Resenha - Chapeuzinho Esfarrapado


Autor: Ethel Johnston Phelps
Editora: Seguinte
Gênero: Infantojuvenil
Páginas: 248
Sinopse: Skoob

Avaliação:





"As histórias são importantes.
Elas estão entre as primeiras coisas que escutamos. Era uma vez, a mãe ou o pai sussurra para o bebê. E uma história começa."
Gayle Forman. 




Chapeuzinho Esfarrapado é mais um livro para os amantes de contos clássicos como eu, mas que se apaixonaram por reinvenções baseadas naqueles clássicos antigos contados quando éramos crianças.

Neste volume somos agraciados com uma coletânea incrível que nos traz o feminismo por assim dizer, das mulheres antes tidas como frágeis e inofensivas e agora em versões renovadas, fortes e empoderadas, donas de si que não precisam mais de um príncipe para lhes salvar e lhes dar uma vida bela e sim vão atrás do que desejam de verdade, conquistando por si seus objetivos.



Histórias assim me conquistam completamente, afinal a mulher do nosso século corre atrás do que quer, se esforça, trabalha, cuida da casa, dos filhos, não necessitando mais de alguém que faça tudo e sim somando energias e esforços para alcançar objetivos comuns.






Há... O livro conta com prefácio de Gayle Forman e ilustrações lindas de Barbara Malagoli.





Algumas das histórias contidas no livro são: Chapeuzinho Esfarrapado, Kate Quebra-Nozes, O príncipe e seus três destinos, A lebre perseguida, O lago da Gansa Selvagem, entre outros.

Não se engane pensando... “É uma história para mulheres, pois não é! ” Tem diversas lições para ambos os sexos e histórias para muitos gostos. A leitura é simplesmente maravilhosa e agradeço a oportunidade de ter recebido o livro de cortesia pela Editora Seguinte.

Super recomendado! 


Nenhum comentário :

Postar um comentário