Resenha: A Bela e a Fera: Perdida em um Livro

A Bela e a Fera: Perdida em um Livro
Autora: Jennifer Donnelly
Editora: Universo dos Livros
 Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira / Romance
Páginas: 304
Sinopse: Skoob

Avaliação:


Olá queridos, adoro um bom conto e esse foi um muito esperado, já que sou fã de Bela desde sempre.
Nesse livro pude perceber mais a vida que Bela levava no castelo e o principal "participar" junto com a personagem que se interessa por livros como nós! Para mim, umas das melhores personagens, que vê beleza no "feio", que tira soluções e ensinamentos da página de um livro que me deixa completamente encantada sempre que leio algo com ela!

No castelo todos viviam um encantamento antigo que os aprisionava. A Fera, sempre amargurada, além dos personagens, já velhos conhecidos, temos livros encantados e não temos muita satisfação por parte desses itens encantados, como imaginávamos, nem mesmo conformismo. Neste exemplar vamos conhecer Morte e Amor - irmãs e responsáveis pelo encantamento e fatos sofridos para ambos. Enquanto a Morte levou a mãe de Bela e o pai da Fera, o Amor encantou a Fera dando-lhe sua maldição que seria um fardo até que Bela apareceu!

Mas aqui não temos uma história tradicional e sim um jogo com as vidas dos personagens. Amor aposta que Bela quebra a maldição, enquanto a Morte mesmo descrente percebe que tem que jogar a seu favor permitindo assim, que outros adentrem essa história através de um livro encantado e quem sabe mudar o que parece inevitável?

O livro traz algo mais a fundo do que vemos nos filmes e em outros livros nos mostrando mais intimamente a relação de Bela e Fera, o surgimento do interesse, cuidados e também sobre o intimo da Fera.

Eu amo um vilão, um caso supostamente perdido! Então vibrei a cada virada de página e me senti maravilhada com este conto!

Não posso falar mais sem contar o que separa e diferencia esse livro dos demais além do que eu já disse.
Quem ama o gênero, aproveite! É mais um livro para se ter na coleção de sua estante. Para ser lido e relido e também apreciado!

Nenhum comentário :

Postar um comentário