livros... então... Xero!!!

    ResponderExcluir