Resenha: A Luneta Âmbar - Fronteiras do Universo #3


A Luneta Âmbar

Autora:
Editora: Suma das Letras
Gênero: Aventura / Fantasia / Ficção / Infantojuvenil / Literatura Estrangeira / Romance
Autor: Philip Pullman
Páginas: 504
Sinopse:Skoob

Avaliação:



Olá, hoje venho com o último livro da trilogia que venho falando aqui no blog.
Resenhas poderão ser encontradas aqui: A Bússola de Ouro e A Faca Sútil.

Bom, eu que vinha empolgada na trilogia senti que esse a leitura foi mais arrastada! Apesar de achar que decaiu um pouco perto dos outros exemplares, ainda assim senti curiosidade em saber como este seria finalizado. Neste volume o autor não somente faz o desfecho da "guerra" e tudo que vinha ocorrendo, mas também foca bem mais nos personagens, com isso tivemos um foco no romance muito maior do que em outras coisas que foram imensamente interessante nos volumes anteriores, ainda assim, consegui concluir e gostar simplesmente, sem morrer de amores, mas gostei!

Gostei de ler sobre o amor dos personagens e como tudo se desenrolou a partir disso, mas não acho que o autor percebeu que esperávamos mais depois dos outros dois volumes. Ficou questões corridas e meio sem sentido, como se tivessem sido introduzidas antes apenas para "encher linguiça" e que o mesmo não percebeu que todos nós leitores ficamos eufóricos por saber mais da guerra, do mundo dos mortos e outras coisas que o desenvolvimento ficou apenas naquilo  mesmo!

Achei que por este livro não ter a mesma cadência dos demais e ter esse foco não tão esperado, o autor se "perdeu" em descrições em excesso o que foi um tanto quanto cansativo e desesperador em alguns momentos, que pensei: "Aff! Isso acaba?". As polêmicas acerca do enredo continua e até cresce nesse volume o que pelo menos mantém algo bem familiar.. E ainda interessante!

Apesar de Philip Pullman não ter desenvolvido o enredo como eu gostaria nessa finalização, ainda assim, teve os pontos positivos da trama e que me fizeram concluir e não abandonar. Mas deixou de ser a trilogia amada de antes!



 

Nenhum comentário :

Postar um comentário