Resenha - Tudo Que um Geek Deve Saber


Tudo Que um Geek Deve Saber
Autor: Ethan Gilsdorf
Editora: Novo Conceito
Gênero: Literatura Estrangeira / Comportamento
Páginas: 432
Sinopse: Skoob

Avaliação:
Eu sou nerd e não é à toa que faço parte dos 10 milhões de jogadores ativos do MMORPG World of Warcraft há 8 anos. Além disso, sempre me identifiquei com o mundo geek e sempre que possível estou por dentro de todas as novidades, são tardes assistindo filmes, madrugadas me perdendo em jogos online e jogos de tabuleiros e muitas tentativas falhas para conseguir jogar em consoles, sem contar a internet. A verdade é que desde criança já vivia na cola do meu irmão, acompanhando ele em tudo que fazia. 

Por estes, e tantos outros hábitos que compartilho com o autor Ethan Gilsdorf muitas ideias que fizeram com que me identificasse e muito com a leitura de sua obra. Confesso que imaginei outra coisa assim que vi o livro, logo nas primeiras páginas vi que se tratava mais de uma biografia em meio de uma grande aventura narrada e talvez eu tenha custado um pouco para entrar no clima.

Tudo Que um Geek Deve Saber mostra Ethan executando sua grande aventura, motivado por suas experiências pessoais, ele agrega tudo que ele sempre gostou ao entendimento profundo deste mundo em uma espécie de diário de viagem. Ao longo dela, encontraremos muita análise desse mundo misturado as memórias do autor. Não pensem que por eu me considerar uma geek poderia escrever um livro assim, não. Ethan pesquisou e buscou conhecimento para tal, literalmente participou a fundo de diversos universos, as vezes, tão mal compreendidos pela sociedade.



O autor se jogou sem medo em uma aventura épica, e aos poucos, entrevistando outros nerds e colhendo mais conhecimento ele pode entender, o que leva estas pessoas a terem esta paixão sobre games, livros e filmes e o que levam eles a se refugiarem cada dia a um mundo diferente. Eu, por experiência própria, acredito que todos procuram uma fuga de vez em quando, viver 100% na vida real é sufocante demais e isso acontece da mesma forma para nós, também apaixonados por livros, não é mesmo?!

A proposta do autor é simples, o escape, uma forma de se desligar do mundo real. Estes geeks/nerds assim como qualquer ser humano pode procurar conforto no desligamento a fim se fortalecer de uma perda, como no caso do autor. Outra mensagem bacana é que ele não se limita a idade ou a outros estereótipos, a paixão é a mesma. É nisto que o livro e o autor "quarentão" agem com maestria, ele consegue passar não só para o público geek mas também para todos que se interessarem que ser ou não um geek não está relacionado a hábitos infantis como a sociedade prega, mas sim que o "imaginar" está muito além de sonhos de criança, está dentro de cada adulto.

Eu sofri e sofro muito preconceito, não só da minha família, mas também de amigas bem próximas. "Por que passar grande parte do teu final de semana na frente de um PC?" "Você não está muito velha pra isso não?!" Para elas parece inadmissível... mas este é meu vício e também o meu conforto. Assim como meu outro vício, e acredito que seja o de vários leitores que possam estar lendo esta resenha, os livros! Mas nosso vício não faz mal a ninguém certo? Nem a nós faz! Então nem deveria ser chamado de vício e sim de algo muito melhor.

É claro que é necessário também ter maturidade, saber separar bem a vida real da vida imaginária/virtual é mais do essencial, aí que deve entrar a parte saudável da coisa toda. Devemos dosar nosso tempo dedicado a isso, e quando feito da maneira correta podemos entender o verdadeiro significado de querer tornar-se pelo menos por algumas horas alguém diferente de quem somos. Quando a imaginação se torna divertimento e não uma obrigação/necessidade.



A diagramação do livro é linda, cada capitulo é separado com ilustrações. Pirei nas partes em que o autor fala de Warcraft, meu jogo tão querido (sim, sou fã mesmo). É tão bom ver o jogo que você tanta adora sendo compartilhado desta maneira. O livro conta com fotos pessoais do autor e de alguns imagens de games. Ao final do livro também contamos com as permissões que o autor precisou para finalizar o livro, isso só prova que foi um trabalho muito bem feito e cuidadoso, um presente para os fãs geeks. Para os não tão entendedores assim, não se desesperem, no final do livro também temos um glossário com todas as abreviações e termos utilizados durante a leitura.

Recomendo a todos que gostariam de entender um pouco mais sobre o mundo geek. Com certeza este é um livro que contém Tudo Que um Geek Deve Saber. Para aqueles que curtem o mundo de fantasia criado por Tolkien e o universo de Dungeons & Dragons, Ethan narra sua ida a lugares que todo bom nerd gostaria de ir, como castelos, fortalezas e é claro, a visita a Terra Média - Nova Zelândia. Qual geek não tem o sonho de conhecer o Bolsão? Eu tenho! E anotem aí, um dia eu vou! Tocar no mesmo chão que foi gravado as cenas de Senhor dos Anéis, será o mesmo que zerar a vida.
Concluindo, apesar de ter começado de forma amarrada aos poucos fui envolvida com o livro e me vi o devorando, agora, ele é um queridinho da minha estante. Acima de tudo, Tudo Que um Geek Deve Saber, mostra que através de uma válvula de escape podemos sim, nos afastar por um tempo de uma realidade triste e depreciativa. Fala sobre aceitar sobre o que você gosta e prefere sem se envergonhar disso. Entenda suas preferências, aceite seu mundo e seja feliz, está é a regra número um. Um livro para nerds, cdf's, aos que não se encaixam e é claro, geeks.


27 comentários :

  1. OOoi Joi!!

    Eu não sou nenhum pouco nerd, adoraria ser, admiro vocês, de verdade!
    Já li algumas resenhas sobre esse livro e a sua foi a mais positiva, creio que foi por se identificar mais com a obra.
    Acho que essa leitura não fluiria comigo por que não conheço muito esse universo, mas acho que meu namorado adoraria <3


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Joi!!!
    QUE LIVRO PERFEITO!!!
    Quero muito ler, pois sou Geek e Nerd assumido haha
    Também adoro Warcraft, Tibia, The Lord os The Rings e outras coisas haha
    A edição tá perfeita hein...
    Já vou por nos desejados, porque gosto de tudo que tem no livro haha
    Até me faz lembrar da infância haha
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante, é um livro diferente.
    É bom ver as coisa de pontos de vista diferentes, nesse parece ser uma
    forma de conhecer o "mundo Geek".
    Curiosa pra ler, seria totalmente diferente de tudo que já li.

    ResponderExcluir
  4. Essa é a primeira resenha que leio desse livro e posso dizer que achei muito interessante. Não sou geek mas respeito e admiro quem seja. Meus irmãos quando mais novos jogavam RPG, games virtuais e liam HQs mas com o tempo foram se dedicando a outras coisas; mas eu sempre tive uma noção desse mundo graças a eles. Mas enfim sou apaixonada pelos livros e realmente sempre encontramos pessoas que estranham nossos hábitos, mas acredito que se fazemos algo que amamos deixamos as "críticas" de lado.
    Adorei saber sua opinião sobre a leitura desse livro e parabéns pela resenha!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Joi!
    Não sei se sou tão nerd ou geek assim, mas adoro jogos de vídeo game, jogava demais quando era mais nova, só que meu pai deu meu ps2 :(
    Agora tenho um xbox 360, porém poucos jogos, mas ainda jogo de vez em quando. Deixei um pouco de jogar no pc, vicio muito rápido, e a faculdade tá pesada, então faz um tempo que não jogo no pc. Nossa, que saudades de jogar rpg.
    Enfim, tenho muita vontade de ler o livro, achava que não ia gostar pois vi uns comentários negativos, mas agora, lendo a sua resenha, fiquei com mais vontade de ler. Quero ver se me identifico ou se não estou tão inserida no mundo geek.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Muito legal, fiquei curiosa p ler pq sou uma né? rsrsrs, e meu esposo é super nerd ele deve adorar essa obra, anotada a dica, beijos

    http://www.angelimcosmeticos.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu na escola era chamada de nerd, cdf e afins, e nem me incomodava, carregava como título mesmo hahaha adorei a resenha, parece ser um ótimo livro!

    ResponderExcluir
  8. Oi Joi, tudo bom?
    Achei que o livro fosse mais como um, digamos... manual de itens geek, mas pela tua resenha não é nada a ver com isso. Mas mesmo assim, tenho medo de lê-lo e acabar não entendendo praticamente nada!
    Mas gostei da tua resenha, porque super entendi do que se trata a história.

    Beijos
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  9. Oie!

    Eu já conhecia esse livro, vi algumas resenhas dele e apesar de não ser geek nem nerd - tá, sou um pouco nerd sim -, fiquei super interessado nele! *-*

    Todos falaram tão bem, e sua resenha me deixou mais interessado ainda :3

    Abs!

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Joi, depois de Geek Girl fiquei encantada com o mundo Geek, são pessoas bem excêntricas e a leitura acaba sendo divertida, adorei a resenha desse livro, em breve quero ler.
    Bjkas
    Dani Casquet - Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  11. Olá!!!
    Gostei muito de ter lido ,Tudo Que Um Geek Deve Saber tem uma premissa muito interessante e atrativa no que diz respeito à representação desse universo para as pessoas que se identificam com ele.gostei bastante da linguagem muito acessível, divertida e empolgante o diferencial entre essa biografia e outras que já li se baseia no fato de que o autor mistura o mundo dos jogos, filmes e livros com a vida real, fazendo comparações e desafiando a si mesmo em determinadas situações.muito legal, amei ...

    inclusive, ótima resenha...^__^

    ResponderExcluir
  12. Acho legal você ser nerd/geek assumida Joi, não é todo mundo que fala assim de cara limpa, e sabe, não tem nada demais em ser assim, ter esses gostos, é uma coisa tão natural, uma coisa que você gosta. Acho interessante a ideia do livro também, não sei se leria ele por não fazer muito meu estilo de leitura, mas é interessante sim.
    Ah, só uma coisa, o tamanho da fonte da resenha ta muito pequena :(

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Joi...
    Vejo muitos blogs falando deste livro, mas confesso que não tenho vontade de ler.
    Mas nem sabia, que você era uma nerd assim..rs Acho que o livro deve ser legal para quem se identifica com tudo isso, como voce falou.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Essa é a primeira resenha do livro que eu leio e achei muito bacana. Normalmente eu não me interesso por leituras desse tipo, mas achei muito interessante e quero colocá-lo na estante, parece ser uma ótima leitura.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Joi!
    Ihhh, não sou nada geek! hahaha
    Apesar de eu não ser, acho muito legal todo esse universo!
    Não leria o livro mas para quem gosta deve ser mesmo muito bacana! :)

    Beijão
    - Tamires

    www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Poxa, que livro incrível!
    Desde pequena eu sempre fui a garotinha da família, e meus programas eram todos com meus primos mais velhos, o que me fez ir muito mais para o lado geek da vida, fato de que eu muito me orgulho rs
    Com certeza me identificaria com o livro e com a trajetória do autor, com certeza seria uma leitura prazerosa e instigante!

    ResponderExcluir
  17. Esse não é o tipo de livro que chama minha atenção, acho muito interessante esse fato de ser um tipo de biografia da vida do autor e toda essa ideia de 'escape' do mundo... porém, não é algo que eu gostaria de ler, quem sabe futuramente!

    ResponderExcluir
  18. bo o livro nao me interessou, já que eu nao sou geek, mas vou procurar mais a saber do livro e talvez eu mude de ideia

    ResponderExcluir
  19. Não é o tipo de leitura que me interessa, mas ele realmente parece ser bacana. Com certeza quem curte esse tipo de leitura vai adorar o livro. Esse eu passo.
    beijos.

    ResponderExcluir
  20. Gosto de games, mas não acho que o tema seja legal num livro.
    A diagramação tá linda, mas não me chamou a atenção.

    ResponderExcluir
  21. Oi Joi, tudo bem?
    A temática Geek anda em alta mesmo. Eu estou lendo Geek Love (você já leu?) e fico meio perdida em alguns termos, tipo esse MMORPG, que você mencionou logo no início (só sei que tem a ver com RPG, rs).Por isso acho que Tudo que um geek deve saber não é pra mim, me sentiria perdida com alguns termos. Mas, seu meio nerd também, segundo algumas definições, sou uma nerd dos livros, kkkk, e enfrento alguns preconceitos. Aqueles típicos amigos que perguntam "mas como você consegue ler tantos livro? não tem vida social? etc", você deve passar por isso também, e é irritante. Cada pessoa tem direito a ter o passatempo que quiser, que lhe faz bem, o importante é, como você disse, saber separar a vida real da fictícia, e não anular sua vida em função dessas diversões, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. O livro parece ser bem interessante e também tem uma bela diagramação.. mas não faz muito meu estilo.. eu acho que até já tentei ser geek, mas não é pra mim.. tipo na parte de jogos mesmo eu acho interessante, gosto, mas não tenho coordenação nenhumam.... rsrrsr

    ResponderExcluir
  23. Oi Joi!!
    Este livro é bem legal, a premissa dele é incrível!!
    Aqui em casa eu ns ofro preconceito não, mas fds geralmente eu nem vejo pc hahahah, separo bem mesmo o social e o imaginário!!
    Adorei a resenha!
    Bjos!!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  24. Ai meu Deus, que máximo! Joi, eu vou dar esse livro pro meu priminho, ele vai amar! <3
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Joi, tudo bem?

    O livro não me chama a atenção porque não me considero geek o suficiente para entender o conteúdo, sabe? huahuahuahua Mas acho que o meu namorado ia adorar =P Principalmente se tiver referencias de Star Wars e Senhor dos Anéis

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  26. Oi Joi, tudo bom?
    Bom, sou meio nerd e não me considero tão geek. Eu fiquei curiosa para ler o livro, mas como a Kel disse aqui em cima, acho que não sou geek o suficiente. Acho que é uma boa opção de presente para amigos.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oi Joi, tudo bem??
    Bom eu não sou nerd, mas curto muitos nerds rsrsrs... eu sou viciada em livros... demais... em todos os assuntos que estou envolvida meus livros estão no meio... tem algumas pessoas que se sentem motivadas com a minha empolgação e outras me olham de cara feia, porque dizem que eu perco tempo... mas quer saber nem ligo... sim para todo lugar que eu vou estou com um livro na bolsa... no celular... com uma foto... porque eu amo demais ler... adoro mergulhar no universo da leitura... agora... claro que tem livros que não chamam a minha atenção, por não ser o meu tipo de leitura... e pela sua descrição esse livro seria um deles, porque tem muita coisa ai que eu iria ficar boiando... e talvez não curtiria tanto a história como você curtiu... xero!

    ResponderExcluir