Resenha - Desejo Proibido


Desejo Proibido
Autora: Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Estrangeira/Romance/ New Adult
Páginas: 416
Sinopse: Skoob


Avaliação: 
 

Oie, tudo bom?


Nossa, tem um tempinho que não aparece resenha minha por aqui, não é mesmo? Mas, estou de volta e dessa vez para falar de Desejo Proibido, um livro que derrubou forninhos.

Katherine Lane perdeu o pai aos nove anos, durante uma agressão que ela presenciou enquanto eles andavam na rua. Naquele dia, ela não conseguiu fazer nada para ajudá-lo, mas foi salva por uma pessoa que a retirou do local enquanto a polícia chegava. Durante várias sessões de terapia e depoimentos, Kat foi aconselhada de que aquela pessoa tinha sido criada pela sua imaginação por causa do estresse causado pela perda do pai. 

Anos depois ela virou uma ótima professora e mesmo com oportunidades em renomadas escolas, ela decide dar aulas para presidiários na penitenciária Artur Kill. Nessa penitenciária conhecemos Wes Carter, um jovem detento que não consegue controlar seu temperamento. Ele tem uma ficha extensa com a polícia por seu envolvimento com drogas e confusões. Seu orientador avisa que ele precisa fazer alguma atividade na prisão para ajudá-lo com a condicional e ele passa a ter aulas com a Kat. Quando os dois se encontram rola uma certa química, mas nenhum dos dois entende o que está acontecendo entre eles.

"Ela não fazia ideia do que Carter tinha que a deixava tão pilhada, tão fora de controle. Ele era, no fim das contas, como todos os outros homens para quem ela dava aula. Bom, isso não era totalmente verdade; ele era muito mais combativo, agressivo e - ela tremeu só de pensar - muito atraente também."

Ao longo das aulas, os dois se aproximam, mesmo que sejam de universos tão diferentes. Eles sabem que as pessoas vão julgar, mas fica cada vez mais difícil esconder aquele sentimento.

Nossa, quando me disseram que esse livro é bom, eu acreditei. Mas, me enganaram porque o livro é sensacional. Eu sou suspeita para falar de livros do gênero New Adult, mas poucas vezes li uma história com drama, romance e sensualidade na medida certa.

Carter é um cara que fez as escolhas erradas e agora está pagando por isso. Ele não é ruim, pelo contrário, é um cara muito bacana (a verdade é que eu quero dizer Maravilhoso, Sexy e Gato). Ele ajuda os amigos, é gentil com quem ama e muito solidário. Gostei do personagem logo de cara e não me decepcionei ao longo da leitura. Kat já é mais retraída, mas ela sempre viveu assustada com o que ocorreu com o pai. Na vida adulta ela se viu obrigada a fazer algo para ajudar os outros e ser professora em uma escola particular não era o suficiente para sanar seu altruísmo. Mesmo com a oposição da mãe e dos amigos, ela aceita o emprego que mudaria tudo em sua vida. Esse foi o grande trunfo desse livro, ter personagens que se destacam pelas suas características.

"Kat não sabia por que, mas sempre soube que Carter nunca faria algo que lhe causasse dor física. Ela se sentia segura ao seu lado. Se sentira assim até mesmo quando ele arremessara uma carteira pela sala de aula. Havia algo em seus olhos, na maneira como se movia perto dela, que fazia Kat se sentir imune a qualquer perigo." 

Os dois protagonistas são cativantes e interessantes. O Carter não tem aquela estigma de bad boy, mesmo com suas características explosivas, e a Kat é muito determinada e inteligente. Preciso destacar que adorei a mocinha desse livro por não ficar choramingando pelos cantos quando algo não dá certo. Ela até chorava, mas conseguia tomar as decisões certas.

"O fogo e a força de Kat, bem como sua ternura e sensibilidade, eram o que a tornava tão especial. Ela podia ser feroz, mas também conseguia ser delicada e calma: o fogo ardente e calor relaxante. Carter adorava o fato dela o manter alerta." 

Um dos aspectos mais positivos do livro é que a autora conseguiu escrever um romance intenso e ao mesmo tempo delicado. A Sophie Jackson criou expectativas que me deixaram ansiosa e torcendo para que tudo desse certo. Achei muito interessante o fato dela ter colocado um presidiário como mocinho porque isso quebra um pouco o preconceito imediato que as pessoas tem, além de ser uma trama diferente do que costuma aparecer nos romances ficcionais.

Só não dei 5 xícaras de chocolate quente para ele, porque alguns conflitos entre os personagens foram resolvidos rápido demais e isso sempre me incomoda nos livros. Apesar disso, Desejo Proibido foi uma das melhores leituras do mês e já entrou para os preferidos do ano. A escrita da autora é muito fluida e consegui fazer a leitura em algumas horas, mesmo com suas 400 páginas

Com uma narrativa envolvente e apaixonante, esse livro consegue conquistar e entreter o leitor. Ambientado em Nova York, ele te leva pelas ruas da cidade sob o olhar de seus protagonistas. Recomendo muito!

Beijos!

9 comentários :

  1. Pela sua resenha o livro parece ser muito bom e uma leitura que realmente vale a pena, mas se tem um gênero que eu não gosto, é new adult. Acho que deveria deixar meu preconceito de lado e ler algum livro do gênero, mas tenho tantos outros livros que quero ler que a vez deles nunca chega.

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Apesar de não curtir muito o gênero, curti muito sua resenha. Vou deixar aqui anotado na minha listinha, vai q me surpreende assim como Entre o agora e o nunca q eu simplesmente amei.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Muito bacana a sua resenha. Vou tentar conferir o livro!

    ResponderExcluir
  4. Muito bacana a sua resenha. Vou tentar conferir o livro!

    ResponderExcluir
  5. Não curto livro hot, mas também não resisto a um romance avassalador, lindo, e que prende o leitor do começo ao fim, e acho que esse livro e um desses.
    Já tinha visto esse livro em outros lugares, porém nunca tinha me despertado interesse pois eu pensei que ele fosse igual a todos os outros livros do mesmo gênero, e pelo jeito me enganei, vou ler esse livro com certeza.

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bom! Nunca tinha lido nenhuma resenha sobre ele. Os personagens parecem ser avassaladores e intrigantes... ótima resenha!
    Luana Agra - Blog Sector 12 - http://sector-12.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. A história é bem interessante, um casal com suas diferenças que são unidos pelo amor e pela força de vontade de vencer seus medos, a capa está muito bonita, beijos...

    ResponderExcluir
  8. Oi Dressa!
    Derrubou forninhos é ótimo! Lembro que a Paty tb gostou, inclusive deve ta comendo Oreo até hoje hahahaha
    Tô doida pra ler tb! Adorei saber que a mocinha não é cheia de mimimi pq detesto reclamonas rsrs

    ResponderExcluir
  9. De fato eu nunca me interessei muito por livros com essa temática, mas esse está sendo um dos únicos que eu sinto realmente vontade de ler, que realmente me interessa. Acho que a minha lista de livros vai aumentar esse ano drasticamente. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir