Resenha: A Missão Traiçoeira (O Beijo Traiçoeiro #2)

A Missão Traiçoeira
Série: O Beijo Traiçoeiro #2
Autora: Erin Beaty
Editora: Seguinte
Gênero: Aventura / Ficção / Jovem adulto / Literatura Estrangeira / Romance / Fantasia
Páginas: 456
 Sinopse: Skoob
Avaliação:

Olá meus lindos, tudo bem?
Este é o livro 2 da trilogia O Beijo Traiçoeiro e nele vamos ter mais uma vez Sage Fowler e o livro 2 se passa logo após todos os episódios ocorridos em sua vida. 
Sage é tutora das princesas e príncipes de Demora, porém Sage não tem visto seu noivo (cerca de 8 ou 9 meses, não lembro agora) e tão logo ele volta ao castelo, ele já recebe a notícia de que agora faz parte de um seleto grupo do exercito de Demora e com isso, terá mais uma vez que se ausentar. Claro que Sage não quer  mais estar longe de seu amado, então ela resolve dar um jeito de ser acompanhante do príncipe Nicholas achando que tudo poderia ficar ok. Porém seu noivo não se agrada com essa notícia, mas isso não abala os planos de Sage que decide manter tudo como organizou. Claro que as coisas não serão tranquilas ou fáceis, então o acampamento é atacado fazendo com que Sage precise fugir e separa-se de todos e durante essa fuga ela encontra pessoas que seriam perigosas ou inimigas, mas se surpreende ao perceber o contrário e com isso Sage terá um grande desafio pela frente.. Pois não tem mais apenas o seu reino com que se preocupar.

Será que Sage conseguirá se manter segura e salvar a todos que ama?

O livro mantém a narrativa de intrigas políticas e ataques que podem se tornar piores a cada instante e com isso medidas extremas poderão ou não ser tomadas e não sabemos para onde a trama vai descambar até que damos prosseguimento à leitura. Sage é uma personagem destemida, corajosa e não mede esforços para fazer tudo aquilo que está ao seu alcance para manter tudo e todos em segurança, e ainda assim ela demonstra uma sensibilidade intrínseca em momentos específicos que a tornam mais crível e "humana". Durante todo o decorrer da leitura é possível sentir toda a tensão de uma "explosão" que está prestes a acontecer quando menos se espera e isso torna a leitura muito mais interessante e daquelas que não desgrudamos. 

Eu amei o primeiro volume e continuo firme, encantada e ao mesmo tempo agoniada para saber como será o desfecho dessa trilogia. Que venha o próximo!

Beijos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário