Literatura Nacional, Vamos Conhecer?






Olá , tudo bem com você?

Hoje é dia de conhecer mais um livro nacional :  


 "Fronteiras do Mundo Antigo: Caçado"


A notícia de que a mãe de Kobalde deverá se entregar a Lorde Balder não poderia ter sido... pior. Ele presencia um feroz ataque a sua província, orquestrado por Balder, e a partir daí precisará encontrar uma maneira de impedir que esse desconhecido homem leve embora à força sua mãe. Mas o que Kobalde irá fazer? Como ele poderá derrotar um Lorde tão poderoso quanto Balder? Munido de força e esperança, e também acompanhado da bela e corajosa Akira e do atrapalhado e inteligente Niorde, Kobalde se lançará em uma perigosa jornada em busca do Sopro do Dragão, um objeto mágico e poderoso. Um artefato que Kobalde há muito ouviu falar durante seus estranhos e atormentadores pesadelos. Na caçada incessante pela única arma que ele acredita poder barrar Balder antes que ele leve embora sua mãe e destrua o seu povo, Kobalde descobrirá todos os segredos que rondam o seu passado e que ficaram escondidos durante muito tempo. Mas Kobalde terá forças para vencer todos os obstáculos que aparecerão pela frente? Será que ele encontrará o tão poderoso Sopro do Dragão? Todos, inclusive Kobalde, querem descobrir...

Confira agora o bate papo com o autor:

Nome: Dedson Santos Vilarindo (D. S. Vilarindo).


Idade: 26 anos.

Cidade Onde Mora: Açailândia/MA

Como surgiu a ideia de escrever "Fronteiras do Mundo Antigo: Caçado" ?
Sempre gostei muito de Literatura Fantástica, desse universo onde criaturas mágicas protagonizam. Para início de conversa, eu nunca pensei em ser escritor, apesar de sempre estar envolvido nesse universo literário. Mas a ideia para o “Fronteiras do Mundo Antigo: Caçado” surgiu ao acaso. De início pensei em alguém sendo caçado por outra pessoa, uma espécie de caçador em busca de uma presa. Não escrevi isso de cara, não rabisquei papel com ideias ou coisa parecida. Mas aquilo ficou martelando na minha cabeça por muito tempo, ainda que eu tenha relutado em por tudo no papel. Um belo dia decidi que não poderia mais fugir, então rascunhei algumas coisas e dei inicio a escrita do livro. Tudo muito devagar, pois escrever um livro requer tempo, dedicação, amor e o principal de tudo, habilidade com as palavras.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta?
Levei em média um ano para deixá-lo pronto, o que não levo em consideração as tantas revisões que fiz nele. Uma espécie de processo de lapidação.

O que o leitor pode esperar de "Fronteiras do Mundo Antigo: Caçado" ?
Eu sempre brinco que o “Fronteiras do Mundo Antigo: Caçado” é uma extensão de mim agora. Então o leitor pode esperar dele um livro repleto de magia, personagens de personalidade forte, reviravoltas, traição, humor, alegria, romance. Acredito que muito mais que isso. O leitor poderá viver neste livro a força da amizade, a superação e o amor fraterno.

"Fronteiras do Mundo Antigo: Caçado"  tem chances de virar uma série?
Muito mais do que chances, pois o “Fronteiras do Mundo Antigo” é uma trilogia. Lançado agora pela editora PenDragon, temos o livro um com o título: “Caçado”. Na sequência teremos: “Tentado”, livro dois, e “Destinado”, livro três.

Você tem algum autor ou autora ou livro preferido que de alguma maneira te inspirou a escrever "Fronteiras do Mundo Antigo: Caçado" ?
Tenho muitos autores como referência e muitos livros também. Eu passaria o dia inteiro e encheria inúmeras páginas desta entrevista apenas citando autores e livros que de certa forma influenciaram a minha escrita. Mas vou tentar ser o mais breve possível.
J. R. R. Tolkien – Trilogia “O Senhor dos Anéis”.
Raphael Draccon – Trilogia “Dragões de Éter”.
J. K. Rowling – Série “Harry Potter”.
Cornelia Funke – “Mundo de Tinta”.

Se "Fronteiras do Mundo Antigo: Caçado" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria?
Prefiro deixar o leito escolher sua própria trilha sonora.

Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão?
Sou professor de Língua Portuguesa e diretor em uma escola particular. Isso tem me sustentado, pois viver de escrever no Brasil é muito difícil. Mas pretendo um dia viver apenas da minha escrita. Espero que o público possa enxergar as qualidades do meu trabalho.

Deixe uma mensagem para nossos leitores
Bom, pessoal, eu gostaria de convidá-los a ingressar no mundo de Kobalde, o protagonista do “Fronteiras do Mundos Antigo”. É um livro cheio de segredos e reviravoltas, além de um romance que protagoniza as páginas desse livro. Espero que quem adquirir este livro possa se deleitar com a história. Foi uma obra que me empenhei muito para deixar ao gosto do leitor, com uma narrativa fluida e direta. Espero que gostem dos personagens, protagonistas e antagonistas, e a da trama no geral. Enfim, espero que vocês viagem neste livro.

Quem estiver interessado em ler o seu livro onde pode comprar?


Espero que tenha gostado de conhecer mais um autor nacional !

Beijos 


Até mais!



Nenhum comentário :

Postar um comentário