Literatura Nacional, Vamos Conhecer?


Olá, tudo bem com você? 

Hoje tem autor na coluna, conheça : 


O Fio de Ariadne



Quando nascemos já temos nossa trajetória preparada, escrita com os mínimos detalhes. Isso se chama destino. E quando ele decide por unir duas ou mais vidas, diversas coisas podem acontecer: uma relação amorosa, amizades, inveja, ódio e, inclusive, mortes.

Sara é uma jovem de dezoito anos que perdeu a mãe muito cedo e foi criada por Antônio, seu pai, que sempre procurou cobrir a filha com muito carinho, amor, atenção e uma proteção que aparentemente impedia que ela sofresse qualquer mal.

Porém, o destino submete todos à sua vontade. Sara é assombrada por fantasmas do passado de tal forma que a proteção tão bem construída por Antônio pode vir a ruir. Haverá salvação para a iminente destruição?
 

Confira agora o bate papo com o autor: 

Nome: Thor Resende

Idade: 21 anos


Cidade Onde Mora: Belo Horizonte/MG
 
Como surgiu a ideia de escrever “O Fio de Ariadne”? “O Fio de Ariadne” nasceu em um click. A história percorreu minha cabeça, em minutos eu a passei para o papel e em poucos dias ela estava estruturada. Foi aí que comecei a escrever. Apesar de ter sido tão rápido o surgimento da história, minha vontade de escrever vem desde os treze anos. Lembro que por diversas vezes comecei a escrever algumas estórias que não foram pra frente, mas essa vontade sempre esteve comigo, até que encontrei a estória certa, que se tornou meu primeiro livro. 
 
Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? O processo de escrita do livro foi bem rápido. Escrevi de novembro de 2014 a março de 2015. Foram cinco meses de trabalho intenso e muito prazeroso.
 O que o leitor pode esperar de “O Fio de Ariadne”?
“O Fio de Ariadne” é um romance policial incomum. Sem deixar as características do gênero de lado, mesclei a narrativa em primeira e terceira pessoa, em determinados momentos contando a história da jovem Sara e em outros explorando as tênues linhas investigativas do homicídio de Alexandre Mitraud, um famoso empresário brasileiro. Os leitores podem esperar um livro com uma ótima estória, eletrizante e marcante. Será impossível parar de ler antes do fim!
Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever?
Nossa! Essa é a pergunta mais difícil... Rsrs. Acho que os leitores do blog me entendem. É muito difícil selecionar apenas um autor preferido, então peço licença e vou fingir que não vi que a pergunta está no singular e vou citar alguns autores que gosto muito e que de alguma forma me inspiraram a escrever. Nora Roberts, J.K. Rowling, Agatha Christie, Sidney Sheldon, George Martin, Stephen King são alguns autores internacionais que gosto bastante. Na literatura brasileira, gosto muito de Raphael Montes, Jô Soares, Carolina Munhóz, Eduardo Spohr, Raphael Draccon e Lycia Barros. De todos estes que citei (fiz um esforço gigante para citar apenas alguns, rsrs) os que mais me influenciaram a escrever foram, sem dúvida alguma, Jô Soares e Lycia Barros. Amo de paixão esses dois!
 
Se “O Fio de Ariadne” pudesse ter uma trilha sonora, qual música você escolheria? Eu escolheria “Requiem for a Dream”, que foi uma música que me acompanhou durante grande parte da escrita.
 
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Além da carreira de escritor, faço Direito na UFMG e trabalho no Ministério Público de Minas Gerais. Costumo dizer que sou estudante de Direito por opção, escritor por vocação e muito apaixonado pelo que faço. Rs. 
 
Deixe uma mensagem para nossos leitores: Deixo meu muito obrigado a cada um de vocês que nos incentivam a escrever, pois sem vocês nós não seríamos nada. A filósofa Márcia Tiburi certa vez disse que os livros quando estão fechados são mortos e para que ganhem vida eles precisam dos leitores. Então, muito obrigado por darem vida às nossas estórias! Agradeço também à Andressa pela oportunidade de mostrar a vocês um pouquinho sobre o meu primeiro livro. Foi muito bom estar com vocês! Muitíssimo obrigado e não deixem de ler “O Fio de Ariadne”! Vocês não vão se arrepender.

Espero que tenham gostado!!!

Beijos 

Até mais!




15 comentários :

  1. Gostei bastante da história desse livro, amo livros policiais. Desejo sucesso ao autor, sei como é difícil um brasileiro conseguir lançar um livro.

    ResponderExcluir
  2. Oi Andressa é tão bom conhecer novos escritores e ainda mais brasileiros amei a sinopse e ele é de minas gerais que orgulho bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Ele é um fofo *-*
    Amei muito a entrevista.
    Louca para ler o livro!
    Desejo muito sucesso!
    Um beijão.

    ResponderExcluir
  4. Andressa!
    Fiquei interessada principalmente porque é um livro policial, gÊnero que gosto muito.
    Bom conhecer mais sobre o processo criativo do Thor e saber que tão jovem já lança seu livro.
    Sucesso!
    “Feliz Ano Novo, que este ano seja superado pelo velho em felicidades, amor, esperança, fé, paz e que o ano seguinte seja em dobro, tenha um feliz e prospero ano novo.” (Chium)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Amei a sinopse, quero muito ler.
    Desejo muito sucesso ao autor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Muito boa a sinopse e ele é bem carismático!
    Que ele tenha muito sucesso e eu grana pra ajudar comprando esse livro e os próximos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Andressa.
    Eu ainda não conhecia nem o autor nem o livro. Pela sinopse não dá para saber muito sobre ele, lendo a entrevista que descobri se tratar de um romance policial, gênero que gosto muito, mas vou pesquisar mais sobre ele para saber se quero ler ou não.

    ResponderExcluir
  8. Parece ser bastante interessante a estória, quero ler com certeza! Ótima entrevista.

    ResponderExcluir
  9. O Thor é uma graça de pessoa, vê a vida com simplicidade, gostei desse livro, falando sobre destino, os acontecimentos que a vida nos proporciona, boa sorte e que venham muitos livros!!!Beijos...

    ResponderExcluir
  10. Sucesso para o autor nesse seu primeiro livro, gostei da entrevista e tenho interesse me ler esse romance policial.

    ResponderExcluir
  11. Oi Dessa,
    Amo romance policial e com certeza quando abrir um tempinho nas minhas leituras vou lê-lo. Apesar de não entre muito bem a história deste livro.
    Desejo sucesso ao autor!
    Beijos! s2

    ResponderExcluir
  12. Gosto bastante dessa coluna, é muito bom conhecer autores nacionais. A sua obra me chamou bastante atenção. Super leria!

    ResponderExcluir
  13. É sempre bom conhecer novos autores e livros da literatura brasileira, pela sinopse esse livro parece ser muito bom, quem sabe futuramente eu leia.

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Gostei do livro a historia parece muito legal ainda mais falando de Destino que acho um tema bem interessante e gostei de ser romance policial !!

    ResponderExcluir
  15. Olá, fiquei muito interessada nesse livro, pelo próprio autor descrever como um romance policial incomum, e eletrizante e não tem como para de ler, amo romances policiais, comecei lendo Harlan Coben!!

    ResponderExcluir