Resenha - Ela não é Invisível


Ela não é Invisível 
Autor: Marcus Sedgwick
Editora: Galera Record
Gênero: Literatura Estangeira / Juvenil
Páginas: 256
Sinopse:  Skoob
 
Avaliação:
 
 
Olá, tudo bem com você ? 
 
Desculpem a falta de post esses dias, mas ultimamente ando sem muito ânimo para ler e ai acabou que fiquei sem resenhas para postar aqui, mas agora acredito que minha "ressaca literária" tenha passado e voltei ao meu ritmo normal de leitura ;) 
 
Ela não é Invisível conta a história de Laureth , uma garota de apenas 16 anos que resolve sequestrar seu irmão de apenas 7 anos para ajuda-la a encontrar o seu pai que ela acredita estar desaparecido. 
 
Laureth é cega e por isso precisa da ajuda de seu irmão mais novo, ela pega os cartões de crédito e dinheiro de sua mãe escondidos e viaja para Nova York, ela recebeu apenas algumas informações que seu pai deveria estar na cidade pois foi encontrado um caderno com algumas anotações dele.

Página 37 
Mas acontece que nunca se sabe o que é ou não verdade, o que pode ou não ser impossível, até que se faça uma tentativa.
 
O pai de Laureht é um autor famoso por escrever livros divertidos, e agora resolveu se aventurar em escrever história diferentes que tragam uma mensagem mais profunda e então ele resolve pesquisar sobre coincidências e fazer este o tema do seu novo livro. Porém o tema por ser muito complexo faz com que ele demore muito mais tempo do que o esperado para concluir o livro. 
 
Página 95
E há praticamente uma infinidade de maneiras pelas quais essas pessoas e essas coisas podem se encontrar ao acaso, de forma que, às vezes, até mesmo as coisas mais improváveis acontecerão e, quando elas de fato acontecem, ficamos muito empolgados e aí dizemos que foi uma coincidência inacreditável.

O casamento dos pais de Laureth já não vai tão bem assim e isso acaba deixando Laureth intrigada com o sumiço de seu pai. 

O livro é narrado em primeira pessoa pela Laureth, achei ela muito corajosa e persistente , ela queria encontrar o pai dela a qualquer custa e enfrenta situações bem complicadas junto com seu irmão, ela consegue passar confiança para ele e juntos vão em busca de mais informações.
 
 Página 171 
- Sabe estou com medo - confessei para Benjamin, mas com uma voz completamente calma.
- Não parece - disse ele
- Nunca julgue um livro pela capa.
- Você não é um livro.
- Verdade.
 
A edição do livro está simples, páginas amareladas, letras em bom tamanho e os capítulos são curtos e separados, gostei muito da escrita do autor e fiquei curiosa para saber onde afinal estava o pai de Laureth.
O pai dela pesquisa sobre o tema coincidência e na vida desta família o que mais acontece é isso, então eles aprendem na prática o tema que o pai quer escrever. Além disso tem partes do caderno que acharam na história  no livro, o que dá mais veracidade a história.

Apenas achei a história previsível e não consegui entender o nome do livro com a história, é um livro leve, divertido que passa uma mensagem muito interessante, recomendo a leitura para distrair a mente e para quem deseja ler livros rápidos.

Página 237
Por que ás vezes nos esquecemos do quanto amamos uma pessoa, até que a perdemos? Por que somos tão idiotas? Não deveríamos sempre lembrar que as pessoas que amamos são mais importantes que qualquer outra coisa? 


 Beijos 

Até mais! 


 

41 comentários :

  1. Percebi que deu uma sumidinha, ainda bem que voltou, estava com saudades, gostei dessa história, cheia de drama, a Laureth é persistente, corre atrás dos objetivos, fiquei muito curiosa com o final desse enredo, a capa está muito bonita, obrigada pela dica, beijos..

    ResponderExcluir
  2. Estou querendo ler o livro a algum tempo, mas em todo site q vou o frete ta muito alto. Fui na americanas, cultura e submarino. Em duas dessas o frete era mais de cinqüenta por um livro de vinte sete, td pq o livro ela ebrocks (algo assim) e acabei não comprando, exatamente o mesmo problema q tô tendo com a playlist de Hayden ;p

    ResponderExcluir
  3. Não tinha ouvido falar ainda, mas parece ser legal a história, creio que posso dar uma chance a essa leitura, beijos

    http://www.angelimcosmeticos.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Andressa! Esse é aquele tipo de livro que eu já leria só pela capa rs, achei linda! A premissa também é bem interessante e a história parece possuir um clima de mistério, o que me agrada bastante. Acho que eu ficaria encantada com os protagonistas, Laureth e seu irmão. Dá para pereber que entre eles há ma relação linda de amizade.

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha e os quotes!!
    Quero ler!

    Beijos ♥
    www.naoleia.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Andressa!Estou louca por esse livro, todas as resenhas que li a respeito da obra foram positivas e sei que seria uma leitura muito prazerosa pra mim. Achei a personagem bastante corajosa, e o fato dela ser cega torna tudo mais interessante, mas acho que me daria muita aflição a cada obstaculo que ela ter que enfrentar, ainda mais com um irmão pequeno do lado, hahaha, enfim, quero muito ler essa obra. Bjos!!

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro a sinopse desse livro, estou louca para ler, com certeza comprarei, só não sei quando rsrs Acho a história maravilhosa e muito criativa!

    Beijos.
    http://www.oraculodeelfos.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Dressa!
    Eu já li o livro e gostei bastante. Pra mim, foi uma agradável surpresa.
    Li muito rapidinho, tb achei a história fofa e achei legal o livro mostrar algumas situações do dia a dia na vida de pessoas que são cegas e que nós nem percebemos. Me fez pensar um pouco sobre isso. Achei super válido!

    ResponderExcluir
  9. Já tinha visto esse livro por ai. Não me interessei muito por ele. Achei a história bem previsível mesmo e só lerei se ganhar ele porque comprar acho que não vou. Pelo nome achei que fosse outra história hehe.

    ResponderExcluir
  10. Tinha uma ideia completamente diferente sobre esse livro. Achei que fosse um romance, mas está mais para aventura. achei ele bem interessante, com certeza irei ler

    ResponderExcluir
  11. Oi Dessa!!!
    Acho que é de uma desses que preciso, leve e divertido.
    Acho que a personagem deve estar realmente bem determinada e com bastante coragem pra até sequestrar o irmão kkk
    Agora que li sua resenha também queria entender melhor o título, pois não parece ter muito a ver.
    Quero muito ler esse livro justamente por achar que eve passar uma mensagem bem legal aos leitores.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. A capa desse livro é linda, foi a primeira coisa que me chamou atenção. Pena que não tem nada haver com a história, né?
    A premissa é ótima, tem todo esse mistério gostoso e leve de se ler. Já adicionei a minha lista de leitura.
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  13. Estou querendo esse livro a um tempinho, o que mais me chamou a atenção foi a capa que achei muito linda. Tambem não entendi o titulo (pensava que ele tinha a ver com o livro). Pelo que me pareceu ele é um livro levinho com um mistério bom de se ler. Enfim, quero adiciona lo a minha listinha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. A capa é tão linda que da vontade de ter ele só por isso..
    mas a história em si não despertou meu interesse...Parece bom, mas acredito que não vai além disso...

    ResponderExcluir
  15. Oi Dressa...
    Tenho vontade de ler este livro, mas não é uma prioridade. A história parece ter um de mistério. Embora as tres xícaras de chocolate quente ainda pretendo ler o livro.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Eu estava indecisa sobre ler esse livro, mas agora perdi o interesse. Não gosto de livro previsiveis, prefiro os que me surpreendem, e como assim não deu para entender o nome do livro.

    ResponderExcluir
  17. Oi Andressa! Eu estou com muita, MUITA vontade de ler esse livro. Está na minha lista para ler e eu ia colocá-lo como livro viajante com alguns amigos, mas aí acabei não tendo tempo de comprá-lo e enviei outro haha. Mas isso me dá mais chances de ler antes XD! Espero consegui-lo logo, pois parece ser bem leve (e ultimamente eu estou aceitando muito leituras assim).

    the blue blog

    ResponderExcluir
  18. Oi Dessa!
    Vou confessar que o livro estava na minha wishlist, mas ter lido a resenha, não mudou muito a minha percepção do livro. Já imaginava que ele seria assim leve e meio previsível, pois é uma leitura Juvenil.
    Adoreei a resenha fiquei sabendo umas coisinhas que não sabia também, principalmente a página 237 ♥
    Beijinhos! ♥

    ResponderExcluir
  19. Oi,
    Nossa senti sua falta rsrs, que bom q a ressaca passou..
    A tempos estou encantada pela capa desse livro, achei muito fofa.
    Ele esta na minha listinha de desejos,
    confesso que as xícaras me desanimaram ainda mais pq eu tinha uma outra ideia sobre esse livro, vou deixar ele pro final da minha lista.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Achei interessante! A personagem Laureth tem características admiráveis! Muito legal essa parte de superação e a coragem que ela tem! Acho q a relação do título com a história do livro é justamente pela questão de ela está superando suas limitações e por isso deixar de ser invisível (entendi por esse lado).

    ResponderExcluir
  21. Nossa, estou em ressaca literária já faz alguns dias, e não tenho ânimo nenhum para ler, estou aguardando minha animação para ler voltar.
    Sua resenha está muito boa, me interessei por esse livro, eu adorei o nome e a capa do livro, que pena o nome não ter a ver com a história.

    ResponderExcluir
  22. Sei bem como é essas ressacas, quando me bate uma dessas eu comento nos blogs e tal, pra ver se me distraio e encontro livros que me interessem sabe? Quando tudo fica ok, ai eu volto a fazer resenhas kkk. Enfim, sobre esse livro, eu não sei bem o que dizer sobre ele além de que é mais do mesmo. A história pode ser diferente e tal mais ela não acaba sendo aqueeeeela leitura, que se torna uma favorita, entende? Não sei se vou ler esse livro, ainda mais depois de ler que a história é previsível e que tu não conseguiu entender o nome do livro com a história. :(

    P.S. Para acabar com essa ressaca te indico O Jardim dos esquecidos, acho que você vai gostar (já que vi que você gostou de Proibido da Tabitha). :)

    bju

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. OI Dessa!!!
    Li a resenha e fiquei bem interessada na história.
    O livro parece ser bem divertido e leve para ler.Já fiquei curiosa para saber onde o pai dela esta.O título não parece ter nada a ver com a história.
    Adoro livros desse tipo que são bem fáceis de ler.
    Achei essa capa linda.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  25. Acho a capa desse livro muito bonita e só por isso tinha vontade de ler. Depois que conheci um pouco mais da história minha vontade só aumentou, haha. Acho que o título de "Ela não é invisível" deve ter algo relacionado à deficiência visual da protagonista ou com a mensagem final do livro. Adorei a resenha! Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
  26. Andressa!
    Esse mês ando numa moleza também para ler... acho que é a fadiga que estou.
    Bem, mas falando do livro, pode nem ser essas coisas todas, mas achei o enredo bem diferenciado,
    Nunca li nada onde há uma menina cega que se aventura com um irmão pequeno para ir em busca do mistério do desaparecimento do pai.
    “Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  27. Eu tinha me interessado bastante pelo livro qdo vi o seu lançamento, achei a arte da capa linda demais! Ela não é Invisível me chamou a atençao tb pelo título.
    Nunca li nenhum livro que a protagonista fosse cega e acho que essa amizade entre os irmãos tão linda, pq eu sou mto amiga da minha tb.
    Parece ser mesmo uma leitura leve, mas é uma pena que o titulo nao tenha relação com a história, pq foi isso que tinha me chamado a atenção.
    Ainda quero ler!

    ResponderExcluir
  28. Ah pena que é previsível. Me parecia ser tão assim interessante essa dela mesmo cega ir atrás do que quer (no caso encontrar o pai dela) e cara eu realmente fiquei me perguntando o motivo desse título. Achei que a história devia ser algo tipo que as pessoas nem ligavam pra menina, tratassem como se ela não existisse e talz. Pena que você não entendeu. Porque eu também queria saber ha, ha.

    ResponderExcluir
  29. Olá!
    É a primeira resenha que leio sobre esse livro e confesso que pela resenha realmente não tem nada a ver com o título kkkkk
    Mas a história parece bem legal! Leve como descreveu...deve ser que o nome tenha a ver que mesmo ela tendo essa deficiência física (não enxergar), ela é capaz de ir a luta pelo que deseja então por isso o título Ela não é invisível!
    Gostaria de ler!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. Esse livro é tão lindo e me deu muita inspiração. A personagem principal é daquele tipo que faz você refletir sobre a sua própria vida e a história ao todo é muito envolvente. Amei a resenha <3

    ResponderExcluir
  33. Eu nunca tinha parado para ler a sinopse desse livro, mas já tinha visto a capa em algumas livrarias online. Aliás, que capa linda, viu? Quero ler, a personagem principal é determinada e parece ser um livro bem legal.

    ResponderExcluir
  34. Amo a capa desse livro,acho linda a mistura de azul e vermelho.Livros leves e rápidos são ótimos quando você não está com tempo e nem disposição pra uma leitura mais densa.A Laureth parece ser uma ótima personagem mesmo,e agora fiquei me perguntando o porque desse título,tem que filosofar em cima pra responder kk

    ResponderExcluir
  35. Ao ler a sua resenha já simpatizei com a Laureth. Realmente, tem que ter uma coragem imensa pra ir até New York com seu irmãozinho de sete anos atrás do paradeiro do pai, sem saber exatamente onde ele está.
    Gostei bastante da sinopse e não me incomodo tanto pela história ser previsível. Se o enredo for bem desenvolvido e tiver personagens bem construídos consigo superar as coisas previsíveis encontradas numa obra rsrsrs
    E preciso comentar: que capa linda!!!!! Quando vi pela primeira vez e li o título, pensei que a história teria um viés mais profundo. Não fiquei desapontada por se tratar de algo mais leve, já que também gosto de livros assim.

    ResponderExcluir
  36. Com certeza um livro que eu gostaria de ler. A capa é linda e deve ter momentos emocionantes, divertidos, uma leitura leve e rápida, como você falou na resenha.

    ResponderExcluir
  37. Oi!
    No começo achei a historia bem maluca, mas fiquei muito curiosa sobre onde está o pai da Laureth, também achei ela muito valente e persistente e a capa do livro está bem legal !!!

    ResponderExcluir
  38. É chato quando a gente não consegue relacionar o nome do livro com a história né? Aconteceu isso comigo quando eu li Mentirosos, apesar deles serem chamados assim eu não entendi o porque! rsrs
    A capa desse livro é muito linda e eu fiquei bem curiosa para saber o que aconteceu com o pai da protagonista!
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  39. Quem fez o seu layout ??
    Ele é muito lindooo *-*

    Bjs ;*

    ResponderExcluir
  40. Spooooilerrr ķkkkkkkkk ...

    ResponderExcluir
  41. Oii!!!
    Li este livro faz poucos dias e gostaria de lhe falar o que eu entendi da história em relação ao título. Se você reler com atenção as últimas páginas perceberá que ela fala que por mais que ela seja cega ela não invisível e que não quer que lhe tratem como uma idio** só porque ela é deficiente visual.
    Pelo menos foi isso o que eu entendi... Beijinhos da Mari!
    S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2

    ResponderExcluir