Resenha: Sorrisos Quebrados

Sorrisos Quebrados

Autora: Sofia Silva
Editora:Valentina
 Gênero: Drama / Erótico / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance
Páginas: 240
Sinopse: Skoob

Avaliação:


"Sorrisos Quebrados" gira em torno de três personagens: Paola, Sol e André e é narrada em primeira pessoa.

Paola é uma mulher que viveu constantemente com medo. Quando se casou com Roberto, acreditou que teria o seu final feliz, mas na verdade mergulhou de cabeça em um pesadelo sem fim.

Enquanto que todos acreditam que o marido é um homem maravilhoso, Paola sofre nas mãos de um homem possessivo, ciumento e violento. O casamento é uma verdadeira tortura, tanto física quanto emocional. Até que em um momento de coragem ela decide abandoná-lo, mas Roberto descobre e a tortura, deixando-a quase morta e desfigurada.

Alguns anos se passam e Paola vive em uma clínica, onde encontra forças para pintar e a viver com seus monstros. Ela tem alguns dias muito ruins, dias que qualquer coisa é um gatilho para o seu passado e a deixam totalmente desestruturada.

André é um pai devoto a sua filhinha Sol, que após passar por um relacionamento complicado, fechou o seu coração para qualquer relacionamento amoroso. Tudo o que ele deseja é que Sol, uma garotinha com problemas de socialização e grandes traumas, consiga superar o passado e ter uma vida feliz.

Ele é voluntário na clínica onde Paola mora e sua filha é paciente de lá. Acontece que Sol é uma garotinha que se apega a Paola e as suas pinturas e André começa a ficar cada vez mais curioso com essa mulher que tem o olhar tão perdido.

Porém, nenhum dos dois está disposto a ter um relacionamento ou a abrir seu coração e dar uma nova chance ao amor. Será que entre as dores e o passado, esses três personagens terão um futuro repleto de amor? 
"Abro a gaveta e pego as chaves do carro que não dirijo há dois anos, mas não resisto e olho para as nossas fotos. Como alguém vai acreditar em mim se ele parece um príncipe: alto, louro, olhos claros e sorriso apaixonado? As mesmas fotografias em que, se alguém analisar com atenção, perceberá que o meu sorriso, com o passar do tempo, vai diminuindo e a mão dele na minha cintura vai aumentando, apertando, sufocando… Esmagando."
O livro é doce e cheio de momentos agridoces. É uma obra narrada com muito sentimento e seu enredo é muito bem desenvolvido e cheio de altos e baixos. É a história sobre pessoas que estão quebradas e sobrevivendo em um mundo sombrio e doloroso.

Nenhum comentário :

Postar um comentário