Resenha A Livraria dos Finais Felizes


A Livraria dos Finais Felizes


Autor: Kataria Bivald
Editora: Suma de Letras
Gênero: Literatura Estrangeira/Romance
Páginas: 336
Sinopse: Skoob

Avaliação:


Bom dia leitores, como estão?
Olha eu aqui novamente, sentiram minha falta? Nem deu tempo não é?! ahahah

Vamos falar sobre mais um lançamento da Editora Suma de Letras?

A Livraria dos Finais Felizes é desses livros que te ganha pela capa e pela sinopse logo de cara e ficamos loucos para ler.

Sara tem vinte oito anos e é sueca, uma pessoa pacata, solitária e que tem uma paixão ardente por livros, talvez uma de suas maiores alegrias na vida. Para muitos sua rotina de vida é de alguém com sérios problemas, já que sua companhia diária são suas leituras (mas entendo um pouco Sara – apesar de não ser exatamente como ela). Em uma venda pela internet ela acaba conhecendo Amy que também nutre uma enorme paixão pela leitura. Amy vive distante de Sara, em Broken Wheel, uma cidade no Iowa, daquelas que a vizinhança inteira é velha conhecidos e tudo é familiar. Então Amy e Sara passam a se corresponder e trocar informações sobre leitores e autores e Amy vai introduzindo Sara em seu mundo, passando informações sobre as pessoas onde mora e como vive e claro que Amy convida diversas vezes Sara para visita-la.

As mudanças na vida de Sara ocorrem quando ela fica desempregada e acaba aceitando o convite de Amy de ir visita-la. Sara então se vê no meio de um lugar totalmente diferente do seu habitat natural, cercada de pessoas desconhecidas ou não, já que ouviu tanto falar de cada um deles. A cidade é tão pequena e talvez sem uma perspectiva que está simplesmente se esvaindo, as pessoas estão procurando novos horizontes para dar conta de suas despesas, indo em busca de empregos e condições mais garantidas de vida.. Mas ainda assim, há aqueles moradores que se agarram a esperança de que as coisas possam melhorar e insistem em permanecer naquele local que chamam de lar com tanto prazer. Todos recebem Sara muito bem e acreditam que ela possa trazer boas energias e ela decide que Broken precisa de uma livraria para que as pessoas tenham a oportunidade de renovar esperanças, viajar pelo mundo da fantasia e ter finais felizes.

Uma leitura leve que traz esperanças, medos e muitas mudanças que por mais simples que sejam fazem toda a diferença.

Outra coisa interessante é que durante a leitura a autora menciona obras e autores e isso acaba nos dando a sensação de fazer parte da história e você se pega anotando essas citações para posteriormente procurar a respeito. A parte da história que não me agradou muito foi a de dar um par romântico para a protagonista, acho que ela não precisava disso e que as coisas soaram um pouco exageradas. Mas essa é minha opinião.

A história é leve e descontraída e funciona muito bem para uma leitura sem aquelas expectativas enormes. Gostei da leitura.



Nenhum comentário :

Postar um comentário