Resenha - Petrus Logus - O Guardião do Tempo


Petrus Logus - O Guardião do Tempo
Autor: Augusto Cury
Editora: Benvirá - Selo Saraiva
Gênero: Literatura Nacional / Distopia 
Páginas: 291
Sinopse: Skoob


Avaliação:



Oie, tudo bom?

Quando eu vi a capa desse livro pela primeira vez, quis muito conhecer essa história porque gosto muito dos textos do Augusto Cury, mas esse livro parecia ter uma premissa mais ficcional. Vamos conferir como foi minha experiência?

Petrus Logus - O Guardião do Tempo se passa 100 anos depois que a terceira guerra mundial dizimou milhares de pessoas e as principais cidades do planeta por causa do fim dos recursos naturais. Petrus é filho do Rei Apolo, que lidera o reino de Cosmus, um dos povos que se reergueu depois de tudo que aconteceu e se tornou um grande império. O protagonista é considerado um rebelde, bem diferente de seu irmão Lexus, considerado o sucessor natural do rei Apolo.

"Nas guerras, nunca há vencedores, há apenas os que perdem menos. Mas, na guerra das guerras, todos perderam demasiadamente. A humanidade chorou como jamais havia chorado."

Petrus aprendeu tudo que sabe com seu tutor Malthus, que o ensinou que o conhecimento é a melhor forma para uma população prosperar. Porém, as atitudes do garoto são vistas com desconfiança pelo rei e seus assessores, que colocam o rei Apolo contra o próprio filho. Por causa dessas intrigas, Petrus sofre uma severa punição por causa das suas convicções, mas não desiste de propagar conhecimento. Em Cosmus, não existem as tecnologias que temos atualmente e o sonho de Petrus é ter acesso a todos os livros do reino, mas esse seu desejo é visto como um ato de rebeldia extrema.

"Estes indivíduos tinha descoberto o pensamento central dos seres humanos verdadeiramente sábios> na essência, somos iguais; nas diferenças, nos respeitamos."

Com uma trama que mistura distopia com fantasia, Petrus Logus - O Guardião do Tempo é um livro criativo e diferente das histórias que costumo ler e resenhar. O autor nós faz pensar sobre as consequências do nosso consumo exagerado, nossas atitudes egoístas com o meio ambiente e nosso individualismo. Esse crítica ao individualismo me fez associar com a situação vivida pelos Sírios atualmente ao fugirem de seu país em busca de abrigo na Europa.

Petrus é um personagem extremamente bondoso e inteligente. Ele é a representação daqueles que buscam o conhecimento como uma forma de crescimento para as pessoas. Ele é altruísta, se sacrifica e sofre muito por causa de seus ideais. Muitas vezes ele parecia inocente e apático, mas depois entendi que esse era seu jeito.

Com várias lições ao longo da narrativa, o autor tem a intenção de fazer o leitor refletir sobre o futuro da humanidade. Ele conseguiu levar os ensinamentos que prega para uma trama fantástica. Soube criar um texto fluido e envolvente, mas abusou um pouco das frases de efeito e em alguns momentos elas acabaram me irritando.

Eu comecei a ler esse livro, mas parei e só retomei depois de um mês, mas isso aconteceu porque eu não estava no clima naquele momento. Falando assim parece que o texto é arrastado, mas ao contrário, ele é bem dinâmico e consegue prender o leitor.

A diagramação é simples com fonte confortável e capítulos curtos. Gostei muito dessa capa e da alusão que ela faz com a história do livro.

Trata-se de uma série e esse primeiro livro termina com alguns pontos soltos que precisam ser explicados no próximo. Não é um final aberto, mas eu queria mais explicações. Não foi uma leitura excepcional, mas é um livro que consegue entreter muito bem os leitores que curtem histórias de fantasia e distopia.

Beijos!


40 comentários :

  1. Olá!
    Eu gosto muito dos livros do Augusto Cury. E achei interessante ele mudar um pouco o estilo, mas pela sua resenha ele manteve a intenção de passar algo de bom, de mostrar como deveria e poderia ser, de fazer uma reflexão sobre as coisas da Vida, e nossas atitudes.
    Super curiosa para ler, não tinha visto ainda nada a respeito desse livro e gostei muito!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  2. Oi Dressa!
    Esse não é um tipo de livro que eu curta muito. Não tenho nada contra distopias, mas precisa despertar muito o meu interesse pra eu querer ler e aí não foi o caso desse livro, rs. Mas pra quem gosta, parece ser legal, já que vc citou que ele é diferente e criativo ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Estou um pouco cansada de distopias, eu acabei de ler algumas series e estou querendo dar uma pausa, nesse momento estou enfiada no romance, vou esperar sua resenha dos próximos livros dessa serie, quem sabe me animo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nd do Cury nem pretendia ler, mas dps da resenha, pensei e vi q seria uma boa ler esse livro. Adoro distopia e adoro mais ainda fantasia e qnd mistura os dois ó <3

    Www.cidadedosleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Aline
    Sempre tive curiosidade também de ler algo do autor, mas acho que nem começaria por este.
    Gostei de saber que é bom, e a escrita também, e acho que tem que estar no clima mesmo para ler.
    Como gosto dessa mistura de distopia com fantasia, quem sabe me anime para ler.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada desse autor, mas escuto várias pessoas falando bem dos livros e dos texto que ele escreve, e isso me faz com que eu tenho uma curiosidade enorme de ler os livros dele para ver se realmente e tão bom. Vejo que através desse livro ele vem inovando abordagem dos textos dele. Pretendo da uma chance para o livro dele mais para frente.

    ResponderExcluir
  7. Gosto de distopia, a história parece ser bem bacana, Petrus é um personagem forte, com uma bondade sem fim, achei lindo ele ser preocupado em ajudar o próximo, especialmente em relação ao conhecimento.A capa está muito linda, é um livro bem interessante, para ser lido futuramente.Beijos...

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Que pena que a leitura não foi excepcional. A capa e a sinopse prometem uma leitura bem interessante. Vou ler de qualquer forma, e espero me encantar de alguma forma por essa distopia fantástica... hehehe. Dois temas que eu amo.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi Dessa!!!
    Não li muita coisa do Augusto Cury, pois não gosto muito de auto-ajuda (e também não me apegue muito a escrita dele)
    Porém quando vi que ele escreveu uma distopia fiquei bem interessado pois amo o gênero.
    Ainda não o li, mas com certeza está na lista.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Oi Aline,

    Este não é o tipo de leitura que procuro no momento, mas o livro parece ser realmente muito interessante, criativo e tenho certeza que vai agradar aos leitores de fantasia e distopias, já que o livro é uma mistura de ambos.

    :)

    ResponderExcluir
  12. Olá, Aline.
    Não gosto muito do autor, mas como é um gênero diferente do que ele escreve, vou pensar. A capa é linda e chama muito a tenção. A história pareceu ser legal também, e adoro uma boa fantasia.

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada dessa autor, e nunca tive interesse. KKK
    Quando o livro lançou, ouvi algumas pessoas falando, mas nunca mais tinha ouvido nada dele.

    ResponderExcluir
  14. Eu já tentei ler Augusto Cury, mas não consegui curtir o livro e acabei deixando de lado. Esse tipo de história me desperta mais atenção e tal, mas ainda assim não sei se arriscaria a leitura (não gosto de largar um livro pela metade - e foi o que aconteceu quando tentei ler um do Cury :/

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  15. Oi Aline,
    Nunca li nada do Augusto Cury e acho que essa não seria uma boa história para começar. A história parece ser legal e tal, mas nada de emocionante. Estive lendo muita distopia e acho que quero dar um tempinho agora hahahaha. Além de ser uma série, não gosto de deixar as séries em aberto e parece que isso irá acontecer com os livros dele. Talvez vou procurar algo dele para ler.
    Beijinhos e ótima resenha! ♥

    ResponderExcluir
  16. Oi Aline, tudo bom? Já li só um livro do Augusto Cury e depois dele não me interessei mais. Fiquei sabendo há um tempo atrás que ele lançaria uma fantasia e depois de ler sua resenha fiquei bem curiosa quanto ao desenrolar. Vou dar uma conferida! Bjs

    ResponderExcluir
  17. Nossa, não sabia que o Cury escrevia esse tipo de livro :)
    Eu comecei a ler por sua causa, e adoro O Vendedor de Sonhos. Não sou fããã de livros como esse, mas por ser um ótimo escritor, a gente até quer conhecer né?
    Achei a capa parecida com as capas dos livros do Riordan, até acheique fosse dele. rs
    beijão!
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Achei bem diferente do que geralmente o autor escreve..mas não chamou minha atenção...

    Tenho dado prioridade a autores que eu goste ou livros que realmente despertem minha curiosidade.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Aline!
    Achei bem interessante a mudança d estilo do Augusto Cury e é uma característica dele as frases de efeitos. Achei que não aconteceria aqui, já que é um livro de fantasia.
    E a capa é fenomenal...
    “O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada com isso.”(Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  21. nunca li nenhum livro do autora ainda, e achei esse bem interessante já que é uma distopia coisa que eu adoro.

    ResponderExcluir
  22. nunca li nenhum livro do autora ainda, e achei esse bem interessante já que é uma distopia coisa que eu adoro.

    ResponderExcluir
  23. Não achei a historia muito interessante e como sei que provavelmente vou acabar abandonando esse livro por isso passo essa leitura adiante 😊

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Ainda não li nada do Augusto Cury, mas gostei do livro por se uma historia de ficção e diferente fiquei muito curiosa e se tiver uma oportunidade quero ler esse livro !!!

    ResponderExcluir
  25. Estou querendo ler este! Obrigado pelas dicas!

    Adorei o blog!
    Nos conheça também: https://www.youtube.com/AdmiravelLeitor

    bjs

    ResponderExcluir
  26. Eu não sabia que esse livro era do Augusto Cury. Eu já tinha visto a capa desse livro em alguns blogs mas nunca parei para ler uma resenha, para saber a sua historia.
    Achei a premissa boa e muito interessante, essa mistura de fantasia e distopia me agradou muito.
    Boa indicação de leitura, realmente pretendo lê-lo.

    ResponderExcluir
  27. Caramba, n tinha visto essa postagem. Eu TB adoro muito os livros do Augusto Cury, meu primeiro contato com ele foi com o vendedor de sonhos e não me decpecionei, concerteza vou procurar esse livro pra ler, gostei da premissa dele

    ResponderExcluir
  28. Adoro livros de distopia e de fantasia também, e como esse livro tem os dois gêneros misturados fiquei bem interessada e curiosa em relação a leitura, parece ser uma história bem interessante e despertou minha curiosidade, sua resenha está muito boa, pretendo ler o livro.

    ResponderExcluir
  29. Nunca li nenhum livro do Augusto Cury e nunca tive vontade,não porque tenho algo contra o autor só não me chama a atenção os livros dele, eu achei que esse livro era totalmente diferente que era meio infanto-juvenil que era de ação,esse tipo de livro não é meu estilo de leitura e nem sabia que era uma série.

    ResponderExcluir
  30. Oie
    Eu sou bem mais distopias do que fantasia mas essa mescla dos dois devem criar ótimas aventuras.Eu não conhecia o livro e ele não me chamou atenção ao ponto de eu querer le-lo mas a história deve ser muito bem escrita.E sendo uma série espero que lancem os próximos logo.

    ResponderExcluir
  31. OI! Eu gosto de distopias, mas não curto fantasia, teria que ser muito bom para que eu gostasse. Também gosto de Augusto Cury, mas esse livro não parece ser tão bom, gostei da reflexão que ele faz sobre o individualismo, acho que eu leria apenas para conferir essa parte.

    ResponderExcluir
  32. Achei essa capa linda, gostei muito dela.
    Eu não sabia que Augusto Cury escrevia historias de fantasia. Esse livro não me chamou tanta atenção mas como o autor é tão conhecido, estou curiosa para ler essa historia que ele criou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Oi Aline!
    Sempre ouço falar muito bem das obras do Augusto Cury, tenho um livro dele aqui mas ainda não consegui concluir a leitura, acho que não faz muito o meu gênero, mas assim que vi o lançamento dessa obra logo me interessei, por ser o primeiro livro ficticio do autor ( se não me engano ) já me chamou a atenção, amei muito também essa capa, enfim, ótima resenha, bjos.

    ResponderExcluir
  34. Eu achava que esse autor só escrevia livros de auto ajuda.
    Esse livro me chamou atenção tanto pela linda capa quanto pela historia. Estou bastante curiosa para saber como ficou essa obra de Augusto Cury. Com certeza lerei esse livro.

    ResponderExcluir
  35. Hello!!
    Nossa, quando vi a capa do livro, pensei em fantasia e tal, mas ai o nome do autor Augusto Cury me chamou a atenção.
    Bacana saber que a historia é criativa e diferente dos livros que aparecem aqui no blog, nao esperava mesmo.
    Gostei da ideia do autor de escrever uma distopia para fazer os leitor refletir sobre o futuro da humanidade.
    Gostei da resenha e da indicação do livro.
    Beijos.


    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Oi Aline, achei tão diferente o autor escrever leitura fantastica. Sabe, eu não estranho que o autor tenha levado os ensinamentos que prega, isso é bem normal né? Sobre a história eu gostei dela, pois acredito que o autor sabe envolver com a sua escrita. No entanto, saber que ele meio que abusou das frases de efeito e que isso acabou gerando alguns momentos que te irritou me deixou com um pé atrás...

    ResponderExcluir
  37. Oi,já tinha ouvido falar do livro mas não tinha despertado minha curiosidade,mas depois da resenha fiquei bem interessada em ler.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  38. Oi,já tinha ouvido falar do livro mas não tinha despertado minha curiosidade,mas depois da resenha fiquei bem interessada em ler.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  39. Antes de confirmar a compra deste livro vim aqui dar uma olhadinha na resenha e acabei confirmando a compra. Comparado aos aos outros blogs de resenha este é o mais completo. obrigado pela ajuda. Continuem assim <3 ps: não tenho blog nem nada pra comentar como então fica anonimo mesmo kkkk

    ResponderExcluir
  40. “Pessoal, olha só que novidade legal. O Augusto Cury acabou de lançar a continuação do Petrus Logus, denominado de Inimigos da Humanidade. Dá uma olhada nesse vídeo que apresenta a história: https://www.youtube.com/watch?v=QA-NQzZmIXQ. O mais legal é que dá pra baixar o primeiro capítulo grátis no http://campanhas.benvira.com.br/petrus-logus-2-augusto-cury/. Podem espalhar a novidade por aí!”

    ResponderExcluir