Literatura Nacional, Vamos Conhecer?


Olá, tudo bem com você? 

Hoje apresento para você "O oráculo de Aalis" um livro bem diferente vamos conferir? 






O Oráculo de Aalis - Waldestatte, 1499 - região dos vales alpinos – A comunidade da jovem Aalis sofre um forte estigma sendo acusada de ser a causa de várias tragédias marcando o fim da era medieval. Apoiada pelo Sacro Império, a igreja perseguia e condenava famílias inteiras obrigando-as a viver isoladamente em comunidades. Um grupo de jovens resolve explorar esse mundo ainda não conhecido, mas são perseguidos e mortos, apenas Aalis escapa misteriosamente. Em audiência com o ancião, líder espiritual das comunidades, a jovem toma ciência de que a partir desse evento seu destino está radicalmente marcado. As ambições castram os sonhos? seria este o fim de Aalis? ou apenas o fim de seu mundo? 


 Clique Aqui e confira os primeiros capítulos!




Nome: Sergio da Silva Sena (Sergio Sena)

Idade
53 anos

Cidade Onde Mora: 
Natural do Rio, radicalizado em Campo Grande (MS) 

Como surgiu a ideia de escrever "O oráculo de Aalis”? 
A ideia do tema surgiu da observação na expressão de felicidade nas pessoas em suas realizações, desde as mais simples às mais complexas; pela condição de poder se servir de todas ou quase todas as propostas desse nosso período chamado de pós-modernidade e seus benefícios. Uma sensação de gratidão vinha ao meu coração por viver neste contexto, porém, não raramente, eu era deslocado para entender qual a nossa relação com as sociedades passadas; tudo o que sofreram em seu processo histórico até chegarmos ao nosso contexto atual – esse sentimento sempre acontecia comigo, ficava alheio, perdido em meus pensamentos quando participava de qualquer evento, mesmo que fosse uma simples ida ao Shopping; sentia como se alguém quisesse dizer algo - Depois de pensar um pouco sobre isso, percebi que aquelas sociedades nos deixaram um legado e uma advertência que, de alguma forma, grita dentro de cada um de nós. Foi dessa percepção histórica que nasceu o “O oráculo de Aalis” que, de alguma forma, é esse grito de alerta; de nos advertir sobre algo para a construção de um futuro bom.


Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? 
Considerando as pausas, uns nove meses

O livro será apenas um volume ou tem chances de ser uma série?
A obra compõe o primeiro livro da trilogia “A reação do mito”.  Sendo que no segundo livro haverá um salto na história, tendo o desenrolar da trama em nossos dias. 

O que o leitor pode esperar de  "O oráculo de Aalis" ?
É uma fantasia histórica, e apesar do título, da capa e da minha formação, o livro não apela à religiosidade ou ao esoterismo. Não posso qualificar o livro, se bom ou ruim, isso deve ser considerado pelos resenhistas e pelos futuros leitores, mas posso adiantar que é um livro dinâmico, com aventura, uma pitada de romance, mistério...


Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? 
C.S . Lewis, John Bunyan, Aldous Huxley, Dant Alighieri. Nenhum desses grandes nomes da literatura fantástica da atualidade me inspirou. Minha inspiração vem em parte da História, que para mim se desenvolve como em verdadeiros portais; mais principalmente das minhas experiências pessoais, desde uma infância difícil, onde o imaginário foi meu provedor de tudo.

Se  "O oráculo de Aalis" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria?
Hum... Não tinha pensado nisso ainda, mas considerando o contexto, que remonta ao final da era medieval, teria que ser um desses clássicos...

Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão?
Sou pastor. Escrever é uma vocação muito alinhada à atividade pastoral. Sem preconceito: C.S. Lewis, autor de “As crônicas de Nárnia”, era pastor; John Bunyan autor de “ O peregrino”, era pastor. Ah, mas estou a distâncias homéricas deles.

Deixe uma mensagem para nossos leitores
Carinhosamente desafio você leitor deste conceituado blog, já agradecendo a acolhida,  a conhecer o mundo de Aalis e a comunidade das cavernas, com certeza ali encontraremos um pouco de cada um de nós; da nossa história daqui pra frente.
Obrigado pela atenção.


Sergio Sena.


O livro parece ser bem diferente né, eu gostei muito e você? 

Saiu uma resenha super positiva no Skoob se ficou na dúvida de ler Clique Aqui e confira a opinião de um leitor!


Beijos

Até mais!




36 comentários :

  1. Adoro conhecer novos livros da literatura brasileira.
    Achei super interessante esse livro, parece ser muito bom pela sinopse, e achei legal a entrevista com o autor, é bom conhecer um pouco mais sobre o autor e sua obra.

    ResponderExcluir
  2. Esse mês está tendo muitos lançamentos de autores brasileiros, e isso é maravilhoso.
    A sinopse está realmente muito interessante, mostrando ser mais um livro que irá conquistar muitos leitores, e adorei conhecer melhor sobre o autor e suas inspirações.
    Bjs Andressa!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Andressa! Já tinha lido algo sobre o livro e achei muito interessante a premissa. Parece bem diferente do que estou acostumada a ler. Fantasia histórica e mistério. Fiquei curiosa!

    ResponderExcluir
  4. Oi Dessa!!!
    Realmente parece ser bem diferente e original, coisa que precisamos hoje em dia.
    Que bom que é mais uma fantasia medieval e o próprio autor diz que não tem nada ligado à religião nem nada.
    Boa sorte para o autor!!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. É sempre bom conhecer novos livros e autores nacionais ;)
    Pela sinopse o livro parece ser bem legal e apesar de não curtir muito livros de fantasia, fiquei interessada nele!
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  6. sempre gostei conhecer livros nacionais e esse parece ser bem interessante, gostei de conhecer um pouco sobre o trabalho do autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi Dessa.
    A história parece ser ótima. Não li nem um livro que se passa na era Medieval mas fiquei bem interessada nesse livro diferente.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Mais um brasileiro! \o/ Acredito que é muito importante valorizar a literatura nacional! O livro parece muito interessante e diferente. Nunca li nenhum livro parecido! Fiquei curiosa para conhecer mais.

    ResponderExcluir
  9. Já tinha visto o livro, e agora que li a sinopse fiquei mais interessada no livro. Como se passa há mais de 5 séculos atrás, na Era Medieval, isso ma atraiu a atenção mais ainda. Com certeza vou ler se tiver a oportunidade. Bjus.

    ResponderExcluir
  10. Oi Dressa...
    Gostei de como o autor pensou no tema, mas não sei se a proposta do livro me chamou atenção. Realmente parece ser bem diferente mesmo. Acho que vou esperar ver algumas opiniões para ver se leio.
    Mas curti a entrevista.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Supresa o livro ter sido escrito por um pastor. Gostei da sinopse e bacana ele nao ser sobre religiosidade ou ao esoterismo. Gostei de saber que o livro é dinâmico, com aventura, uma pitada de romance, mistério, pq isso que achei teria ao ler a sinopse, que me interessou.
    Desejo sucesso ao livro e que a trilogia tenha tudo bem amarrado para conquistar mais leitores.

    ResponderExcluir
  12. Andressa!
    Tive oportunidade de ler o livro e é maravilhoso! Vale muito a pena, inclusive está tendo sorteio dele no blog, espero q visita de todos os interessados para participarem!
    O autor é uma simpatia!
    Uma semaninha mais que abençoada!
    “Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito.”(Machado de Assis)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  13. Legal conhecer mais um ator nacional. Achei o livro diferente, mas não me animou muito não, apesar de eu ter achado interessante a história no segundo livro da série pular para os dias atuais. Acho que apenas não é o momento pra ler esse tipo de livro. Quem sabe mais pra frente? Tenho aprendido que o momento faz toda a diferença na leitura, rs.

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    Confesso que tenho dificuldade em ler livros nacionais, mas aqui no blog ja conheci vários que super me interessaram, afinal um dos meus favoritos é nacional Perdida.
    Esse livro é bem diferente das coisas que eu leio, não sei se leria, mas foi bom conhecer o autor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá Dessa,
    Nossa tenho muitas coisas para falar hahah: Primeiro a capa é linda, meio misteriosa, meio drama, meio história haha; Segundo a história é muito boa, gostei bastante do enredo que as coisas podem levar, este é um dos tipos de livros que eu leio; E terceiro eu já sabia que iria ler o livro só no resuminho de cima, mas quando o autor começou a responder as questões algo dentro de mim falou: Você precisa ler este livro! Sei lá algo no enredo de tudo (resumo e respostas) me encantou e tocou meu coração hahaha. Quando vi que ele era pastor fiquei com medo da história estiver envolvida com religião e tal (por ser ateísta prefiro não ler livros deste tipo), mas o autor deixou bem claro que não tem nada a ver com religião. Quero muito compra-lo na minha próxima viagem a livraria e espero que o livro seja tão bom quanto as minhas expectativas.
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  16. Nao conhecia o livro e nem o autor, e fiquei meio na duvida se quero ou não ler, vou seguir o seu conselho e ler a resenha no skoob talvez eu me interesse mais

    ResponderExcluir
  17. Ainda não conhecia esse livro. Não gostei muito da capa, mas da sinopse sim. Gosto de histórias assim e acho que vou gostar dessa. Achei interessante o autor ser pastor. Geralmente as pessoas tem uma concepção muito errada de quando diz "sou pastor", por isso gostei dele ter atitude e não pensar nos preconceitos.

    ResponderExcluir
  18. Gostei da entrevista, surpresa por ser pastor e também pelo livro não ter ido para o lado da religião, gostei da história, falando do período Medieval, da personagem Aalis, fiquei curiosa com essa leitura, valeu pela dica e feliz por mais um livro nacional...

    ResponderExcluir
  19. E sempre bom ver novos autores ainda mais brasileiro seu livro se passa na era medieval período que gosto muito na historia gostei da entrevista com o autor me deixou com vontade de conhecer seu livro e sua escrita .

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Super legal conhecer autores Brasileiros!
    O Assunto do livro não me chama à atenção, mas já li algumas resenhas dele e confesso que estou começando a mudar de ideia, kkkk, mas só se eu tiver a oportunidade de ler (ganhar/emprestado), kkkkk
    Mas muito sucesso para o autor!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  21. Oi Andressa! Que existem várias historias nacionais que são fascinantes todo sabe, porém essa não me interessou. Primeiramente pela capa, e sim eu ainda julgo livros pela capa, mas vamos combinar que é muito importante, a premissa também não me chamou a atenção. Parabéns pela iniciativa do quatro! Bjos

    ResponderExcluir
  22. Já vi, li e ouvi sobre esse livro. Achei a história bem misteriosa e fiquei mega curiosa para saber o que acontece. Gostei bastante de conhecer mais não só sobre a obra, mas também sobre o próprio autor. E achei super legal o fato do livro compor uma trilogia. Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
  23. O livro e otimo uma literatura envolvente vale a pena conferir. Amei to esperando ansiosa O segundo livro da trilogia.

    ResponderExcluir
  24. O livro e otimo uma literatura envolvente vale a pena conferir. Amei to esperando ansiosa O segundo livro da trilogia.

    ResponderExcluir
  25. Nunca tinha ouvido falar no autor, mas achei a ideia do livro muito original. Acho que ver um autor brasileiro com um livro tão apoiado na historia é fantástico. Espero ter a oportunidade de ler em breve. Um beijo!

    ResponderExcluir
  26. Esse sim é meu gênero preferido de toda vida de um livro, nossa já to louca pra ler, gostei do fato dele ser pastor, não por ele ser mas pelo fato de não se opor a escrever algo tão incrível limitando-se a sua religião, quero pra mim, beijos

    angelimcosmeticos.com.br

    ResponderExcluir
  27. Oiiii Andressa, super curti conhecer mais um autor nacional, agora do gênero fantasia. Sabe o que me deixou mais surpresa? Foi o fato dele ser pastor, engraçado que isso é uma coisa tão banal mais que a gente acaba se surpreendendo né? Pois geralmente, as pessoas mais religiosas tendem a escrever livros voltados para a religião e tal... Enfim, sobre a história, confesso que não é muito o tipo de história que leio, no entanto, gostei da maneira como ele nos convida a conhecer o livro e aponta que lá encontraremos um pouco de cada um de nós. :)

    bju

    ResponderExcluir
  28. Achei bem interessante esse breve resumo dele, não faz muito meu estilo livros assim, mas vou dar uma chance, vou já ali dar uma olhada nos primeiros capítulos :)

    ResponderExcluir
  29. Adoro conhecer livros e autores nacionais, é senpre bom vê-los ganhar cada vez mais espaço. Achei a ideia do livro bem interessante, apesar de não ler muitas fantasia gostei desse. De principio julguei pela capa e não gostei muito mas depois li a sinopse e me surpreendi pois não era o que eu imaginava. Espero lê-lo.
    Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  30. Já pela sinopse o livro parece ser bem diferente... acredito que só lendo pra saber se gosto ou não... uma coisa é certa, vai ser interessante conhecer as coisas propostas pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Ai que bacana cara um pastor. Acho que nunca li nada escrito por um pastor. E sinceramente acho que nem lerei esse livro, pois não me interessa tanto assim. Mas adorei a mini entrevista. Ele parece ser muito legal.

    ResponderExcluir
  32. Certamente aceitarei o desafio do autor. Preciso conhecer esse mundo Aalis que me interessou bastante! Aliás, amo as apresentações de novas histórias e autores nacionais. O blog realmente está de parabéns. Muito obrigada <3

    ResponderExcluir
  33. Oie
    É um livro bem diferente do que estou acostumada mas gostei de ele se desenrolar em 1400 e tantos,eu nunca li um que se passasse nessa epoca.E eu não sabia que o escritor das crônicas de narnia era pastor,isso foi uma ótima curiosidade.E eu até já consigo imaginar uma trilha sonora bem medieval.

    ResponderExcluir
  34. Estou gostando bastante destes posts com entrevistas com autores. É uma boa forma de conhecer o processo de criação do livro e também sobre o autor, suas intenções e um pouco mais sobre sua inspiração e formação.
    O livro possui uma capa bem atrativa, gostei bastante do efeito dela. A sinopse é bem misteriosa e já gostei pelo simples fato de estar ligado a História. Não tenho costume de ler fantasias históricas, mas gosto bastante da Era Medieval. E essa conexão com a contemporaneidade me deixou bem empolgada para descobrir como será feita e como se desenvolverá.

    ResponderExcluir
  35. Nunca li nenhuma fantasia histórica e esse livro parece ser complexo mas ao mesmo tempo, simples. O autor é uma pessoa bacana, deve ter dado um trabalhão pra criar toda essa historia, fora que virão mais livros. Enfim, não sei se algo que eu gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  36. Oi!
    Também achei o livro do Sergio diferente e bem interessante, vi as resenhas no skoob e também alguns pessoas comentado sobre o livro o que me deixou ainda mais curiosa sobre a historia !!!

    ResponderExcluir