Resenha - A Herdeira

A Herdeira 
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Gênero: Literatura Estrangeira / Infanto Juvenil
Páginas: 392
Sinopse: Skoob
Leia o primeiro capítulo aqui

Avaliação:


*Atenção! Está resenha contém spoilers sobre os três primeiros livros da série. Confira a resenha de A Seleção (aqui), A Elite (aqui) e A Escolha (aqui). 

Caso queira conferir o livro que contém os contos da seleção visite meu blog Estante Diagonal (Clique Aqui).

O que acontece depois dos "Felizes para Sempre?" É exatamente isso que veremos em A Herdeira. Se você esta lendo está resenha, certamente já leu os livros anteriores e me sinto à vontade de falar sobre a história. América e Maxon se casaram e deram início a uma linda família, em sua primeira gravidez, América teve Eadlyn e Ahren, um casal de gêmeos. Por ter nascido sete minutos antes, pela primeira vez na história uma mulher seria a Herdeira de Illéa.

Vinte anos se passaram e para os fãs da série é duro acompanhar o dia a dia do palácio e ter Meri e Maxon tão distantes, você deve se desapegar literalmente, porém não deixei de ficar decepcionada em relação a estes dois. Não me interpretem mal, eu não queria mais da história deles, mas eu esperava mais deles como Rei e Rainha, e principalmente mais de América, como um apoio muito mais presente na liderança de seu povo ao lado de Maxon, e a única coisa que temos é uma mãe de família. A personalidade que antes ela tinha impressa durante sua trilogia, em A Herdeira pelo menos até aqui, não encontrei. 

Fica tudo nos ombros do meu coitado Maxon e que mesmo beirando seus trinta e poucos anos tem sua aparência descrita como mais, por conta do seu trabalho desgastante. A não ser os conselheiros, a única que parece se importar com isso e tem plena consciência de que isso é seu dever, que tenta ajudar, mas sem muito o que fazer é sua filha que ainda tem muito a amadurecer.

Desde criança ela fora criada para um dia ser a Rainha, foi criada para ser forte e capaz. Agora com seus 18 anos, Eadlyn havia formado uma armadura para si. Ela nunca sonhou com um conto de fadas, para ela bastava ao do seus pais e sinceramente, depois de ter sido fadada desde o berço em ser rainha, até preferia assim, ela não precisaria de rei ou príncipe nenhum para governar ao seu lado. 

Mesmo depois de muitos anos da extinção das castas, Illéa continua sofrendo pelas divisões invisíveis do povo, mesmo que elas não existam, o povo continua se separando e continua não se sentindo livre para ter o emprego que deseja e os mesmos direitos. A situação está complicada e a cada dia surge uma nova possibilidade do povo se rebelar novamente, e Maxon se vê sem alternativas.

Com uma nova seleção, durante três meses Eadlyn teria a opção de escolher um príncipe consorte, mas com sua cabeça dura, egocêntrica e mimada ela só pensa em afugentar todos os selecionados assim que possível, ela não facilitaria em nada a vida dos candidatos, mas como bem sabemos, as pessoas são imprevisíveis e nossos sentimentos ainda mais. Sem querer e indo contra todas suas ideias, pouco a pouco Eadlyn se vê envolvida com alguns rapazes e o pior vê todas as muralhas que ela demorou anos para erguer ruindo, tudo que ela mais temia, ter alguém para tomar o controle de sua vida.

"O amor servia apenas para destruir nossas defesas, e eu não poderia me dar esse luxo."

Mais uma vez, Kiera Cass nos envolve e vicia há uma história que a princípio, seria mais do mesmo, mas não. Nada poderia me preparar para A Herdeira, apesar de vivermos outra seleção, aqui as situações são totalmente diferentes e em circunstância também. Eadlyn é uma personagem difícil, é verdade, mas ao final da leitura, eu duvido que exista alguém que não a entenda, nem que seja um pouco. E com um final desse eu duvido que a mesma permaneça numa postura tão dura.

Eu amei a construção de todos os personagens mesmo que tenhamos tão pouca informação sobre eles, mesmo tendo apenas a visão e as perspectivas da princesa, é impossível não querer saber mais. Hale, Henri, Kile, Ean e claro, não poderemos esquecer de Erik, que mesmo sem ser um selecionado anda sendo notado, todos estão amolecendo o coração de Eadlyn. São tantos ainda dentro da seleção que já aviso, apesar de ter o meu preferido, não há como escolher que #team escolher.

A Herdeira, definitivamente é um livro introdutório, são tantos detalhes soltos que me dá um certo medo que o segundo livro seja muito corrido, talvez se Kiera prometesse mais dois, fechando outra trilogia, eu ficasse mais tranquila. Como disse, ainda são muitos meninos em sua volta, muitas possibilidades para ponderar e se a princesa resolver enfim, agir com o coração e não com razão, verá que é possível sim, encontrar seu príncipe encantado, alguém que poderá apoia-la e que agregará algo para o povo de Illéa. Eu devorei o livro em apenas um dia e é duro se dar conta que só teremos notícias do próximo ano que vem. Mais uma vez, mais do que recomendo esta autora, esta série e este livro. Leia A Herdeira e continue se encantando.

*Post neutro para o Top Comentarista devido a resenha conter spoiler!

21 comentários :

  1. Li a triologia e me apaixonei
    como li os três um atrás do outro, resolvi me dá um tempo rs e lê A herdeira só daqui a um mês, gostei da resenha e fiquei meio triste em saber que America como rainha não é tudo aquilo que se esperava, apenas uma mãe, mas já desconfiei disso desde que acompanhei a Rainha Amberly.

    www.morenaemoderna.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena Su, mas não adianta temos que desapegar, a história da América é nos três livros anteriores =/ e só!

      Excluir
  2. Estou louca para ler esse livro, a capa é linda!

    http://sobre-tudoum-pouco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    A Seleção é a série que mais gosto e quero muito ler A Herdeira.
    Gostei muito da resenha, bem legal que por mais que ocorra outra seleção as situações criadas são outras, distintas das que aconteceram com o Maxon.
    Nas resenhas que li falam muito que a Eadlyn é mimada, mas acredito que no decorrer da história ela se tornará uma pessoa melhor.
    Pena que America e Maxon apareçam pouco e a America tenha perdido um pouco das características mostradas nos outros livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miriam pelo que li, até o final ela já esta mudando, e ainda mais com este baque que foi o final hahaa

      Excluir
  4. Hello!!!!
    Essa resenha é mto aguardada, haha!
    Vou nem falar da capa, pq essa série so tem capa maravilhosa. Inclusive eu tinha me interessado pela primeira vez vendo so a capa do primeiro livro.
    Ainda nao li esse livro, quem sabe eu ganho ne?! =) Mas eu ja to a louca doida pra saber tudo da história. Melhor ideia vou escrever mais sobre a série e nao somente parar nos 3 livros.
    Bjus.

    ResponderExcluir
  5. Nunca me interessei por nenhum livro da trilogia (?) série (?).
    Teve um "bafafá" bem grande quando esse livro foi lançado, né?
    Lembro que em tudo que é canto falavam (e ainda falam) sobre ele.
    De qualquer forma, não acho que gostaria da história nem pretendo dar uma chance.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Kemi, é um livro encantador, a série toda ^^

      Excluir
  6. Oi, estou querendo começar a ler a série. Não posso negar que as capas são realmente muito lindas, o livro parece ser bom já que tem romance e um pouco de mistério. Bjus.

    ResponderExcluir
  7. Faz tempo que eu estou para começar a ler essa serie mas ate hoje só fico enrolando para começar, todos dizem que é muito bom e eu tenho curiosidade de ler para tirar minhas proprias cnclusões.

    ResponderExcluir
  8. foi a melhor descrição do livro que li 'introdutório' haha eu amo a série e não digo que não gostei do livro, porque gostei. mas eu ansiava mais a cada página, não fiquei totalmente saciada u.u hauaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os fãs nunca ficam né Camis! Mas não adianta, fogo é ter que esperar tanto tempo pelo próximo!

      Excluir
  9. Olá, me sinto um alien por não ter lido nenhum livro dessa série, mas na época em que lançou eu não estava conseguindo ler muito e acabei não adquirindo os livros, o que sei é que muita gente fala bem e mesmo assim ainda não sei se vale a pena ler, depois de tanto saber sobre a série..
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Joi, tudo bom?
    Ótima resenha como sempre. Bom, eu vou ler esse livro em junho e meu exemplar já chegou lá em casa. Depois de alguns comentários da Mari e Patty, eu fiquei com receio de não gostar da protagonista. Mas, eu também não gostava da America e amo a série. Para mim a Kiera foi muito corajosa ao criar uma trama que se passa depois do "felizes para sempre", como você disse. Mas, acredito que a grande vantagem é sua incrível escrita.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, acho que todo mundo teve uma primeira impressão errada da protagonista, mas aos poucos a Kiera soube desenvolve-la! Adorei!

      Excluir
  11. Pois é Joi...
    E eu ainda nem li nenhum livro da série e fico tão desejosa a cada nova boa resenha que leio, como a sua.
    Vi por aí que a série vai sair em capa dura com edição limitada e já está em pré-venda. Deve ficar ainda mais linda!
    “Os homens não desejam aquilo que fazem, mas os objetivos que os levam a fazer aquilo que fazem.”(Platão)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Li os três primeiros livros e gostei muito, apesar de ser do #TeamAspen . kkkkkk
    Não imaginava que a Eadlyn seria uma personagem difícil, imaginei uma menina meiga. No mais, acho legal que, mesmo contendo outra seleção, as situações são completamente diferentes. Estou bem curioso pra ler esse também.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  13. Me apaixonei por todas as capas e resenhas que ja li sobre a serie..
    Minhas amigas estão lendo e vivem babando..
    Ando bem sem tempo,mas uma folguinha e quero dar uma conferida..

    ResponderExcluir
  14. Li a trilogia e sou completamente apaixonada por essa obra, vou adquirir A Herdeira,
    http://www.angelimcosmeticos.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi !
    Realmente esse livro ainda me deixa um pouco com medo. Afinal por mais que se trate da filha, queremos saber de America e Maxon.
    Pelo que vejo a personalidade da menina é "daquelas" rsrs e já sei que vou amar o livro, e vou me apaixonar por todos os moços.
    E não adianta sempre vamos esperar mais e querer mais de Kiera rsrs
    http://livrosimaginarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir