Resenha: Stalker (Joona Linna #5)

Stalker

Série: Joona Linna #5
Autora: Lars Kepler
Editora:Alfagara
Gênero: Ficção científica
  Páginas: 560
Sinopse: Skoob


Avaliação:
  

Stalker trás um gênero que todos sabem que eu adoro! Então não poderia deixar de conferir!

Não é o primeiro livro que eu leio de Lars Kepler, então já me sinto familiarizada com a escrita. Para quem não sabe se trata de uma série, então nesse volume, tem um pouco sobre o livro anterior que eu não li, mas que não interferiu em nada na leitura desse livro. Podem esperar um suspense de tirar o fôlego do começo ao fim! 

Todos hoje em dia devem estar familiarizados com a palavra stalker, que é alguém que demonstra obsessão na vida de outra pessoa, perseguindo, observando e mantendo-se sempre atualizado sobre tudo da pessoa que persegue! E é mais ou menos disso que se trata o caso que a polícia de Estolcomo tem mãos; os crimes são brutais, movidos por um ódio extremo que só pode vir de uma obsessão absurda por mulheres, que são encontradas desfiguradas, e todos os indícios mostram que o assassino sabia todos os passos das vítimas, não como um serial killer qualquer, mas como um stalker que estuda sua vítima e odeia, além de saber tudo sobre a mesma! 

O assassino é tão brutal que ele grava vídeos de relações íntimas com suas vítimas e tão seguro de si e insano, que envia para a polícia como forma ousada de mostrar seus atos no instante ela que esfaoy sendo cometidos! Claro que se trata de alguém com uma inteligência sagaz, pois seus vídeos não podem ser rastreados e torna a polícia expectadora de seis crimes sem que possam fazer absolutamente nada para impedi-los! 

O livro trás uma narrativa ágil que não te dá descanso, te faz devorar cada linha sedento por mais e quando vemos, chegamos ao fim! 

Temos muitos personagens no decorrer da história e eu que não sou boa com nomes sempre os anoto e relaciono a algo, para que eu não me perca no processo de leitura, mas isso apenas torna a história mais rica e cheia de mistérios e suspeitos!

Este livro sem dúvidas entrou para os meus preferidos do gênero. Ele é inteligente, brutal e devastador! 



Nenhum comentário :

Postar um comentário