Resenha - A Prisão do Rei


A Prisão do Rei

Série: A Rainha Vermelha #3
Autora: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia / Ficção / Literatura Estrangeira
Páginas:552
Sinopse: Skoob

Avaliação:




Bom dia, como estão? Para aqueles que não sabem, eu amo demais essa série e entre a espera de um e outro dava uma agonia enorme para saber o que iria acontecer.

Quem ainda não leu, não sabe o que está perdendo!
 
Resenhas de volumes anteriores: A Rainha Vermelha
                                                     Coroa Cruel
                                                     Espada de Vidro

Bom.. A Prisão do Rei é um livro que continua dando sequência onde Espada de Vidro termina; lembrando que os livros são Rainha Vermelha, Espada de Vidro e agora A Prisão do Rei - os outros Coroa Cruel, Cicatrizes de aço, Canção da Rainha são histórias à parte que se passam antes, durante ou depois de determinadas situações.

Tentarei dar o menos spoilers possíveis dos livros anteriores.. pois certamente alguém aqui ainda não leu, e acaba sendo sem graça.. então cuidado ao ler as resenhas anteriores e essa também!

Victoria Aveyard me deixa meio louca nos finais de cada história, pois sempre algo muito importante acontece e você fica com o fôlego preso, enquanto imagina quando será o próximo lançamento.. E não sei se acontece com vocês.. Mas quase morro quando amo uma história e sei que ainda levará um tempo para vir a próxima. Então, quando terminei de ler Espada de Vidro, "quase tive um filho" pensando: "Como ela pode terminar assim, e agora?" (põe várias carinhas de desespero aqui!). Então eis que chega em minhas mãos este volume, que confesso ter lido em doses homeopáticas, não por ser menos interessante, ou chato e etc., Mas por não querer que a história chegasse a página final! (me senti meio louca!). Mas claro que cheguei ao final e vim contar minha experiência. 

Enquanto fiquei com o final do anterior engasgado com Mare mais uma vez nas mãos do louco do Maven e moça submissa e com sua eletricidade "apagada" a força.. Em A Prisão do Rei percebemos que o sofrimento durou um bom tempo, até que finalmente nossa heroína percebe que muitos ainda estão morrendo tentando impedir que ela continue sob domínio de Maven e também ela vai entendendo melhor a mente "doentia" "cruel" de Maven.

Enquanto isso Maven usa a Mare como bem entende e traça planos que provoca ira nas casas da realeza, ele é muito manipulador e quer as coisas do jeito dele. Quer dominar a qualquer custo e assim vai perdendo inclusive as "parcerias" e "apoio" daqueles que estavam ao seu lado antes. Novas alianças são formadas e a guerra continua cada vez mais voraz. 
 
O que será que acontecerá em meio a uma guerra imensa, novas intrigas e disputas e Mare e Maven?
Vamos ler galera!
 

Este livro traz muita informação sobre o mundo criado pela autora, assim como costumes, políticas e etc., e por esse motivo até certo ponto é uma leitura mais morna, mas esquenta em certos pontos, frustra em outros.. por este motivo não favoritei minha leitura dessa vez. Achei que teve uma enrolação em demasia para chegar a determinados pontos. Mesmo assim, ainda é uma série mega querida, mesmo assim a autora não decepciona, apesar da enrolação.. Então continuo achando uma leitura ótima! Mas não esperem o mesmo ritmo das anteriores!

O final deste livro? Como de praxe traz ainda mais agonia que o seu antecessor. E agora? O que me resta além de esperar?



 
 

Nenhum comentário :

Postar um comentário