Resenha - Minha Pequena, Grande Mulher


Minha Pequena, Grande Mulher 
Autora: Simone Fraga 
Editora: Qualis 
Gênero: Literatura Brasileira / Romance Erótico 
Páginas: 334
Sinopse: Skoob
Avaliação: 

Olá, tudo bem com você ? 

Recebi este livro em parceria com a editora Qualis , e resolvi  ler sem saber do que se tratava, pela capa imaginava aqueles romances bem melosos mas fui surpreendida com uma história erótica que qualquer semelhança com "50 tons de cinza" não é mera coincidência. 

 E confesso que essa semelhança  me incomodou, outra coisa que também me incomodou é que eu demorei vários dias para terminar a leitura,  ele é daqueles que você lê, lê e continua lendo mas ele não acaba, parece que as páginas não avançam.

Júlia é uma garota que já sofreu muito no passado, sua mãe e seus avós acabaram morrendo por causa da herança da família e a pessoa que matou todos eles está atrás de Júlia e isso faz com que seu tio Alfredo reforce sua segurança pessoal contratando desta vez um segurança conhecido de Júlia o senhor Lucas Tuner, Lucas tem a melhor empresa de segurança do mercado e aceita trabalhar com Júlia afinal ele sempre nutriu um sentimento mais forte por ela mas nunca teve a oportunidade de se declarar.

Júlia também sempre nutriu o mesmo sentimento de amor por Lucas, porém nunca imaginou que ele sendo cerca de 10 anos mais velho se interessaria por uma menina, e por isso o tratamento dos dois apesar de ser bem íntimo pois até dormem juntos nunca acontece nada além disso.

Mas com a convivência diária os dois não resistem a forte atração sexual que os perseguem e acabam se entregando a este amor que sempre existiu e por esse motivo eles praticamente depois do primeiro beijo já resolvem morar juntos. 

Tudo acontece muito rápido no livro, a autora soube me cativar em muitos momentos, eu gostei muito da Júlia e Lucas, porém algumas passagens se tornaram repetitivas demais e isso me irritou muito durante a leitura fazendo com que eu achasse a leitura cansativa em diversos momentos. 

Lucas tem uma filha de 4 anos e colocou o nome do seu grande amor e por isso também se chama Júlia, as duas quando se conhecem se identificam imediatamente e logo são tratadas como mãe e filhas. 

Acontece que como a Júlia sempre sofreu perseguição, maus tratos físicos e psicológicos de seu padrasto ela sempre está em perigo e no momento que ela é raptada no momento seguinte já consegue ser salva por seu amor Lucas.
Achei que a autora foi bem superficial nessa perseguição que aconteceu na trama, as falhas de segurança eram tão óbvias que eu nem fiquei tensa pois já deduzia o que poderia acontecer.

A  protagonista Júlia sempre chorava, chorava por tudo e a narrativa da autora foi tão rápida que não tinha tempo nem de se emocionar com a situação, e fora que toda vez que ela tinha uma relação sexual com o Lucas ela simplesmente desmaiava e dormia, apagava geral,  pelo amor de Deus, desmaiar? 

Isso porque ele nem tinha mostrado nada do que ele realmente gostava, porque como disse no começo da resenha é muito semelhante ao livro "50 tons de cinza" até a cena que mostrou no filme foi idêntica, e essa semelhança perdeu a emoção e o suspense da história.

Apesar dos pesares não é um livro ruim, eu gostei da escrita da autora, a edição do livro está simples, e inclusive em algumas páginas eu senti levemente aquele cheiro de papel de carta perfumado lembram? As letras achei um pouco pequenas e encontrei alguns erros de digitação mas nada assustador.

A narrativa é intercalada em primeira pessoa na versão do Lucas e da Júlia e também em terceira pessoa o que achei que confundiu um pouco, porque não era separado por capítulos a narrativa deles,era sempre no decorrer da história as vezes um parágrafo era Júlia e no parágrafo seguinte já era o Lucas narrando a mesma coisa mas na versão dele.

Os personagens secundários foram ótimos adorei Amarílis, Jony, Val, a pequena Júlia (Juju), e apesar do livro ter dois volumes ele tem um final fechado e apesar de bem previsível eu até que gostei. 

É um livro que já tem uma temática batida não foi tão original, esse é aquele tipo de livro que você lê gosta mas não consegue indicar pois fica aquela dúvida no ar se as pessoas irão gostar ou não. Então só lendo para saber.
Se você gosta de romance erótico e uma  leitura despretensiosa é uma boa pedida!
Beijos

Até mais!




25 comentários :

  1. Olá Andressa!
    Eu gosto muito de romances eróticos, mas alguns pontos neste livro me deixaram com um pé atrás. Um deles: ela desmaia? Como assim? E todas as vezes? Se fosse a primeira vez tudo bem, compreendo, mas todas? Isso é até ridículo!!
    Quem sabe um dia, quando me aparecer este livro em alguma ocasião eu não leia kkkk
    Tenha um bom dia!!

    http://cantinhogeeks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Dessa!!!
    Já não gosto muito desse gênero, ainda mais se comparado à 50 tons...
    Muito ruim quando você já tá lendo o livro a vários dias e não consegue acabar né haha
    Ainda mais com os clichês de hoje em dia, que cada vez mais um livro se parece com o outro.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Bem, esse gênero não é um dos meus favoritos.
    Não leria um livro erótico tão clichê e previsível. Achei totalmente sem noção a protagonista desmaiar quando ela tinha relações com Lucas, negócio mais esquisito.
    Não gosto quando um livro parece que não acaba nunca, a gente lê, lê, lê, e quando vê, ainda tá na metade.
    Enfim, não fiquei interessada nem curiosa em relação à leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Esse livro não me agradou muito, não é meu gênero predileto, e esse livro tem um enredo bem estranho, e pelo que você falou o livro se prolonga demais e se torna cansativo!!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Não me interessei pelo livro, pois não gosto do gênero. Pela resenha achei a história do livro superficial. A personagem principal pareceu ser insegura e chata. Quando li o nome do livro e vi a capa também achei que era apenas um livro de romance.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu não gosto de livros que puxam muito outras obras, se torna chato é como se estivesse lendo a mesma coisa. Me incomoda muito por que me dá a impressão de falta de criatividade, sendo assim esse livro não entra na minha lista de desejos de jeito nenhum.

    BJOS!
    http://luadeneonblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Eu não sou a maior fã de livros eróticos, mas gostei desse livro. Também achei que tudo acontece rápido, e me apaixonei pela Juju!
    Beijos,
    Deia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  8. Oi Andressa, tudo bem?

    Que pena que o livro não te agradou tanto assim. Só pelo começo da resenha fiquei com um pé atrás com o livro e depois de ler tudo já vi que não faz muito o meu tipo. Eu leio romances eróticos sem problema nenhum, mas não gosto muito do estilo de 50 tons e não consegui gostar da descrição da protagonista.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bom?
    Realmente, o tipo de história desse livro, além de não fazer o meu tipo, já está muito batida, é difícil achar coisas originais hoje em dia.
    É horrível aquele livro que vc não consegue avançar na leitura, mais sorte na próxima neh

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Andressa! Nossa, mas que martírio, hein? Lendo sua resenha eu já fiquei MUITO incomodada... Se eu tivesse recebido esse livro, eu provavelmente o abandonaria e escreveria um texto sobre isso. Hahahaha
    Eu odeio qualquer coisa desse tipo... Ainda não consegui achar nenhum romance erótico que me agradasse... Fico com a impressão de que são como filmes eróticos, sabe? História pobre beirando o sensacionalismo... Se é pra gastar meu tempo de leitura com um livro assim só por causa do sexo, preferiria ver um filme erótico mesmo, que dura muito menos tempo e não me impede de ler todos os outros livros que eu quero tanto.
    Ps.: só reparei no footer do seu blog agora, que fofura!!! <3
    Um beijinho,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Dressa...
    Nossa, esperava outra coisa desse livro, acho que fui como você, pela capa.
    Que pena, não queria que tivesse essas comparações.
    Além do demais, assuntos batidos tem cansado um pouco.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi! Como você disse, a história parece ser batida. Gosto muito de livros eróticos, mas eles tem que ter uma trama envolvente, uma história fora das camas do casal, infelizmente está sendo difícil encontrar livros desse jeito. Li Cinquenta Tons de Cinza, ou melhor, tentei. Tive eque abandonar, pois a leitura não me agradou, então por esse livro ser parecido, com certeza, não o lerei.

    ResponderExcluir
  13. Andressa!
    Mesmo sem a originalidade no tema e pior, 'plagiar' trechos de 50 tons, coisa nada satisfatória, gosto de romances despretenciosos, principalmente se são eróticos. Daria uma chance para leitura até mesmo para conhecer um pouco sobre conhecer a corajosa autora que ousa copiar trechos de outro livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu já não curto romances hots, e um que se parece muito com 50 tons de cinza então ai é que não me chama a atenção mesmo! Gosto de histórias originais e acho uma chatice essa coisa de todo autor falar de uma mesma coisa só porque pra um deu certo.
    E o fato de a leitura ser cansativa, só piora tudo né?

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  15. Por mais que a leitura seja clichê, estou com vontade de ler. Já vi algumas pessoas falarem bem da narrativa, então vai que eu gosto, né? Nunca se sabe. E como esse livro chamou minha atenção desde que vi, tentar não custa nada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. nao curto muito romance erotico , e tbm nao curto cinquenta tons KKKKKKKKK Por isso ja sei que n vou gostar do livro , acho que o livro nao me prende muito , e sao poucos romances eróticos que me intrigaam !

    ResponderExcluir
  17. Ei Dressa,
    Como você sabe, eu to lendo esse livro agora, e já senti um pouco desse problema da narrativa. Realmente, está rendendo pouco, to lendo há uns 4 dias, passei pouca coisa da metade.
    eu também gostei muito da Juju, é uma fofa, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, Andressa!
    Nossa, eu até achei a capa legal, e parecia bem interessante. Mas com esses inúmeros defeitinhos do livro, eu realmente não quero ler. Odeio quando a história é superficial demais, corrida demais, e o autor não consegue nos convencer, nos emocionar, sabe. Acho horrível isso! E como assim a mulher desmaia depois do sexo? hahaha Surreal! Não curti. Vou passar a dica.

    Beijinhos!
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  19. Oi Dressa, tudo bom?
    Eu ri na parte do desmaio...hahaha. Como assim gente? Bom, fiquei com receio por lembrar 50 tons e pela falta de originalidade. Eu até curto ler livros do gênero, mas a história poderia ser mais criativa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Dre, tudo bem?

    Eu gosto de livros clichês e previsíveis. Parece ser uma boa leitura para ser feita de forma despretensiosa. Não sei se leria no momento, mas quem sabe um dia?

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  21. A questão do desmaio foi bem novo para mim, só que eu sinto muito quando um autor escreve um livro baseado em uma outra obra que fez muito sucesso, eu acredito que a melhor coisa em um livro é o quesito originalidade, e isso com certeza iria me incomodar muito. Já livros que os personagens mirim roubam a cena, e a Juju neste caso parece ser a pessoa! =]
    Beijos Dre!

    ResponderExcluir
  22. Ola... tudo bem??

    Há sério Dressa?? Bom eu gostei de 50 tons, mas não gosto de livros que a narrativa seja tão semelhante... aff... a parte do desmaio eu não acreditei rsrsrs... como pode isso... e com um home desses??? Bom eu nunca tive curiosidade de ler esse livro, agora então vou deixar essa passar... xero!

    ResponderExcluir
  23. Gosto de livros despretensiosos, porém não sou adepta de livros eróticos.
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  24. Bem, o livro já não tinha me chamado tanta atenção, e depois que li alguns problemas aos quais você levantou, decidi que não é um livro que vou querer ler. Se quisesse ler algo com a pegada "50 Tons de Cinza", leria o próprio. E essa de desmaiar depois da relação sexual, tipo, oi?!?! kkkkkkk

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  25. Não sei se tal livro me agradaria, só lendo para saber.
    Li 50 Tons, e foi uma leitura bem rápida, estranhei o fato de você ter demorado um pouco mais para concluir este livro. Parece uma característica ruim, mas talvez possa ser reparada por outra qualidade do livro! haha

    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir