Resenha - Rich e Mad


Rich e Mad
Autor: William Nicholson
Editora:  Galera Record
Gênero: Literatura Estrangeira / Romance / Infanto-Juvenil
Páginas: 304 
Sinopse: Skoob

Avaliação: 


Nossa! Fazia um bom tempo que não lia um livro tão encantador quanto este. Que não é apenas fofo, durante a leitura percebi que nem tudo aqui é lindo e me fez suspirar, mas foi exatamente este contraponto entre as maravilhas e as intempéries, totalmente possíveis, da adolescência abordadas no livro que me conquistaram.

Aqui, conheceremos primeiramente Maddy Fisher uma garota comum de 16 anos, que decidiu que estava na hora de se apaixonar, de viver uma grande paixão, finalmente. Do outro lado, teremos Rich Ross, um garoto atrapalhado que busca o mesmo, ele idealiza a garota dos sonhos, a garota mais cobiçada da escola, justamente aquela que não dá a mínima para ele, mesmo assim, ele tentaria. Ambos tentariam viver uma história de amor.

Junto desses dois, nós leitores vamos embarcar num caminho sem volta cheio de aprendizado e intrigas, vamos nos aventurar pelas primeiras relações de ambos e observa-los construir seus princípios e sonhos em cima disso. Apesar do subtítulo da versão brasileira falar sobre a "primeira vez", posso lhes garantir que o assunto fica em segundo plano durante quase que toda a leitura. A virgindade é debatida sim, e até certo ângulo bem explorada, mas de maneira alguma é o assunto principal entre os protagonistas. 

Tanto Rich quanto Mad, cada um de sua maneira, vão descobrir através de suas experiências, o que está por trás desse momento único em suas vidas. O fim da inocência, a passagem da infância para o começo da vida adulta. William Nicholson, em seu livro de estreia, conseguiu refletir a adolescência nua e crua em diversos pontos de vista. Podemos distinguir o dilema de cada personagem, principal ou secundário, diante seu crescimento. Perceber que cada um deles são totalmente reais e verdadeiros em situações possíveis. E o principal, sem parecer inventado apenas para a história. Nada do que li no livro é clichê, é a realidade do modo confuso e complexo que ela pode acontecer.

Deste modo, com uma história real e personagens reais, é impossível não se identificar com o livro, é impossível não se sensibilizar com cada um e tentar ajuda-los, tentar ampara-los e dizer "- Tudo bem! Vai ficar tudo bem..." Sendo pessoas reais como nós, Rich e Mad vão aprender sobre a vida e o amadurecimento da maneira mais natural, através dos erros, dos pés na bunda, com suas desilusões e decepções. E ainda assim encontraram espaço para o amor.

Às vezes, a procura pelo amor verdadeiro, mesmo que na adolescência, deixa de ser tão complicada quando percebemos que o amor simplesmente nos encontra de uma forma ou de outra, sem que precisemos travar uma batalha sem fim contra o tempo. Esta é apenas uma das mensagens lindas que o livro passa. Outros assuntos são abordados no livro e numa linguagem totalmente atual, sem restrições. William vai abordar assuntos como sexo, os enganos da pornografia, a ansiedade da adolescência, gravidez e até assuntos mais sérios de forma totalmente aberta com o leitor.

A edição da Galera está linda, me apaixonei pela capa. Ela é totalmente condizente com a história, e se encaixa de um jeito único assim como sua diagramação. Os capítulos são curtinhos e carregam cada, um título sobre o que ele vai falar. Eles se intercalam pelos pontos de vistas de Mad e Rich, ambos narrados em terceira pessoa. Desta forma é mais fácil de se envolver com os protagonistas e sentir exatamente as mesmas emoções que passam por cada um.

Enfim gente, eu poderia ficar falando por horas sobre este singelo livro. Ao ler Rich e Mad você vai encontrar amores, amores nem tão amores assim, paixões, desejos, urgência dos acontecimentos... tudo em um mesmo cenário. Não é nem um pouco bobo, é um livro pertinente para todas as idades, totalmente real e palpável. Mais do que recomendada, é uma leitura sensível e agradável que fala sobre a vida exatamente como ela é. É claro que, com ênfase nesta fase da vida, dos jovens em suas primeiras viagens, recheada de acontecimentos cotidianos, inseguranças e incertezas, mas com uma pitadinha peculiar de doçura mesmo junto deste turbilhão de hormônios.


36 comentários :

  1. Oi Joi...
    Eu não costumo ler esses livros com romances adolescentes, embora eu goste. Mas este confesso que ainda não conhecia. Gostei de saber que não é meio bobo, pois é isso que tenho medo nesses livros. Se você se encantou tanto com o livro, ele deve ser realmente bom.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Q capa mais fofa, fiquei um tanto encantada com o livro apesar de não gostar de ler Infanto-Juvenil. Sua resenha esta linda, me fez ate ter vontade de ler rsrs.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Olá Joi,
    Gostei muito da sua resenha.
    Estou vendo diversos blogs falar bem dessa história. Acho que a história é pungente, então quero ler sim.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha!
    Não conhecia esse livro
    Adoro livros de romances, e achei legal esse livro ser um romance adolescente, acho legal aquele livro que tem aquele romance fofo e clichê, me encanta.
    Adicionei em minha lista de leitura e pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  5. Oi Joi!!!
    Amo livros de romance juvenil, é sempre bom ler algo mais real e fofo pra nos tirar da famosa ressaca literária kkk
    Ainda mais por ser um romance adolescente acho que facilita bastante a leitura por ter uma linguagem mais atual.
    O autor deve saber abordar muito bem os temas polêmicos de uma forma que fique claro e simples para o leitor.
    Espero ter a oportunidade de ler.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Joi! O livro não faz muito a minha praia, mas vou confessar que sua resenha me contagiou. Achei bacana o que você disse sobre como o autor abordou assuntos delicados, de maneira natural, simples, sem forçar nada. Não é um livro que eu leria por agora, mas vou deixar anotado aqui.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Joi.
    Ainda não conhecia esse livro e já amei. Adoro livros que são fofos e fortes ao mesmo tempo. Apesar de ser de uma faixa etária bem diferente da minha, eu gosto de ler livros assim, principalmente os que abordam temas como primeira vez, gravidez e outros.

    ResponderExcluir
  8. A capa está fofa, gostei da resenha, dos personagens, dos temas envolvidos: adolescente, paixão, amor não correspondido, gravidez, bem atual, gostei da mensagem que o livro deixou, obrigada pela dica, beijos...

    ResponderExcluir
  9. Oi!!!
    Adoro livro de Romance juvenil e Rich e Mad me pareceu ótimo, os personagens parecem ser bem legais e fofos. E essa capa é simplesmente perfeita,Tenho um livro chamado Eleanor e Park que é a história de um romance na adolescência, e eu adorei ele então acho que vou gostar de Rich e Mad.
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Adoro qdo o blog apresenta um livro diferente.... E esse por ter tantos elogios realmente me deixou encantada.
    A capa como mta gente falou tb achei linda, eu sou dessas q preocupa com a capa, tem q ser perfeita.
    A história tb gostei, quem qdo era jovem não quis se apaixonar ne? Lembro da minha época! Todo mundo ficando e claro que a gente quer tb...
    Adorei que os personagens sao tao reais q nos fazem querer estar dentro da história.
    Amei de verdade a dica e vou tentar comprar.
    Bjus

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Amo um romance!!! E romance adolescente me faz lembrar dos dilemas e paixões que todos passamos nessa fase da vida! Além de trazer de forma simples a abordagem de temas que antes eram escondidos nessa fase. A capa do livro está muito linda! Amei! ❤ ❤

    ResponderExcluir
  13. ai que capa linda essa, adoro romance adolescente e fiquei bastante interessada em ler, adorei conhecer o livro.

    ResponderExcluir
  14. Já tinha com o livro em mãos e a capa é muito fofa rsrs. Eu achei realmente que o tema principal seria acerca da primeira vez dos protagonistas. Que bom que vc esclareceu isso na resenha pq agora dá pra ver que o livro vai muito mais além e se aprofunda tb em outros assuntos. Eu leria tranquilamente, mas para os adolescentes, especificamente, parece ser uma leitura e tanto.

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem ?
    Amei a resenha e fiquei interessada em ler o livro , parece ser ótimo - mesmo ele retratando a adolescência , a fase que já passei kkk - já que vai mostrar o amadurecimento de ambos .

    Beijos ,
    Gleyce Nascimento .

    Blog : http://ps-believeandlive1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Geralmente gosto destes livros adolescentes, e esse parece ser muito bom, mas não me encantou. Na verdade não sei dizer o que acabei não gostando do livro, só acho que é um livro bom, mas não é uma leitura que eu faria no momento.
    Ótima Resenha!
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  17. Depois de ler uma resenha desse livro fiquei querendo muito ler. Gosto muito de livros juvenis, e esse parece ser super fofo, e acho que podemos nos identificar um pouco com os sentimentos dos personagens, o que gosto muito quando tem em livros. Bjus.

    ResponderExcluir
  18. Essa capa tão bonitinha... Ain... Ta tão velho q li algo pra desestressar e leve, q bateu uma vontade agr lendo essa resenha, se lerei ele? Aí já é outra história rrssrs, amei a resenha, VC resumiu mt bem o que a história q passar pra gente q é leito. Abraços

    ResponderExcluir
  19. A capa desse livro é tão fofa <3 Adoro um bom romance adolescente e sobre assuntos que abordam o primeiro amor, ainda mais com um enredo tão leve. Fiquei curiosa para conhecer mais desta trama e já coloquei em minha lista de desejados.
    Bjs Joi!!

    ResponderExcluir
  20. Joi!
    Muito bom poder acompanhar um romance adolescente, carregado de temas dramáticos próprios da idade e ainda ser fofo e quase real..
    Adoro romances descomplicados e cheios de ternura como esse e gostaria muito de ler.
    Dizem que supera o amor de Ella e Micha, será?
    Uma semaninha mais que abençoada!
    “Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito.”(Machado de Assis)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  21. Concordo com voce sobre a capa,ela é linda mesmo, gostei da sua resenha, mas eu ainda estou indecisa se quero ou não ler esse livro, ele parece ser bom só que eu não tenho certeza se eu gostarei

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Pela sua resenha dá para perceber que é um livro super fofo mesmo.
    E os sentimentos nunca saem de moda né?
    E acredito que muito do que vivemos e como sentimos na adolescência, carregamos para a Vida Adulta, por isso que serve para qualquer idade!
    Ótima resenha!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  23. Oi Joi! O que é essa capa?! <3 sério me casaria com ela, haha, amei a premissa do liro e com essa resenha só me interessei mais pela leitura, um bom romance nunca sai de moda e eu amo isso, com certeza entro pra minha wishlist! Bjos

    ResponderExcluir
  24. Olá Joi! Amei a sua resenha, ficou ótima! Acho a capa desse livro super amorzinho, e tenho bastante vontade de ler a história, principalmente agora depois que você falou. Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
  25. Primeiramente, amei a capa. Uma lindeza! ❤ A história parece bem fofinha sem ser extremamente clichê, o que é formidável. Já quero!

    ResponderExcluir
  26. A capa é linda, da pra perceber que é um daqueles livros fofos que a gente tem que ter, vou colocar na lista.

    http://www.angelimcosmeticos.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Primeira resenha que leio sobre esse livro Joi, confesso que não esperava isso tudo do livro e devo te dizer que passaria sem olhar para esse livro lindamente, em uma livraria, se não tivesse lido sua resenha. Acho que o que me chamou bem atenção para este livro foi o fato de você dizer que os personagens são reais e que o "contraponto entre as maravilhas e as intempéries, totalmente possíveis, da adolescência" foram o que deixou você mais encantada. Também acho que o bom desse livro é o fato de que por ter personagens reais e por viver situações tão comuns, isso acaba gerando uma maior empatia em quem já foi adolescente (como eu) e já viveu uma ou outra situação apontado no livro.

    boa dica!
    bju

    ResponderExcluir
  28. Oi Joi!
    Primeiramente eu amei essa capa <3. Sua reação ao livro no começo da resenha só me fez ficar com mais vontade de ler, já tinha ouvido falar desse livro antes mas não tinha lido a sinopse. gostei o fato dos personagens parecerem reais, como se fossem nossos amigos. Sou uma grande fã de livros adolescente pois a maioria deles falam sobre essa fase que todos passamos, cheios de descobertas e descobrir que esse livro é assim ja o poe algumas posições acima na minha listinha.
    Obrigada pela dica. Adorei!

    ResponderExcluir
  29. A capa tá uma fofura...
    Inicialmente esse seria um livro que muito provavelmente passaria despercebido por mim, principalmente por se tratar de adolescentes.. mas após a resenha, sabendo que o autor foge dos clichês fiquei mais interessada. Esse toque de realidade, o mostrar as coisas como realmente são foi o que acabou chamando minha atenção.

    ResponderExcluir
  30. Caramba eu percebi hein, que a resenha ficou enorme ha, ha. Ele é tipo uma ficção adolescente né?! E cara apesar de tudo o que você falou, confesso que achei que tudo parece meio monótono. Mas com tantos pontos positivos que cê citou, com certeza vou ler. Ainda mais com uma capa diva dessas.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  31. Romance adolescente é tão lindo <3 a descoberta da nossa própria identidade. A superação dos primeiros desafios reais. Tudo isso é encantador. Acho que essa realidade que o autor fez questão de expôr no livro me fez ficar com vontade de lê-lo. Assim que tiver oportunidade irei comprar essa belezinha e mergulhar nesse universo!

    ResponderExcluir
  32. Oie
    Eu estava com um pé atrás com esse livro por ser um YA e os personagens serem muito imaturos mas agora posso ver que não é assim.Adorei os temas adolescentes que o autor abordou de uma maneira clara e sem ser cansativo.E ver o crescimento e desenvolvimento de personagens durante a leitura é tudo de bom.Além dessa capa suoer fofa e simples.

    ResponderExcluir
  33. A sua resenha focou em pontos que costumam me interessar quando procuro um livro do gênero Young Adult. Gosto bastante de histórias que são tão bem escritas a ponto de serem críveis, reais o suficiente para prender a minha atenção e até agir como se fosse possível acontecer comigo ou alguém próximo. O mesmo vale para os personagens, se consigo ter empatia com eles acabo me envolvendo bastante, ajo como se fosse cada um deles ou reajo tentando protege-los, oferecendo suporte ou algo assim. A capa também é bem fofa e remete a algo sutil e bem singelo. Enfim, a sua resenha me deixou bem interessada em ler “Rich e Mad”.

    ResponderExcluir
  34. Esse ano, me descobri uma amante do gênero YA e sempre que aparece algum, já procuro logo pra ler. A capa de "Rich e Mad" é super fofa e a historia igualmente, trata de conflitos que um dia todos já vivemos ou iremos, com certeza um livro excelente.

    ResponderExcluir
  35. Oi!
    Com certeza pareceu uma historia muito linda e fofa mas acima de tudo real e muito possível adorei a forma que o autor incorporal essa fase de adolescência tão bem no livro trazendo vários temas ligados a esse período da vida, fiquei interessada nesse livro !!!

    ResponderExcluir
  36. Gente, a capa desse livro é muito fofa >.<
    Ainda não conhecia o livro, mas já coloquei na minha listinha! A história parece ser bem fofa e encantadora!
    beijinhos :*

    ResponderExcluir