Resenha - Uma História de Solidão

Uma História de Solidão


Autor: John Boyne
Editora: Cia das Letras
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 416
Sinopse: Skoob

Avaliação:




Oi gente, tudo bem? Vamos falar sobre um livro do tão conhecido John Boyne? Quem aí já leu algo dele levanta a mão \o/

O que acharam?

John Boyne é conhecido por livros maravilhosos que marcam e tornaram-se campeão e agora ele nos trouxe mais uma vez um tema bastante polêmico onde trata-se de pedofilia dentro da Igreja Católica. Uma História de Solidão se passa na Irlanda dos anos setenta e conhecemos Odran e sua história desde a infância, marcada por fatos trágicos e que certamente mudam uma pessoa para sempre, sua mãe tornou-se beata de igreja, beirando o fanatismo o que inclui que a decisão dela para vida do filho era o que ela achava que era certo, ele deveria ser padre, segundo sua vontade e com isso conforme o tempo passa e ele vai tendo idade e discernimento acaba entrando em um seminário no intuito de realizar o que o destino parece ter como propósito. Odran aceitou seu destino muito bem e até conseguiu um amigo que também acabou naquele lugar pela vontade do pai. Seu amigo Tom não aceita nada bem a imposição do pai e está completamente infeliz com a situação, enquanto para Odran é apenas algo que ele precisa aceitar e fazer. O tempo passa e ambos acabam seguindo o rumo que a Igreja tem para eles como proposta, mesmo assim os dois permanecem grandes amigos, independente do lugar onde estejam ou do passar dos anos.

O que vemos é que durante todo o crescimento e aceitação de Odran para com seu futuro ele é muito pacato e uma pessoa que faz o que precisa fazer, nada mais, não questiona, não se revolta, apenas aceita o que a vida tem para si e em dado momento percebemos os casos de pedofilia e a postura de Odran nada mais é que fingir que não sabe, ou não viu, ou não sei. Isso foi algo que me incomodou por demais; porém retrata uma realidade tão bem conhecida por todos nós sobre casos assim que ocorreram no passado e ainda nos dias de hoje vem um ou outro à tona na mídia.

Enfim, Uma História de solidão levanta uma questão bastante polêmica não somente relacionada a pedofilia, mas também ao fanatismo, a crença cega entre outros. Não foi um dos melhores livros que eu li do autor, mas de todo não foi ruim.

Um comentário :

  1. Ainda não tinha lido nenhum livro desse autor, mas quando li essa resenha me interessei bastante. Ótimo post. Estou seguindo este blog, muito lindo (:

    ResponderExcluir