Resenha: A Faca Sutil

A Faca Sutil
Autor: Philip Pullman
Série: Fronteiras do Universo #2
Editora: Suma das Letras
 Gênero: Literatura Estrangeira / Aventura
Sinopse:Skoob

Avaliação:


Este é o segundo volume da trilogia Fronteiras do Universo. O primeiro volume já saiu resenha e vocês podem ler CLICANDO AQUI!

Neste segundo volume como estamos completamente imersos na história a adrenalina corre solta, pois vivemos junto aos personagens muito mais aventuras e perigos; aqui iremos conhecer os outros mundos existentes, temos outros dois mundos além do mundo que conhecemos que é o de Lyra. Um dos mundos é comum, ou seja sem daemons, normal como o nosso da vida real, e onde Lyra encontrará Will. Lyra e Will se conhecem em um mundo paralelo que é uma espécie de ligação entre todos os mundos. A forma como Will vai parar ali é acidental e mesmo assim, ali ele encontra o réfúgio que precisa, ele enfrenta em seu mundo problemas por conta do sumiço de seu pai e misteriosas e estranhas cartas. Parece que o pai de Will de alguma forma foi parar em outro mundo. Lyra encontra esse mundo que serve de elo ao cruzar a ponte que seu pai criou e claro ambos se conhecem e se unem, afinal os dois enfrentam problemas e precisam de apoio. Enquanto um ajuda o outro em seus propósitos novas aventuras surgem a cada descoberta.

Esse mundo que serve de elo entre os mundos, é na verdade uma espécie de cidade chamada Cittàgazze, onde os habitantes são crianças e nessa cidade tem espectros aterrorizantes, que não estão ali para atacar as crianças e sim os adultos. Não posso entrar em detalhes, se não irei dar muitos spoilers e sei que nem todos gostam disso, então.. Não vou me estender nesse assunto.

Como no primeiro volume o título tinha grande importância para a história, no segundo não é diferente.. Então pensem em A Faca Sútil, como um objeto que fará parte da história e talvez um dos mais importante, a faca abre as "fronteiras do universo" permitindo ir além de seu mundo, de vários mundos e tendo poder contrário também.

Este livro é tão interessante quanto o primeiro, talvez até mais, uma coisa difícil é um autor vir e conseguir fazer um segundo volume melhor que o primeiro; e foi exatamente isso que Pullman fez. Além dos personagens já conhecidos na primeira parte da trama, nesta segunda parte temos muitas novidades fantásticas que fazem todo sentido e juntam partes de quebra cabeças importantes e nos traz mais aventuras e mistérios a cerca das situações.

Não estamos falando apenas de uma história fantástica, mas de uma história completa que nos traz a fantasia, mas também temas fundamentais para reflexões importantes e que podem transbordar às páginas e tocar o leitor que estiver lendo de formas diferentes!

Mais uma vez vou falar da capa - PERFEITA! Só faltou as ilustrações!

Recomendo!

Nenhum comentário :

Postar um comentário