Resenha - O reino secreto de Todd

O reino secreto de Todd
O reino secreto de Todd
Autora: Louise Galveston
Gênero: Literatura Estrangeira /  Infanto-juvenil
Páginas: 256
Sinopse: Skoob

Avaliação: 


Oi gente, tudo bem?

Vocês sabem que a editora Novo Conceito tem um selo especial para a literatura infanto-juvenil, certo? Na minha opinião, a criação do selo #irado foi um ponto positivo para a editora. Os livros são divertidos, voltados para o público infantil, capa dura e, para completar, na contracapa vem especificado o que vamos encontrar com a leitura: humor, aventura, mistério, etc.

O reino secreto de Todd é o segundo livro que leio do selo #irado. Confesso que gostei mais do primeiro (Minha vez de brilhar, já resenhado aqui no blog, para conferir basta clicar aqui). Acho legal trazer para o blog resenhas de livros para os pequenos, porque eu mesma vivo atrás de dicas para presentear o meu afilhado, já um leitor voraz.

Todd é um garoto que adora andar de skate na companhia de seu amigo Duddy e assistir Dragon Sensei. Seu quarto é uma enorme bagunça e o seu objetivo na escola é não ficar no caminho dos valentões.

Até que um dia, de repente, ele descobre que de sua meia suja nasceu uma nova civilização. Seres bem pequeninos que passaram a ser identificados como Toddlianos. Com a ajuda de Lucy, sua vizinha aprendiz de cientista, Todd tentava descobrir como aqueles seres minúsculos poderiam ter surgido a partir de uma meia tão imunda e fedorenta esquecida embaixo da cama.

Os Toddlianos reconheceram Todd como um "deus", um rei que poderia decidir sobre o futuro de sua comunidade. No entanto, Max, o maior valentão da escola, descobriu sobre os Toddlianos e decidiu que eles seriam o projeto da feira de ciências. Max maltratava os Toddlianos e os abrigava a aprender manobras e acrobacias para a apresentação na escola.

Todd se viu diante de um dilema, pela primeira vez na vida se sentia popular ao andar na companhia de Max, mas, por outro lado, estava perdendo a amizade de Duddy, além de ver os Toddlianos sofrerem nas mãos de Max.

Confesso que foi difícil escrever a minha opinião sobre o livro. Tentei olhar a história não com a minha mente de 29 anos, mas será que este seria um livro que eu teria gostado de ler aos 10 anos? Uma civilização nascida a partir de uma meia suja? humm... é provável que não.

Mas não é por isso que eu vou afirmar que a história é ruim, talvez o meu afilhado, um garoto de 9 anos, ache um máximo as aventuras que Todd teve que enfrentar para livrar os Toddlianos das garras de Max. Não é um livro que eu teria gostado, mas acho que ele tem o seu público.

Contudo, vale destacar que o livro passa uma mensagem positiva sobre ter orgulho de ser quem você é, preservar seus princípios, suas amizades e enfrentar o medo para fazer o que é certo. Eu acho importante que as histórias voltadas para o público mais novo (e mesmo as histórias que nós adultos lemos) se preocupem em passar bons princípios e boas lições.

Estou curiosa para saber o que o público infantil achou do livro, alguém tem um filho/amigo/afilhado/sobrinho que leu? Gostou? Depois me contem!!

Com carinho,


26 comentários :

  1. Adorei a resenha, bom eu não me interessaria em ler este livro, mas é sempre bom saber livros que podemos dar de presente para o publico infantil.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari!
    Uma civilização nascida a partir de uma meia suja e fedorenta rsrs, acho que eu adoraria ter lido na minha infância rsrs. A história parece ser bem divertida e ainda traz ao leitor, mensagens super positivas. Muito bacana mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Livro com temática divertida e de aventura que com certeza, satisfaz seu público alvo. Acho importante que o hábito da leitura seja estimulado desde cedo, e através de obras assim, que causem reflexão no leitor, não importa a idade.

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari!!
    Já li dois livros com o Selo Irado, sendo eles O Desafio de Ferro e Caçadores de Tesouros.
    Gostei bastante dos dois, e já quero a continuação de O Desafio de Ferro haha
    Esse não me chamou tanta atenção, porque achei meio sem graça, apesar de que deve ser engraçado.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari...
    E ainda não li nenhum livro do selo #irado, mas gostaria. Também acho válido ter algumas resenhas para os pequenos na blogosfera. Mas tem essa também, com a nossa idade as vezes a gente pode julgar um livro infantil, sendo ele bom afinal. Mas realmente acho que quando criança eu não gostaria de ler que uma civilização nasceu de uma meia suja kkk
    Mas claro se já ensina coisas boas, é um ponto para o livro.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá Mari!
    Confesso que não é o meu gênero, e também nunca li nenhum livro do selo #irado, mas até que eu achei interessante. Me lembrei quando tinha 13 anos e assistia filmes parecidos com essa história. Bateu uma vontade de ler kkkkk.
    Acho que seu afilhado irá gostar!
    Beijinhos!

    www.cantinhogeek.com

    ResponderExcluir
  7. Mari! Acho que não leria o livro por ser mais infantil, pelo menos não agora no momento. Porém pelo que li é ideal para descontrair e quando se quer ler algo mais leve!

    Bjs Joi

    ResponderExcluir
  8. Eu amo livros infantis rsrsrs sim eu leio, e acho que vc tem toda rasão, qualquer literatura se não tiver uma lição p passar viram meras letras né? mas tb acho que não teria gostado desse livro pois gosto mais dos misteriosos e contos de fadas que sempre faz sucesso entre as crianças, beijos

    http://www.angelimcosmeticos.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mari.
    Eu também muito interessante o selo #irado e, confesso, adoro livros infantis. Eu leio todos os livros paradidáticos do meu irmão de 12 anos, já que a professora dele tem ótimas escolhas, rs. Mesmo tendo um enredo bem absurdo, eu gostei e fiquei curiosa para saber o desfecho. Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Mari!
    Ah! Eu gosto dos livros infantis porque é só embarcar na aventura e curtir.
    Adorei a leitura desse livro e dei até umas risadas.
    É um ficção infantil e achei até inteligente.
    Uma pena não ter nenhum pequeno por perto para dar opinião.
    “Quando defendemos os nossos amigos, justificamos a nossa amizade.”(Marquês de Maricá)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  11. Oi Mari,

    Não tenho nenhum parente ou filho de algum amigo ou parente que já tenha lido e gostado desse livro, realmente não é um livro que atrairia minha atenção mesmo quando eu era mas nova, porém os meninos dessa idade podem se interessar e o selo #irado é realmente uma boa ideia pra procurarmos livros adequadas aos mais novos, meu primo de 9 anos ama ler, mas como meus livros não são pra idade dele e eu não tenho um vasto conhecimento de livros para esta idade, ele opta por revistas em quadrinho. É sempre importante estimularmos a leitura.

    ;)

    ResponderExcluir
  12. Eu achei fofo, acho que se fosse criança iria gostar e sair da modinha das princesas, com certeza daria de presente, ler talvez não ache que já passei dessa idade, mas acho valido dar de presente sim

    ResponderExcluir
  13. Se eu fosse pequena, com certeza iria adorar o livro. O plot parece com os filmes de animação que eu cresci assistindo... o livro também foge do clichê (porque, afinal, não se vêem muitos mundos dentro de meias sujas por aí), o que é importantíssimo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Mari
    Esse selo parece muito bacana! Realmente é uma boa pedida para presentear os pequenos. Que bom que seu afilhado já é um leitor voraz.
    Achei engraçadinha essa história de seres surgindo numa meia suja hahaha creio que os pequenos adorariam.

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  15. Até gosto de alguns livros Infanto juvenil, mas esse não me ganhou não.
    Como vc disse, tem o seu público, mas para mim não funcionaria.
    Muito bom saber que o livro passa a ideia positiva sobre ter orgulho de ser quem você é, e tal... também acho bom a garotada ler mais esse tipo de livro para não ficar não alienado.
    Uma pena que eu não conheça alguém da faixa etária ideal para ler, mas é uma boa recomendação.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Mari!
    Ganhei esse livro mas não estou tão empolgada assim pra lê-lo, parece ser bem voltado pra crianças mesmo. Mas assim como você acho importante que essas histórias passem boas lições.
    Ótima resenha! Bjo <3

    ResponderExcluir
  17. Esse enredo é meio estranho e acho que eu não curtiria ele quando criança, muito menos hoje, porém, pode ser uma leitura divertida para os mais novos. Como possuo irmãos mais novos que são o publico alvo desse tipo de livro, acredito que pode ser um ótimo presente, muitas vezes um livro vale bem mais que um simples brinquedo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Oi Mari.
    A mensagem do livro com certeza é muito boa para o público alvo mas sinceramente? Nem li e já achei a história ruim rs Fala sério, um povo surgir numa meia suja? Argh!

    beijos
    Pobre Leitora

    ResponderExcluir
  19. Sou a favor de que todos os livros viessem com mensagens interessantes para seus leitores. Principalmente os que são voltados para os pequenos. Eu me considero um crianção, e gostei bastante dessa premissa. Quando pego algo nesse estilo pra ler, me jogo mesmo. Então, creio que o que poderia não gostar seria a narrativa do autor, mas não a trama em si. Se eu tiver oportunidade, dou uma conferida.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  20. Ultimamente eu estou numa fase em que estou adorando livro com aventura, e talvez eu gostaria de ler, irei comprar pro meu primo mas irei aproveitar para ler tambem.

    ResponderExcluir
  21. Estou fugindo um pouco de livros infanto-juvenis, mas assim, com aventura é muito diferente, e eu tenho uma tara por ler esses assim. kkkkkkk

    De qualquer forma, acho que vou buscar mais sobre esse livro, para ler junto com meu irmão, tenho certeza que ele vai conhecer esse reino secreto na meia do todd. kkkkkk

    ResponderExcluir
  22. O livro em si mostra ter uma história interessante mas acho que não o leria >.< posso indicar pra meu primo pra ver se ele toma gosto pela leitura, o que é difícil mais não impossível, do selo irado já li Desafio de Ferro que por sinal foi um livro infantil-juvenil muito bom na minha opinião e aguardo ansiosa pelo segundo. Então é isso so posso dizer que vou falar dele a meu primo mas ler mesmo não.

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?

    Eu acho que nunca li nada deste selo Irado, mas eu gostei deste livro. Mesmo não sendo um tipo de livro que eu compraria pra mim a premissa me conquistou então vou dar uma chance.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Mari,

    Preciso ler os livros do selo #irado. Ainda não tive oportunidade... É que estou numa fase mais de livros adultos ou "new adult", aí fica difícil. Mas a dica já esta anotada para indicar para a minha irmãzinha mais nova! (:

    Beijo.

    ResponderExcluir
  25. Acabei de sair dessa vibe de ler livros infanto-juvenis, então dispensaria essa leitura. Mas certamente indicaria para meus irmãos mais novos!

    ResponderExcluir
  26. Eu confesso, cheia de vergonha, que tenho um certo preconceito com esse gênero. Sempre acho as histórias superficiais demais, porque não consigo olhá-las como se ainda estivesse naquela fase da qual elas são alvo. Achei a trama desse livro criativa, apesar de ser um pouco forçada demais, mas o que mais gostei mesmo foi a mensagem que o livro consegue passar com seu enredo.

    ResponderExcluir